História Bright Eyes - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Nina Dobrev
Personagens Justin Bieber, Nina Dobrev
Visualizações 34
Palavras 1.058
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Confusa


Fanfic / Fanfiction Bright Eyes - Capítulo 5 - Confusa

Autora

O sol estava prestes a se por, quando Nina suspirou cansativamente sentada em sua poltrona, olhando pela enorme janela de sua sala o brilho alaranjado do sol. A morena teve sua atenção roubada assim que passou a ouvir som de passos delicados, transmitidos por um salto alto veludo negro, assim que se inclinou para olhar de quem se tratava. 

Assim que reconheceu quem era, um sorriso animador formou-se em seus lábios e imediatamente ela saltou da cadeira estendendo os braços no ar. 

— Stefany. — Nina aproximou-se da morena de cabelos castanhos com pontas atingidas de uma cor caramelo. 

— Quanto tempo Clark. — Stefany e Nina se abraçaram apertado. Assim que as duas se distanciaram, Stefany olhou a amiga de cima abaixo. 

Stefany Specter, uma das assessoras sênior que dirigia o prédio de Advocacia Pearson Specter Clark. Stefany vestia uma calça e uma camiseta preta, e, por cima, um blazer também preto. Pelo que Clark se recordava, ambas haviam se conhecido na faculdade e, desde então, haviam se tornado amigas. Porém por conta de um longo caso, sua chefa passou a morar em Paris junto com sua noiva. 

— O que a trouxe de volta a Los Angeles? — Nina soltou os braços da morena e retornou a sua poltrona de couro preta, esticou a mão como um sinal para que Specter também se sentasse. 

— Maria Júlia Clarisse Holt. — Respondeu, sentando-se de pernas cruzadas, ao analisar o escritório de Nina. Sorriu de canto ao perceber que as coisas haviam mudado bastante após seu afastamento da empresa. 

— Soube que os Holt’s haviam retornado. Gustavo pediu para que eu representasse-o. — Nina piscou rapidamente ao reparar na figura que acabará de entrar na sala. 

— Desculpa, não aguentei esperar. — Stefany olhou para trás e revirou os olhos para sua noiva. 

— Era para ser uma surpresa, Brenda. — Resmungou a morena levantando-se e indo até sua noiva. Depois de alguns passos, assim que já estavam próximas, Stefany depositou um beijo na testa de Brenda, que, com o gesto, sorriu tímida. 

— Você sabe que eu não aguento esperar. — Bufou rolando os olhos, mas logo tratou de sorrir maliciosamente ao ver Nina Clark observando-as. — Ora, ora, se não é nossa amada Nina Clark. Venha ‘cá me dar um abraço sua linda. — Abriu os braços, dando a entender que queria um abraço apertado de Nina, o que não demorou em acontecer. 

— Vai acabar sufocando minha melhor advogada. — Stefany cruzou os braços. 

Nina soltou uma gargalhada ao ser solta por Brenda, esta que prendeu suas mãos no rosto de Clark. 

— Que os anjos de boca mole te abençoem. 

— Amém — Ao escutarem isso Stefany e Brenda soltaram gargalhadas acompanhadas por Nina. 

— Vamos tomar sorvete enquanto a idiota da minha namorada se reorganiza na empresa. — A atriz passou seu braço pelos ombros de Nina. Specter estava prestes a gritar quando Collins puxou Clark para fora de sua sala. 

— Eu conheço uma boa sorveteria. — Sorrio a atriz escutando as gritarias de sua noiva e as risadas de Anna. 

. . .

— Então, Nina... — Brenda afundou a colher em seu sorvete de cajá. — Conte-me sobre seu namoro, como anda Shawn? Está bem? 

— Nós terminamos. —Nina respondeu após comer um pouco de seu sorvete. Ao escutar isso, Brenda arqueou uma de suas sobrancelhas amarronzadas, parou o que estava fazendo e passou a encarar Clark melhor. 

— Como? Vocês eram o casal do ano, se amavam e até iriam se casar. O que houve? 

— Ele inventou uma desculpa e terminou comigo. — Nina olhou para amiga um tanto quanto triste, mas, mesmo assim, forçou um sorriso ladino. 

Por mais que tentasse negar, ela ainda sentia algo por Shawn, afinal, ambos haviam construído toda uma história juntos e aquilo seria difícil de esquecer. 

— E que desculpa foi essa? — Brenda franziu o cenho. 

— Que eu sou ruim de cama. — A atriz engasgou largando a colher de lado. 

— Como? — Tossiu algumas vezes antes de voltar a encarar a morena. Nina tapou seu rosto envergonhada. 

— Antes de terminar comigo, Shawn declarou que sou ruim de cama. — Repetiu voltando a tomar seu sorvete de flocos. Brenda arregalou os olhos levemente, mas logo retomou sua postura. 

— Eu sinto muito Nina. — Terminou seu sorvete. — Mas, foi uma desculpa um tanto babaca para se fugir de um relacionamento sério com alguém como você. Eu posso te estado fora de Los Angeles por muito tempo e não ter vivenciado completamente seu relacionamento. — Nina a olhou atentamente. — Mas qualquer pessoa que escute o que me disse, vai determinar que Shawn Mendes apenas queria sair de um noivado porque arranjou outra para iludir. — Brenda estralou os dedos para chamar uma garçonete que não demorou muito para atendê-las. 

— Posso ajudar? — Garçonete possuía seu nome ‘’Esther’’ bordado em seu uniforme. 

— A conta. — Brenda respondeu amigavelmente, ajeitando a alça de sua bolsa em seu ombro. 

— Você não é aquela atriz Brenda Collins? — Esther apertou um pouco suas pálpebras para reconhecer melhor de quem realmente se tratava. 

Assentiu rapidamente um pouco assustada com o reconhecido repentino da garçonete, Esther abriu um sorriso animador e estendeu seu bloco de notas. 

— Quer um autografo? 

— Brenda! — Advertiu Nina. 

— Que foi? — Brenda perguntou fazendo-se de desentendida. 

. . .

 

Já era noite, quando uma pequena corrente de vento jogou-se sobre os cabelos castanhos de Nina, bagunçando-os levemente. Após chegar a uma praça, ela sentou-se no banco do ponto de ônibus esperando que algum automóvel passa-se e a levasse embora da cidade. 

Em meio de seus pensamentos, vieram à imagem de Shawn e Justin. 

Duas pessoas completamente diferentes, mas que conseguiam confundir os pensamentos da jovem advogada facilmente. 

Nina apenas abaixou a cabeça fazendo com que suas madeixas caíssem sobre seu rosto fazendo-a encarar seus pés. Quando o ônibus parou, Clark ergueu a cabeça e caminhou até o mesmo, subindo alguns degraus. Pagou a passagem e se sentou nos bancos dos fundos, encostando sua cabeça na janela embaçada. 

Todas as palavras ditas por Brenda passavam por sua mente repetidamente, de forma que Nina estava começando a ficar irritada consigo mesmo, Ela, então, decidiu por seus fones de ouvido escutando a musica Scared To be Lonely. 

Nina se encontrava tão envolvida pela música, e perdida em meio ao seu mar de pensamentos, que só apenas o som de uma notificação de seu celular foi capaz de despertá-la. 

Pombo: Desculpa por ter sumido por quatro dias. 

Garota do berr: Tudo bem... 

Garotado berr: Senti sua falta.. 

Rachel Berry: e.e 

Visualizado ás 01:33....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...