História Brigas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Deadpool, Homem-Aranha
Personagens Peter Parker, Wade Willson (Deadpool)
Tags Spiderpool, Spiderypool
Visualizações 89
Palavras 347
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Slash

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Peter ralhava aos quatro ventos, estava cansado demais, estressado demais; seu corpo e mente pediam descanso e sentando no sofá o estopim de toda aquela tempestade sorria contido.

Wade se divertia com as crises do Parker e sabia que seu riso so piorava a situação; era sempre assim, ele saia, aprontava, voltava com umas manchinhas de sangue a mais na roupa vermelha (nem ao menos sabia como o outro notava) e pronto, o circo estava armado.

Peter ja caminhava de um lado a outro, a sola dos seus pés ardiam contra o carpete e a cabeça baixa tentava esconder as lágrimas que se formavam. Nunca havia chorado na frente do outro e essa com certeza não seria a primeira vez.

Wade fechou o sorriso e sentiu seu estômago embrulhar quando Peter se afastou em direção ao banheiro. Ele havia se calado e aquilo não era normal. Wade não era do tipo que se importava, mas algo o fazia continuar sempre voltando para aquele apartamento. Mesmo que achasse que a sensação estranha que o outro lhe causava no estômago fosse gases, algo lhe dizia que era amor.

- Peter... - Wade balbuciou batendo na porta do banheiro. - Ei aranhinha... - Chamou brincalhão escutando um pequeno soluço. - Ei pequeno abre isso aqui.

Peter se recusava a sair; aquela situação ja estava carimbada na rotina dos dois; Wade era um idiota tirado a imortal e isso o irritava, ele sentia o medo que o outro não sentia, no fundo apenas não queria perde-lo.

Wade quebrou a porta, Peter o olhou assustado e com certa raiva. Wade o abraçou e ele apenas se debateu ate afundar o rosto no pescoço alheio....

- Eu te odeio... - Falou decidindo parar de conter o choro enquanto esmurrava o peito do outro.

- Eu também te amo. - Wade respondeu seriamente, deixando de lado seu sorriso cínico. 

Todas as brigas eram assim; Wade aprontava... Peter se irritava e, no fim, o outro sempre respondia o "eu te odeio" falso de Peter com um "eu te amo" sincero demais para alguém como ele.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...