História Breathe Me - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Visualizações 1.563
Palavras 1.085
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, boa leitura!

Capítulo 16 - Make Love


Fanfic / Fanfiction Breathe Me - Capítulo 16 - Make Love

- Eu quero você também – eu disse após um beijo

- Vamos para a sua casa?

- Sim, vamos – ele pegou na minha mão e me guiou até a saída daquela boate, estava difícil que caminhar por ali, pois estava lotado de gente

Fomos de taxi até em casa e no taxi ficamos nos pegando, amo isso.

[...]

No quarto me jogou na cama tirou o meu vestido e deitou em cima de mim voltando a me beijar. Justin foi descendo os beijos até chegar em meus seios e os apertou depois me fazendo gemer, enquanto beijava meu pescoço ele tirava meu sutiã.Já sem ele Justin massageou meus dois seios ao mesmo tempo,ele parou e começou a chupar o direito e massagear o esquerdo.

Aquilo era a melhor sensação do mundo. Ele foi descendo os beijos pela minha barriga e chegou até a minha calcinha a tirando do meu corpo. Eu já estava molhadinha por ele. Não demorou muito e ele começou a estimular meu clitóris, depois eu o senti me penetrando com um dedo e logo depois colocou o outro e começou fazer um movimento de vai e vem com eles, eu mordia os lábios e gemia para ele.

Ele aumentou a velocidade, não demorou muito para eu gozar, senti meu líquido descendo. Justin tirou seus dedos de lá e os lambeu.

JB – Você é muito gostosa Brooke – ele voltou a ficar em cima de mim e tirou a calça.

Tirei sua camisa e logo depois a sua calça, o membro dele parecia que ia rasgar aquela cueca a qualquer momento. Tirei aquela cueca dele louca para que ele me penetrasse logo. Ele me deu um beijo e logo depois segurou o seu pênis, colocou a camisinha, o posicionando na entrada da minha vagina e penetrou forte me fazendo dar um impulso, gemi com aquilo.

Ele começou a entocar lentamente me fazendo sentir uma sensação boa, depois Justin aumentou a velocidade me entocando mais forte e eu gemia mais. Entrelacei minhas pernas em volta de sua cintura fazendo nossos corpos ficarem mais pertos um do outro. Seu pênis entrava e saia da minha vagina sem parar, nós dois gemíamos. Senti minha vagina se contrair e soltar meu liquido novamente. Justin não parou de me entocar e entocava mais rápido e eu gemia mais. Não demorou muito e eu gozei seguida por ele e ele foi diminuindo as entocadas até parar. Estávamos cansados e suados, ele saiu de dentro de mim e se deitou ao meu lado.

- Você é boa nisso

- Obrigada?

- Você está agradecendo ou perguntando? – ele falava com dificuldade pela falta de ar

- Sei lá – ele riu – Agora eu quero tomar banho

- Então vai

- Eu não vou levantar daqui

- Está com vergonha?

- Sim

- Mas por quê? Eu já vi tudo mesmo

- É...já, mas é estranho

- Posso tomar banho com você?

- Pode

[...]

Eu acordei e me apoiei nos cotovelos, Justin não estava mais aqui, foi embora depois de tomou o banho, ele não queria que a minha irmã visse nós dois.

Peguei meu celular e olhei as horas, eram duas horas da tarde, legal perdi um dia de aula, mas hoje é sexta. Me levantei na cama com grande preguiça, fui para o banheiro, fiz minha higiene matinal, vesti uma roupa qualquer e desci para comer alguma coisa. Enquanto eu esquentava o almoço ouvi alguém abrir a porta da sala.

- Brooke – minha irmã gritou

- Aqui na cozinha – gritei

- Ah, tenho que te dizer uma coisa – apareceu na porta da cozinha

- O que?

- Você e seu namoradinho ontem não estavam me deixado eu dormir – eu corei violentamente

- Desculpa e ele não é meu namorado

Comecei a almoçar e minha irmã começou a tagarelar.

- Conte-me

- O que?

- Sobre a noite de ontem

- O que? – arregalei os olhos e quase me engasguei com a comida – Nem morta

- Ah, por favor?

- Não, agora me deixe almoçar em paz

- Tá, desculpa irritadinha – ela saiu dali

Terminei de almoçar e fui lavar as vasilhas que eu havia sujado, meu celular começou a tocar em cima do balcão olhei no identificador de chamado e era o Justin.

- Oi Justin

- Oi, você foi na escola hoje?

- Não e você?

- Também não, acordei era muito tarde

- Eu acabei de acordar – eu ri

- Vamos sair hoje?

- Eu que deveria te chamar para sair, não? – ele riu e eu o acompanhei na risada

- Não sei, mas é serio, vamos sair hoje?

- Não sei se vai dar, tenho que trabalhar e, aliás, estou muito atrasado

- Você não tem nenhuma folga que deixou acumular?

- Acho que sim

- Liga para o seu chefe e fala que vai ficar de folga hoje, e se ele não deixar inventa uma desculpa

- Tá bom, daqui a pouco eu passo ai na sua casa

- Ok então, tchau

- Tchau

P.O.V Justin On

Eu tentei resistir o máximo, não posso ficar saindo com ela, não posso me envolver com ela. Nosso relacionamento tem que ser só de amizade, só de amizade.

Mas amigos também saem, certo? Certo

Me levantei da cama, tomei banho, vesti uma roupa e fui para a casa da Brooke.

[...]

- Oi – Brooke disse assim que abriu a porta – Espera ai que agorinha nós vamos para a sorveteria

- Sorveteria?

- Sim, sorveteria. Eu tenho que achar minha sandália que está em algum lugar no meu closet

Ela subiu para o quarto correndo e eu fui atrás dela, quando cheguei no quarto ela estava dentro do closet.

- Fica falando do meu quarto, mas seu closet é uma imensa bagunça

- Tenho preguiça de arrumar

- E eu também tenho preguiça de arrumar meu quarto

- Mas olha, meu quarto é arrumadinho

- É perca de tempo arrumar quarto

- Você gosta de viver na bagunça. Pronto, achei e já calcei minha sandália, vamos logo por que eu quero sorvete

P.O.V Brooke On

- Você já se mudou? – perguntei antes de colocar uma colher cheia de sorvete na minha boca

- Não, vou me mudar amanhã de manhã

- Ah ta

Ficamos em silêncio por muito tempo, e isso é muito estranho e de certa forma constrangedor.

- Eu gosto muito de você – ele quebrou o silêncio entre nós


Notas Finais


Oi, mil desculpas por demorar a postar, não estava com animo de escrever um hot, mas está ai, esse hot ficou lixoso.
Obrigada pelos comentários!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...