História Brincadeira - Imagine J-hope - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope
Tags ??ag?ne, ?ang?an ?oy?, ?o?eo?, Hentai, J-?ope, Você
Visualizações 185
Palavras 1.328
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello safaJINhas

Depois de tanto tiro da Big Hit, resolvi postar esse imagine que escrevi na aula de artes ao vê o crush. Parte (não disse qual...) desse imagine estava em um sonho meu, então espero de coração que vocês gostem.

Recomendo ler ouvindo Reflection ( minha rainha, Vulgo, Beyoncé).

Como vocês viram irei editar a capa da fic e do capitulo depois, a minha criatividade para tal ato está um lixo. Sem mais delongas, apenas mais um aviso: Se quiserem um imagine com qualquer idol é só pedi que eu adoro iludir.

Bom, dado os avisos, boa leitura!

No final feche os olhos e imagine você sendo a gatinha do Hobi.

:3 kissus.

Capítulo 1 - Capitulo único


Capítulo 1 - Gatinha

"Meu fetiche é te ter em todos os cômodos dessa casa!"
-Clownd9



Deixei os fios do meu cabelo bufando por não ter nada para fazer nessa enorme casa, até então minha atenção estava toda para um vestido que estava em meu quarto. Desci da cama indo em passos silenciosos até o quarto de Hobi.Meu irmão, que nesse horário deveria está naquele lugar onde adolescentes de sua idade aprendem as matérias necessárias para trabalhar, intediante.

Ao girar aquela maçaneta, o perfume masculino do mais velho me deixou fraca, me fazendo fechar os olhos e aproveitar aquele cheirinho antes que ele fugisse do cubículo que era o quarto.

Abrir os meus olhos levando meu olhar para a sua estante. Andei até a escrivaninha passando os dedos levemente pelo meu corpo sabendo o que encontraria ali. A minha calda tão brincalhona quanto eu se entrelaçou em minha perna. Era difícil abrir a gaveta do castigo, Hobi nunca gostava quando abria a mesma e olhava as suas revistas. O corpo da mulher pode ser visto e meus olhinhos brilharam, peguei a primeira revista procurando alguma foto em que pudesse pensar em meu oppa.

-Oh. - Indago ao vê uma nova revista, que ainda estava no plástico, infelizmente. Passei minha unha tirando aquela revista e logo na primeira folha, um homem apenas de cueca foi visto. Subir na cama do meu irmão deixando a blusa enorme subir fazendo minhas nádegas aparecerem junto com a calcinha vermelha.

Ao folhear aquela revista e parar em uma certa página entorto os lábios. O homem, que convenhamos, era muito gostoso, colocava algo na menina. E em letras pequenas "Sexo".

Mas. O que era sexo?

[...]

-Cuide da sua irmã, Hoseok. - Omma pegou as chaves arrumando o curto vestido logo saindo de casa. Hoseok passou a língua nos lábios e um arrepio passou por todo meu corpo.

-Hobi...O que é sexo? - perguntei balançando minhas pernas vendo o mesmo arrumar a sua camisa.

-Uma brincadeira. - respondeu passando a mão no pescoço indo para a cozinha. Eu ao segui-lo percebi que o mesmo passava a mão em sua calça, vez ou outra puxando a camisa para esconder algo.

Sentei no sofá olhando o mesmo se movimentar com a respiração descompassada. Ah Hobi, você me parece tão atraente.

-Vou sair. - Falou me tirando do transe. Rapidamente fiquei em pé sentindo a blusa cair pelo meu corpo deixando parte de meus seios a amostra. Um bico substituiu o sorriso que se formava em meus lábios. Essa noite eu queria brincar.

-Quero brincar, Hobi.

Bati o pé no chão atraindo a atenção do mais velho. O mesmo bufou impaciente, minha orelhinhas abaixaram e o bico só aumentou. -Pode ir... Vou ficar sozinha. - Falei totalmente chateada com o mais velho, sentei novamente no sofá cruzando os braços.

-Aigo! - sentou ao meu lado me encarando com os seus olhos famintos. - Do que deseja brincar ______? - Perguntou fazendo o meu sorriso de anteriormente surgir.

-Sexo. - Falei mexendo no fio do meu cabelo sentindo minhas bochechas ficarem mais vermelhinhas. Ao Levar meu olhar ao seu rosto sentir uma pontada em meu ventre. Hoseok me olhava como se estivesse totalmente nua na sua frente. E era isso que eu queria.

-______ - sua voz saiu baixa e rouca. Me aproximei passando minha calda pelo seu braço e pescoço, sentei em seu colo sem pensar duas vezes e após muito lutar para que eu saísse, apertou minha cintura marcando os dedos ali. - Oh.. - soltou levando a ponta do seu nariz até meu pescoço.

Hobi me pegou pela cintura me carregando até o quarto onde me colocou na cama dando um sorriso mínimo.

-Oppa vai brincar com você. - ditou antes de seus lábios atacarem a pele da minha perna subindo com beijos molhados e chupadas deliciosas até a minha coxa. Sua mão voltou para base da minha costa puxando com uma mão minha blusa, ao vê minha garra afiada passei levemente em sua blusa conseguindo corta-la.

-Oh Hobi. - sussurro quando sua língua faz círculos em meu pescoço. Uma pequena mordida foi deixada em meu lábio inferior, sentir o sutiã ficar leve e depois descer pelos meus braço, meu seio esquerdo foi sugado sem dó pelo mais velho. Ao levar seu rosto para o direito me deitou na cama puxando com os lábios o meu seio. Oh céus, podia sentir minha intimidade úmida.

-Tão deliciosa. - beijou meu pescoço descendo sua mão grande para minha calcinha. Ficou em pé e por segundos pensei que o mesmo iria desistir. Tirou sua calça junto com a cueca branca deixando o seu membro para fora. Fechei os olhos levando meus dedos pelo meu corpo, primeiro meus seios, apertando os mesmos. Tirei a calcinha sem abrir os olhos abrindo minhas pernas Involuntariamente, meus dedos desceram para o meu pontinho.

-Deixa eu fazer isso minha gatinha. - sua respiração bateu em minha intimidade. Oh, sinto que irei gozar tão rápido. Seu dedo desceu e logo me penetrou, as estocadas leves e as pequenas passadas de sua língua me fez prender o dedo em seus Cabelos colocando seu rosto mais perto. Hobi penetrou mais dois dedos me fazendo arquear a costa e o lençol que até então estava novo, ser rasgado pela minhas unhas. Hoseok passou a distribuir beijos e quando percebeu que eu iria gozar, passou a dá pequenas sugadas em meu pontinho.

-Vamos gatinha. - sussurou estocando os seus dedos mais rápido em minha entrada. Suas sugadas estavam mais forte e na última, e a mais demorada, um grito passou pelos meus lábios. Porra, era tão bom sentir os lábios do oppa em minha intimidade.

-Quero você, oppa. - falei manhosa abrindo meus olhos o encarando. Hoseok sorriu juntando nossos lábios em um beijo carinhoso, sua mão arrumou meu corpo na cama ficando por cima e ao sentir seu membro em minha vagina, solto um suspiro.

-Porra _____. - bateu em minha coxa, levei minhas mãos para o seu pescoço e minha calda para sua costa sentindo sua pele se arrepiar. -Você é tão... - posicionou seu pênis. Sua mão procurou os fios do meu cabelo enrolando seus dedos ali enquanto me penetrava de uma só vez. - gostosa e apertada.

Minha perna foi para sua cintura para que o mesmo tivesse a liberdade. Sua mão desceu para os meus seios mas foi logo largado ao começar beijar meu pescoço. Só podia ser ouvido nossas respirações e a cama batendo contra a parede. Hobi saiu de dentro de mim me puxando.

-Empine pra mim. - mandou, fiz um bico apoiando minhas mãos na beirada da janela. -Gatinha, empina a porra da bunda. - desferiu um tapa em minha nádega esquerda, cravei minha unha na madeira da janela e, novamente, involuntariamente empino a bunda. Hoseok segurou minha cintura me penetrando sem dó. Deitou seu peito em minha costa colocando minha perna no pequeno sofá que havia ali perto. Suas estocadas aumentaram enquanto suas mãos procuravam lugares em meu corpo para que pudesse marcar.

Ao sentir esparmos percebi que aquela era a melhor forma de brincar de sexo. Hoseok estocou uma ultima vez e ao sentir o líquido quente descer pelá minha perna e se misturar com o meu, Hoseok gemeu rouco em meu ouvido, tirou seu membro me virando de frente para o mesmo.

-Vamos brincar em todos os cômodos dessa casa, gatinha. - sentou no sofá me colocando em seu colo, seu pênis foi penetrado lentamente, sorrir de lado rebolando ouvindo os sussurros pervertidos,logo depois quicando sendo seguida pelas mãos firmes em minha cintura.

-Oh Hobi... Eu quero carinho. - gemi manhosa, Hoseok sugou meus seios, puxei os fios do seu cabelo tirando um sorriso do mesmo.

- Você terá carinho. - Ditou de forma calma com a voz rouca. Se eu soubesse que brincar de sexo era isso, teria brincado antes. - Senta mais rápido. - pediu dando mais um de seus tapas em minha nádega fazendo minha calda enrolar em sua mão, sua mão desceu para o meu pontinho fazendo movimentos rápidos.

Ah mamãe, você nem acredita do que eu estou brincando com o meu irmão.


Notas Finais


Eu quero o Hobi pra mim

Aaaaaah~ Deus que pecado pensar nesse menino assim. Qualquer coisa, foi meu cachorro que postou ksksksks

Bom, foi isso!

Bye!bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...