História Brincadeira Inofensiva. - Capítulo 10


Escrita por: ~

Visualizações 202
Palavras 1.720
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Dedicado pra minha garotinha, @Phami 💙

Capítulo 10 - Ninguém mexe com um Weasley.


"Bem, as sementes da dúvida foram definitivamente plantadas", Lee relatou alegremente quando se encontrou com os gêmeos fora do Grande Salão, entregando-lhes vários alimentos para o café da manhã (os gêmeos estavam evitando Hermione o máximo possível, o que geralmente significava perder a maioria de suas refeições).

"Ela comprou?" Fred disse com satisfação.

"Não, mas Ginny parecia pensar que era possível que você estivesse falando a verdade", respondeu Lee, enfiando a Orelha Extensível no bolso dele. "Infelizmente, Ginny sugeriu que elas se preocupassem com George por agora e colocassem Fred em espera."

"Droga - o que mais?" Perguntou George.

"Eu saí direito após isso, Harry e Ron entraram e eu estava ficando sem tempo para trazer café da manhã para vocês."

"Bem", Fred disse enquanto se dirigiam para Feitiços, "devemos mudar o foco para George, ou colocar o foco em conseguir a verdade dela?"

"Escolha a sua rota, considerando que não temos um plano de qualquer maneira", disse Lee.

"Eu acho que devemos mantê-la confusa", disse George, lançando um olhar sujo para Lee.

"Bem, então, alguma idéia?" Lee disse sem rodeios. "Como vamos convencê-la de que Fred gosta dela e o que vamos fazer para manter a guerra com ela e George?"

"Nós poderíamos, eu não sei, enviar chocolates de Fred para ela", começou George.

"Agora vocês estão gastando dinheiro com isso?" Lee disse com incredulidade.

"Quem disse algo sobre gastar dinheiro? Para isso que a cozinha existe", respondeu George.

"Eu não acho que ela vá comer qualquer coisa que eu a enviar", disse Fred, "ela pensaria que eles estavam enfeitiçados."

"Essa é uma ótima ideia!" Exclamou George. "Vamos colocar uma poção do amor em alguns chocolates, e se ela os comer ... e ela pode comê-los, você sabe-"

"Sim, depois que ela colocar alguém para testá-los", interrompeu Lee. "Como Lavender ou Parvati, ou Harry, ou talvez até Ron ou Ginny. Não que não fosse ... interessante e muito engraçado, mas não acho que nenhum de vocês quer que Harry ou seu irmão ou irmã caíssem de amores com você."

"Bom ponto", disse Fred. George assentiu, fazendo uma careta. "Você sabe", Fred prosseguiu pensativamente, "isso de eu-gostando-dela, pode não ser a melhor das idéias. Quero dizer, com certeza ela descobrirá que não há como no inferno eu fazer isso com meu irmão gêmeo."

"Na verdade, acho que você é o nosso melhor ângulo", disse Lee. "Ela pode pensar que você realmente gosta dela ... Quero dizer, Hermione percebe que você não está machucando os sentimentos de George, ela sabe tudo com George é um blefe, certo?"

"Certo", disse George. Fred franziu a testa, notando o mais fraco dos blushes nas bochechas de George. Alguma coisa estava acontecendo com seu gêmeo que ele não estava contando sobre?

Eles terminaram o café da manhã e foram para Feitiços, esperando até que Flitwick desse um feitiço para aprender para que eles pudessem falar sem ser ouvidos, o que era ainda mais fácil agora, com Angelina, Alicia e Katie mantendo a distância deles. "Eu tenho uma idéia", George disse a eles. "E se nós lhe disséssemos que Fred e eu brigamos?"

"Ela veria através disso", disse Lee.

"Sim ... mas e se contarmos a todos os outros que George e eu tivemos uma briga?" Fred disse com entusiasmo.

"Então ela ainda poderia pensar que você está usando isso para que ela goste de Fred", disse Lee.

"Não necessariamente, ela pode ser empurrada mais para Fred ... Quero dizer, digamos que Fred gosta de Hermione, mas George e Hermione estão fingindo ser exs, então, no interesse de garantir que Fred possa discretamente ter uma chance com Hermione, George concorde em dizer que ele e Fred tiveram uma briga?" George pensou.

"Eu diria que você é muito bom em toda a conversa sobre você mesmo em terceira pessoa, mas o que faríamos quando nos reunirmos para planejar?" Disse Lee. "Vocês dois não podiam ser vistos juntos."

"Eu também estaria forçando a guerra de Hermione a uma paralisação", disse Fred. "Você sabe, impedindo George de ficar com Hermione ... e George não pode brigar por Hermione comigo sem deixar passar que eu estou provocando isso ..."

"Isso está me fazendo ficar tonto", disse George, franzindo a testa. "Tudo bem, tem buracos, mas pode funcionar ... vamos salvá-lo para mais tarde, então, se conseguirmos que ele seja impecável. Enquanto isso, por que você não vai até ela novamente, Fred? Talvez beija-la um pouco?"

Fred estremeceu. "George, você ainda tem o hematoma de onde ela chutou você fora da sala de aula do Snape, e eu gostaria de evitar obter um eu mesmo. Ela esteve a uma polegada de distância de esmagar sua rótula."

"Você deve ir até ela de qualquer maneira", disse Lee, com relutância. "Vocês dois ... Eu não sei o que diremos se alguém perguntar se George sabe que Fred gosta dela, mas acho que devemos manter vocês dois tentando. Fred deve ter o menor público que conseguir, e eu não acho que o assunto de beijar seja importante."

"Tudo bem, então", disse Fred, "eu posso fazer isso. Gostaria de salientar, no entanto, que você me deve por isso, George. É muito embaraçoso."

"Vale a pena", disse George, um brilho maligno em seus olhos. "É hora de ela aprender uma lição importante: ninguém mexe com um Weasley."

____

Hermione tentou manter-se cercada por pessoas, mas, infelizmente, ela tinha que ir às Runas Antigas e Aritmância, que nem Harry nem Ron faziam. Ela tinha que caminhar para ambas as aulas sozinha, a menos que, por acaso, ela encontrasse um Lufano ou Corvino da mesma classe no caminho, o que era incomum. Então, Fred conseguiu apanhá-la no caminho para Runas Antigas na terça-feira depois de confronta-la fora do Aritmância, e desta vez, eles estavam completamente sozinhos; Ele estava esperando por ela em uma passagem secreta.

Hermione parou e olhou para ele friamente; A passagem era muito estreita para que ela passasse por ele sem empurrá-lo, e ela preferia manter a distância por enquanto. "O que é, Fred?" Ela perguntou, suspirando.

"Eu quis dizer o que eu disse, você sabe", Fred disse a ela sem rodeios. "Eu tenho sentimentos por você."

"Você espera que eu acredite nisso?" Hermione disse, dando um resmungo ridículo.

"É verdade", insistiu Fred. "Eu apenas ... há alguma chance de você considerar ...?" Ele parou, mordendo o lábio, um rubor subindo pelo pescoço dele. Deus, isso era embaraçoso.

"Em primeiro lugar, não acredito em você", respondeu Hermione, "e, segundo, todas as coisas com George-"

"Que coisas com George?" Fred exigiu.

"Eu gosto dele", Hermione disse simplesmente.

"Desde quando?" - perguntou Fred, adotando um rosto sombrio para manter as aparências.

"Desde o último verão, quando começamos a sair", Hermione respondeu calmamente.

Fred piscou. "Isso é besteira, e você sabe disso. Você nunca esteve com George ..."

Hermione deu-lhe um olhar de surpresa tão grande que Fred parou. "Você quer dizer que ele disse a você que não há nada entre nós!" Ela disse, parecendo um pouco machucada.

"Sobre o que você está falando, eu estive sabendo o tempo todo-"

"Oh," Hermione disse, seu tom tornando-se gelado. "Eu vejo. Ele vai deixar todos saberem a verdade, menos seu próprio irmão, não é?"

Fred juntou as sobrancelhas. "Você não está fazendo sentido."

Hermione levantou as mãos com exasperação. "Você honestamente não sabia?"

"Não sabia o que?" Fred perguntou com desconfiança.

Hermione deu-lhe um longo olhar de busca, e disse: "Fred, eu tenho saído com George desde o verão passado, você não vê?" Seu rosto se suavizou. "Eu sinto muito que ele não tenha te contado-"

"Oh, pare com isso, Hermione", Fred riu. "Ele teria me contado."

Hermione sacudiu a cabeça. "Eu não queria que ninguém soubesse. Achei que ele iria te dizer de qualquer jeito, quero dizer, é o que eu faria ... e depois disso eu contei a minha melhor amiga ..."

"Sim, certo, George tem fodido com você por meses sem me contar", Fred disse, revirando os olhos.

Hermione assentiu. "Ele tem. Ginny é a única que sabe a verdade, suponho, embora Harry provavelmente suspeite agora."

"Uh-huh", Fred disse com ceticismo. "Então, por que você está tão chateada com ele, então?"

"Porque ele contou a todos", Hermione disse, ainda com um tom suave e amável, como se esperasse que ele estivesse chateado agora que ele sabia e tentava confortá-lo antecipadamente. "Nós dois concordamos em não contar a ninguém, e se alguém descobrisse nós negaríamos isso. De volta na Toca, foi por causa de Ron e por causa de seus pais, mas depois se tornou Hogwarts, você sabe, rumores e tal ... Quero dizer, nos últimos dias eu tive que lidar com todos os tipos de comentários e fofocas irritantes sobre mim e George ... mais também há Ron. Eu só ... Espero que você entenda por que ele não lhe disse ..."

Fred ficou em silêncio por um curto período de tempo, pensando nisso, mas obrigou-se a lembrar que George era muito mais confiável do que Hermione (pelo menos, quando dizia respeito a Fred), especialmente no momento. "Desculpe, Hermione, mas há alguns furos na história."

"Oh, vamos la, Fred, você pensa honestamente que eu beijaria alguém da mesma forma que eu beijei George? Bem, George e você", ela disse, e ela corou. "Eu ... desculpe-me por isso, fiquei confusa, você sabe ..."

"Se ele estivesse mentindo desde o último verão sobre ter transado, por que ele não me falaria a verdade quando ele falou com Parvati e Lavender?" Fred exigiu.

"Eu não sei", disse Hermione, "você precisará perguntar isso a ele." Ela subiu as escadas passando por ele. "Eu vou me atrasar", ela disse, "eu tenho que ir ..." Ela deu um tapinha no braço dele consolante enquanto ela passava.

Fred lembrou-se de repente que não fazia muito tempo, ele se perguntou se George estava guardando algo dele ... Lee tinha dito "ela sabe que tudo com George é blefe", e George corou um pouco ... era possível que George realmente estivesse vendo Hermione sob seu próprio nariz? Era possível que sua pequena guerra não fosse uma vingança prolongada por uma piada inofensiva, mas uma briga real entre namorada e namorado? Pensando nisso, seguramente Hermione não beijaria George assim, não importando as apostas ... ninguém beijaria intimamente como uma piada, especialmente não uma garota como Hermione ...

Fred correu para Transfiguração, sua mente cheia de perguntas.


Notas Finais


Olá olá olá tortinhas, tudo bem com vocês? Eu espero que sim.

Voltamos já? Voltamos porque cês foram bem legais e como pedido, vamos voltar as metas que cês gostam é de sofrer: 😂😂

Queria agradecer as 1042 visualizações, 70 favoritos e 147 comentários, vocês são demais!

Então, para o próximo capítulo ser liberado: 75 favoritos e 160 comentários. Em quanto tempo nós veremos? Heeehe

Nesse meio tempo, me digam se vocês são #TeamGeorge ou #TeamHermione, porque a treta não pode para hahahha

Até loguinho <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...