História Breathe Me - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Visualizações 1.526
Palavras 946
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Por que Justin seria perigoso?


Fanfic / Fanfiction Breathe Me - Capítulo 13 - Por que Justin seria perigoso?

Cheguei em casa e percebi que a minha irmã não estava. Peguei meu celular para ligar para ela e vi uma mensagem da mesma.

“Vou almoçar com uns amigos, volto pra casa àtrês da tarde. Beijinhos e eu não me esqueci da noite de ontem, você vai me contar TUDO.”

Ah, ela ainda não esqueceu, como eu vou contar para ela? Isso é super estranho, ainda bem eu ela não sabe que eu já transei por quê se não eu iria ter que contar cada detalhe para ela.

Minha irmã é louca.

Respirei fundo e fui até a cozinha, esquentei uma lasanha que tinha lá e logo depois comi bebendo um suco de laranja. Após eu terminar de almoçar subi para o meu quarto, troquei de roupa e me joguei na cama, coloquei meu celular para tocar músicas enquanto eu dormia. Acordei com um barulho da porta do quarto.

- Ah, desculpa, eu te acordei – minha irmã disse

- Pois é

- Já que está acordada vai me contar tudo

- Tudo o que?

- Tudo da noite de ontem uai

- Esquece isso

- Obvio que não

- Então vai me contar?

- Não

- Por que?

- Isso não é coisa de conversar com a irmã

- Claro que é

- Claro que não é

- Ah, já até perdi a vontade de saber. Tchau – venci, sorri vitóriosa

- Tchau e Justin vai vir aqui hoje

- Pra que? – ela sorriu perversa

- Ele tinha me prometido que ia conseguir achar o cara que matou o papai

- Como?

- Não sei, mas ele falou que vai trazer ele aqui hoje

- O que?

- É, ele vai trazer ele aqui hoje

- Como...? – mordi meu lábio inferior e dei ombros

Ela saiu do meu quarto e eu me deitei na cama novamente.

P.O.V Justin On

- Por que você passou todos esses dias fora?

- Coisa minha, por que você quer saber?

- Infelizmente você continua ser meu pai

- E infelizmente você continua ser meu filho

- Pois é, hoje eu vou te levar para um lugar

- Que lugar?

- Na verdade dois lugares

- Que lugares?

- É surpresa – sorri

- Odeios surpresas, você sabe

- É né. Mas não vou te falar onde é. Só não somi hoje de tarde. Esteja aqui às quatro

- Tá né, posso sair por enquanto?

- Pode, só não faz mas besteira como você fez ultimamente

- Eu só atropelei o cara, nem foi grave

- Ele morreu, teve uma hemorragia interna muito forte, deixou duas filhas sozinhas. É, não foi grave – falei isso e o deixei sozinho na sala

Depois que esse cara for preso quero dar um jeito de me mudar dessa casa, desse fim de mundo.

Quatro horas meu pai já estava aqui, o levei até a casa de Brooke.

- O que estamos fazendo aqui?

- Calma, você vai saber – toquei a campainha

- Justin – Brooke atendeu a porta – E Jeremy? Entrem – ela deu passagem para a gente passar

- Quem é esse?

- Esse aqui é Jeremy, meu pai, ele é a pessoa que atropelou o pai de vocês

- Você me trouxe até aqui para me entregar

- Sim, acho que finalmente vou me livrar de você

- Você só pode estar brincando Justin

- Não, não estou. No mesmo dia que seu pai foi atropelado esse ser chegou lá em casa falando que tinha atropelado o pai de uma amiga minha

- Como você sabia que o homem que você tinha atropelado era o meu pai?

- Te vi entrando em desespero minutos depois, eu tinha deixado o carro longe e fiquei em uma distância boa para ver quem era e descobri que era seu pai e logo depois fui embora

- Vamos para a delegacia agora, EU QUERO ESSE CARA ATRÁS DAS GRADES, SEU DESGRAÇADO! - minha irmã gritou com raiva

- VOCÊS ACHAM QUE EU SOU O ÚNICO FORA DA LEI AQUI? O ÚNICO PERIGOSO? VOCÊS VÃO VER, VÃO SENTIR NA PELE O QUE ESSA PESSOA CARINHOSA QUE É MEU FILHO PODE FAZER. Ele é bem mais perigoso que eu

- Eu não acredito em você Jeremy – Brooke disse e eu sorri vitorioso para o meu pai

- Cale a boca Jeremy e vamos para a delegacia

- Quer saber? Eu vou feliz, lá eu ganho comida e roupa lavada e fico de boa sem trabalhar

- Como vai alimentar seu vicio? – Eu perguntei

- O trafico dentro da penitenciaria é grande meu amigo

[...]

Chegamos na delegacia, contamos toda a história para o delegado e logo depois Jeremy estava preso. Isso é bom demais!

- Finalmente vou ter paz

- Você é um bom rapaz Justin, nunca siga o exemplo de seu pai – Julia disse

- Nunca vou seguir – Julia saiu andando na frente e Brooke ficou de frente para mim

- Muito obrigada! – me abraçou forte

- Por nada, era o minimo que eu posso fazer. Eu tinha te prometido e cumpri com a minha palavra – sorri

- Muito obrigada mesmo!

- Ai, que casal lindo – Julia apareceu juntando as mãos, quanto eu e quanto Brooke ficamos vermelhos

- Cala a boca Julia – Brooke saiu andando e Julia riu

- Amo irritar ela assim

P.O.V Julia On

Já passava das dez da noite e eu ainda estava acordada deitada na minha cama pensando no que Jeremy havia dito. Por que Justin seria mais perigoso que ele? O que Justin é capaz de fazer?

Ele deve que estava blefando, uma forma desesperada de escapar dali.


Notas Finais


Sorry por não ter postado esses dias, mas está mais um capítulo.
O próximo capítulo vai ser cabuloso haha.
Muito obrigada pelos comentários e favoritos!
TT: @glorydrauhl | @whatsbiebr | @nowbieba


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...