História Breathe Me - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Visualizações 1.580
Palavras 1.078
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi, boa leitura!

Capítulo 12 - Sou seu amigo


Fanfic / Fanfiction Breathe Me - Capítulo 12 - Sou seu amigo

Eu acordei para ir a escola, eu estava morrendo de sono pois dormi tarde ontem. Logo lembrei do que aconteceu ontem e dei um sorriso bobo.

Nem acredito no que quase tinha acontecido.

Fui em direção ao banheiro, fiz minha higiene matinal e vesti uma roupa, calcei meu coturno. Resolvi dar um decanço para o meu all star, ele estava sujo pra caralho. Peguei minha mochila e fui para a cozinha

- Bom dia!

- Bom dia, senhorita Broke!

- O que foi?

- O que aconteceu ontem? – Julia perguntou sorrindo perversa

- Como assim? – me fiz de desentendida

- Com o Justin – ela disse entediada por eu me fingir de desentendida – Rolou alguma coisa entre vocês?

- Hum...Rolou um beijo

- UM BEIJO?

- UM BEIJO! – gritei também

- Ele beija bem?

- E muito

- E o que mais aconteceu?

- Nós quase – fiz uns gestos com as mãos – no sofá

- Fala ai o que você fez por quê eu não entendi esses seus gestos aqui

- Nós quase transamos

- O QUE? JÁ NO PRIMEIRO ENCONTRO VOCÊS JÁ ESTÃO APRESSADINHOS ASSIM

- Para de gritar! Vou indo entãi vou acabar chegando atrasada na escola

- Depois você vai me contar mais detalhes

- Você quer mais detalhes do que eu já disse

- Sim

Rolei os olhos e sai dali, minha irmã um dia me mata de vergonha.

Peguei meu celular, coloquei meus fones de ouvido e dei play em Gypsy da Lady Gaga, sou viciada nessa música. Chegando na escola eu fui entrando direto.

- Isso nem dá moral para as suas amizades, passa direto sem dar um ‘oi’

- Desculpa, eu não tinha visto vocês

- Você está esquecendo das duas amizades, só fica de rolo com o Bieber e esquece da gente aqui – Jackie sempre dramático

- Não estou de rolo com o Bieber – eu disse fechando o meu armario

- Ouvi uns comentários por ai que vocês dois foram a um restaurante juntos ontem

- E o que tem? Estou me sentindo uma famosa aqui já que todos falam sobre a minha vida

- O fato é que você está de rolo com o estranho da escola, por isso eles comentam – a Mandie disse

- De estranho o Justin não tem nada, vocês que criaram uma pessoa que ele não é. Ele é legal quando o conhece melhor

- Tá, desculpa

- Desculpada!  Agora eu vou ir para a sala de aula, tchau – nem esperei eles dizerem tchau e já sai dali.

Essa paranioa desses idiotas da esocla me irrita!

- Não precisava me defender dos seus amiguinhos – ouvi Justin falar do meu lado, ele não mantinha o contato visual comigo

- Essas pessoas dessa esocla são um bando idotas!

- Descobriu isso hoje?  - ele riu – E mais uma vez, me desculpe por ontem

- Por que está se desculpando? – eu estava gostando do que você estava fazendo ontem,por que parou?

- Fui rápido demais  - mas eu estava gostando

- Eu estava gostando – arregalei os olhos quando percebi o que eu tinha falado

- O que?

- Nada

- Você me desuclpa?

- Não precisa pedir desculpas. Quem disse que eu sou ainda virgem e santa? – PORRA, BOCA GRANDE, CALA A BOCA MENINA – Tenho que ir para a sala de aula antes que eu me atrasse, tchau

Cara, que vergonha, que vergonha!

Socorro, hoje o dia vai ser difícil.

Fui para a sala de aula caminhando rápido, quando cheguei lá me sentei no meu lugar. Nem prestei atenção na aula de espanhol, fiquei ouvindo música. Sei disfarçar muito bem e a professora não descobriu que eu estava ouvindo música.

A segunda e a terceira aula se passaram, no intervalo eu peguei meu lanche e me fui me sentar debaixo de uma árvore no patio. Eu não ia me sentar no refeitório pois se eu me sentasse com o Justin eu ficaria envergonhada pelo o que eu disse hoje mais cedo, e Mandie e Jackie ficariam com raiva. Se eu me sentasse com Mandie e Jackie, Justin ficaria sozinho e eu me sinto na obrigação de não deixa-lo sozinho pois sou a única pessoa a conversar decentemente e ter uma amizade com ele.

- Oi menina que não é santa e nem virgem – ai meu Deus

- Para com isso, onde eu enfio minha cabeça – escondi meu rosto nas minhas pernas

- Você ainda está envergonhada pelo o que disse vai cedo? – ele tentou ver meu rosto

- O que você acha?

- Eu acho que sim

- Acertou!

- Para com isso, levante a cabeça

- Então não zoe de mim

- Não vou te zoar – ele disse em rindo

Ergui minha cabeça e o encarei, ele estava com um sorrisinho perverso no rosto e eu esconti meu rosto de novo nas minhas pernas

- Para com isso

- Isso o que?

- Isso que você está fazendo

- O que eu estou fazendo? – ele riu

- Está me deixando envergonhada, quero virar um avestruz e enfiar minha cabeça no chão

- Para de drama! E avestruzes não enfiam a cabeça no chão

- Foi modo de falar idiota – ergui meu rosto

- Oi

- Oi

- Você está um pouco vermelha

- Eu sei

- Hoje mais tarde eu vou ir lá na sua casa,ok?

- Ok, mas por que vocÊ vai lá?

- Eu prometi a você que acharia o cara que atropelou seu pai, certo? Sempre cumpro o que eu prometo

- O que? – senti um nó se formar na minha garganta, eu iria chorar

- Vou leva-lo na sua casa hoje e depois vamos para a delegacia – eu comecei a chorar – Não chore, por favor – ele me abraçou – Ah, e também vou lá para ver a sua irmã. Achei ela muito gata

- O que? Você é um cachorro! Me leva para jantar e depois fala que minha irmã é gata – ele riu

- Mas ela é uai

- Você é um idiota, idiota

- Para de ser dramática

- Não estou sendo dramática

- Não, nenhum pouquinho – falou sacastico

- Obrigada!

- Por?

- Me fazer sorrir quando eu quero chorar

- Estou aqui para fazer isso, sou seu amigo – sorri e nós nos levantamos dali pois o sinal já tinha batido 


Notas Finais


Roupa da Brooke: http://www.polyvore.com/brooke/set?id=105757817#fans
Cara, me deu uma vontade enorme de esmurrar meu computador pois quando eu estava escrevendo o final desse capítulo, o pc travou tudo e não destravava de jeito nenhum e tive que deligar ele e ligar de novo e o capítulo não tinha salvado. Tive que escrever esse capítulo tudo de novo e o 1º que eu tinha escrito estava bem melhor que esse.
Ah, sempre esqueço de dizer: Imaginem a Julia como a Taylor Swift.
AMEI OS COMETÁRIOS GRANDES DE VOCÊS, MUITO OBRIGADA! <33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...