História Breathe Me - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Visualizações 1.133
Palavras 830
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, leitoras fantasmas apareçam, comentem e favoritem a fic. Não é possível que só uma pessoa que acessa um capitulo mais de 50 vezes porque os capítulos sempre chegam em 100 ou mais visualizações.

Capítulo 23 - Police department


Fanfic / Fanfiction Breathe Me - Capítulo 23 - Police department

Departamento de policia. Sala de interrogatórios. 3:30 AM

- Brooke Montes? – o delegado entrou na sala fechada

- Sim, eu

- Sou o delegado Xavier Stormwhite – ele estendeu  a mão

- Meu nome o senhor já sabe

- Você conhecia Clerie Tainy McGreil?

- Sim, ela estudava na mesma escola que eu

- Vocês conversavam? Você sabe se ela tinha inimigos? Alguém em especial?

- Não, nós só chegamos a conversar logo depois que eu cheguei na Nepean* há uns meses atrás. Ela era a patricinha que gostava de pisar nas outras pessoas, provavelmente tinha pessoas que a odiavam. E se ela teve inimigo em especial eu não sei – Brooke deu ombros

- E você, a odiava?

- Sim, ela me insultou um dia depois que eu cheguei no colégio. Mas eu não seria capaz de matá-la – o delegado Stormwhite balançava a cabeça e olhava seriamente para a menina a sua frente

- Quando foi a última vez que a viu?

- Na party hard que teve ontem, vi ela na madrugada

- Ela estava acompanhada?

Eu conversava com Mike, um colega meu, quando ela chegou e o levou com ela e depois não a vi mais – os flashes do momento passavam na cabeça de Brooke fazendo com que ela se lembrasse de tudo que aconteceu naquela noite, mesmo ela estando um pouco alterada naquela festa ela conseguia se lembrar. A verdade é que essa coisa de ficar bêbado e não se lembrar de nada é tudo mentira, coisa inventada, ilusão.

- Mike?

- Mike Simpson, um novato que chegou na escola há alguns dias

- Ela estava alterada?

- Dava para perceber que ela estava bêbada

- É só isso, obrigado pelo seu depoimento, Brooke

- Por nada

...

- Mike, você provavelmente foi a última pessoa que conversou com Clerie McGreil

- Sim

- O que fizeram?

- Eu estava conversando com a Brooke quando a Cler me puxou

- Ela estava bêbada?

- Sim, visivelmente

- Quanto tempo ficaram juntos? O que conversaram?

- Ficamos juntos até a música que estava tocando no momento acabar. Quando ela me puxou para longe de Brooke a música “Wake Me Up” do Avicii estava no começo. – o delegado assentiu a cabeça

- O que conversaram? – Stormwhite repetiu a segunda pergunta que tinha feito

- Ela...bem...queria transar, - o rosto do jovem ficou violentamente corado – mas eu não queria pois ela estava bêbada, não queria abusar dela

- Muitos garotos no seu lugar aproveitariam a ocasião e fariam sexo com ela já que ela era bonita

- Pois é, mas eu não sou esse tipo de garoto

- E o que ela fez logo depois que você a dispensou?

- Ela ficou irritada e saiu xingando. Ela foi em direção ao bar onde o menino que tinha levado as bebidas alcoólicas para a festa estava e depois disso eu a não vi mais. Isso é tudo que eu sei, posso ir embora?

- Sim, – o delegado olhou para ele desconfiado – pode. Obrigado pelas suas informações

- De nada, senhor

...

- Justin Bieber?

- Sim, eu. O que eu tenho a ver com a morte da Cler? Nem nessa tal party hard eu estava

- Isso mesmo, mas precisamos do depoimento de todos que a conhecia – Justin resmungou um “Hum” e cruzou os braços – Já teve problemas com a polícia, Bieber?

- Por que a pergunta?

- Percebo que você está tenso

- Eu estou normal – deu ombros

- Ok. Onde você estava na noite da festa?

- Eu estava em casa

- Fazendo?

- Assistindo TV, quer saber os nomes dos programas ao qual eu assisti naquela noite?

- Não – Xavier responder ríspido – Por que não estava na festa?

- Porque eu não queria. É erro não querer ir à uma festa daquela, Sr. Stormwhite?

- Não, não é erro nenhum, Bieber

- Então...Eu não sei de nada que aconteceu naquela festa e também não sei o que aconteceu depois. Como eu posso ajudar nas investigações?

- Obrigado pela suas informações, Bieber – o delegado se levantou estendendo a mão. Justin e Xavier deram um aperto de mão e Justin foi liberado para sair dali

Muitas pessoas, jovens, adultas passaram pela sala de interrogatório e nenhuma tinha grandes pistas, o que preocupava Xavier. Por que estava fazendo esse alvoroço todo? Simplesmente porque o corpo da jovem foi encontrado com perfurações feitas por uma grande faca e a cabeça foi quase arrancada do resto do corpo. Ela estava nua e a autópsia confirmou que ela estava viva e consciente quando os ferimentos foram causados, principalmente a quase degolação. E a autópsia também confirmou o crime de necrofilia , o criminoso teria feito sexo com a jovem já morta.

Aquele poderia ser um trabalho de um serial killer que estava começando a suas atividades na cidade, isso era o que mais preocupava Stormwhite. Aquele ser poderia acatar de novo e também não poderia. Eram muitos “e se” que rondavam a cabeça do delegado.


Notas Finais


Hey, eu novamente. Sorry pela demora, eu sempre espero juntar um pouco os comentários e estou triste pelos poucos que eu recebo, para uma escritora isso não motiva escrever mais.
* A escola Nepean existe e não sei qual ensino ela trabalha, se é só médio ou fundamental ou os dois.
AMANHÃ TEM BELIEVE MOVIE, UHUU \o/
TT: @shitbieba. Heello: @shitbieba


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...