História Brincadeira Inofensiva. - Capítulo 14


Escrita por: ~

Visualizações 198
Palavras 1.712
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 14 - Parceiros em crime.


Fred, George e Lee tiveram uma vantagem sobre Harry, Ron, Hermione e Ginny durante a próxima semana; Harry, Ron, Hermione e Ginny estavam preocupados com os exames de fim de semestre, especialmente considerando que seus hábitos de estudo haviam sido um tanto negligenciados durante a guerra, mas apenas Lee deu aos exames um segundo pensamento no outro lado. Lee e os gêmeos passaram muito tempo trabalhando no ângulo de Fred-e-George-tendo-a-briga, e estavam trabalhando uma boa parte dos problemas com isso.

Então, no entanto, veio o momento que encheu todos os sete deles com extremo medo: todos embarcaram no Expresso de Hogwarts para voltar para King's Cross, Fred, George, Harry, Ron, Hermione e Ginny para a Toca e Lee para o sua própria casa.

Depois de um passeio de trem tenso, em que ambos os lados separadamente fizeram planos apressados, caso o outro lado não deixasse as coisas se encontrarem sob os olhos atentos da Sra. Weasley, encontraram o Sr. e a Sra. Weasley, bem como Bill e Charlie, esperando por eles na plataforma.

Eles foram forçados a usar o Knight Bus de volta para a Toca, que eles aparataram em um beco não muito longe da estação de trem. O ônibus estava lotado o suficiente para terem que se separar; A Sra. Weasley, sem se dar conta de que algo tinha colocado os gêmeos contra os outros, levou o Sr. Weasley, Ginny e Bill até o nível superior, enquanto Harry, Ron e Hermione ficaram no térreo com os gêmeos e Charlie.

Quando terminaram de pagar os tickets, George não conseguiu resistir a uma rápida provocação a Hermione. "Talvez devêssemos continuar aqui?" George falou casualmente, sorrindo irônico quando ela corou.

"Não, não penso assim", disse Hermione, olhando para ele enquanto se sentava rígida na cadeira; Nenhum deles queria falar claramente na frente de Charlie ainda.

"Você tem certeza? Pode ser bastante-yah!" George interrompeu-se com um grito quando o ônibus deu um BANG alto e perambulou. Harry conseguiu evitar cair segurando tudo o que podia, e Charlie também, que tinha subido no ônibus antes, e Hermione e Ron, que tinham sido avisados ​​sobre o ônibus por Harry, mas os gêmeos não estavam preparados e foram voando.

O ônibus teletransportava por toda a Grã-Bretanha, deixando os outros passageiros e pegando mais alguns. Os gêmeos tomaram a liderança dos outros e pegaram suportes de velas saindo da parede, olhando duro para os olhares presunçosos nos rostos dos outros.

Todos eles estavam bastante verdes quando o Knight Bus se teletransportou para a Toca, o bando saltando para fora do ônibus. "Como foi?" Ginny sussurrou ansiosamente enquanto se encontravam no quintal.

"Tudo bem, na verdade", disse Hermione, estreitando os olhos para Fred e George.

"Bem, isso é um alívio ... esse ônibus é outra coisa, passei todo o tempo agarrando a barra de cima com os pés apoiados contra a janela, imagine que eu parecia um macaco ..."

"Sim, mas é a maneira mais segura de viajar", disse Bill, sorrindo.

"Bill me ensinou o truque", disse Ginny felizmente, "ele estava fazendo o mesmo ... um pouco desconfortável, mas melhor do que ser jogado ao redor."

"Ensinei-lhe tudo o que sei", disse Bill, jogando o braço ao redor dos ombros de Ginny; Os dois ficaram satisfeitos por estar novamente na presença do outro.

Fred e George deram uma olhada em Bill e Ginny e os dois fizeram uma linha baixa para Charlie, agarrando os braços e marchando para a casa.

"Charlie, amigo, como você esteve-"

"- nós temos um monte de coisas para lhe fazer perguntas sobre -"

"- bem vindo ao nosso quarto, vamos conversar -"

"Isso não pode ser bom", Bill disse com desconfiança, franzindo a testa enquanto Charlie atirava Bill um olhar nervoso sobre o ombro enquanto os gêmeos o arrastavam para a casa. Bill fez uma nota mental para resgatar Charlie se ele não estivesse de volta em uma hora e se virou para Harry, Ron, Hermione e Ginny enquanto o Sr. e a Sra. Weasley seguiam os gêmeos e Charlie para dentro. "Vocês todos sabem o que há com eles?"

"Infelizmente, sim", disse Hermione secamente.

"Precisamos de sua ajuda com algo, Bill", disse Ginny, levando-o mais longe da casa.

"Em qualquer momento, Gin - o que está acontecendo?"

____

"Não é engraçado", Hermione gemeu pela vigésima vez quando Bill riu até ficar sem ar.

"Sim!" Bill rugiu. "Meu Deus!"

A noite havia caído; Eles estavam sentados ao lado da lagoa, onde tinham estado desde a sua chegada, menos um curto período de tempo para jantar. Bill colocou um charme sobre eles para mantê-los aquecidos (como os outros não podiam fazer magia fora da escola), e eles acabaram de contar toda a história, até a guerra de água.

"Eu posso ver George sentando lá com toda a força com um balde em sua cabeça", Bill sufocou, lágrimas de riso escorrendo pelo rosto.

"Era tudo o que eu poderia pensar em fazer", disse Hermione de forma cruzada. "Obviamente, eu estava sem idéias - eu estava lutando com uma esponja, pelo amor de Morgana, e quando ele me impediu de enfiar no rosto dele eu estava completamente furiosa-"

"Ei, Madame Pomfrey?" Ginny disse com uma notável impressão de George. "Você poderia me ajudar, tive o nariz quebrado por uma esponja ..."

Todos riram, mesmo Hermione. "Então", Hermione disse finalmente, "você nos ajudará a pensar em idéias?"

"Você está de brincadeira?" Bill ofegou. "Eu fui o maior encrenqueiro de Monitor Chefe desde James Potter, é claro que vou! Isso é absolutamente histérico ... Você mantenha isso e Ginny não receberá o título de 'Maior Monitora Chefe A Quebrar Mais Regras' garotinha." O rosto de Hermione ficou um pouco rosa. "Vamos ver ... idéias ... hmm ... Suponho que primeiro é melhor descobrir quais são as idéias deles", disse Bill pensativo.

"Como?" Harry perguntou, franzindo a testa.

"Charlie, é claro - ele saberá tudo do ponto de vista dos gêmeos até agora e ele me falará logo que eu pergunte ..."

"Não", Hermione disse com firmeza. Todos se viraram para vê-la surpresa. "Eu não quero saber seus planos. Eu quero vencê-lo justamente."

"Justamente?" Ron repetiu. "Tudo isso tem sido um monte de truques sujos, Mione; é  olho por olho agora-"

"Você sabe o que quero dizer", ela disse com impaciência. "Eu não quero saber seus planos, e não quero que eles saibam os nossos." Ela deu a Bill um olhar severo; Ele ergueu as mãos e assentiu.

"Dizer-lhe o que", ele disse, "eu e Charlie descobriremos o que o outro sabe, mas manteremos tudo para nós mesmos, ok? Vou contar a Charlie o que eu sei, e ele vai manter isso dos gêmeos e vice-versa. Isso me deixará dar muito bons conselhos sem ultrapassar as linhas."

"Você tem certeza de que Charlie é confiável?" Hermione perguntou com desconfiança.

"É claro que sim", disse Ginny. Ela sorriu ansiosamente para seu irmão mais velho. "Mais do que Bill, na verdade. Os dois são parceiros em crime: quando estavam em Hogwarts, eles causaram quase tanto estrago quanto Fred e George."

"Eles foram apenas um pouco mais cuidadosos em serem pegos", disse Ron. "Bill era realmente bom nisso - Charlie era pego de vez em quando, no entanto ... não é tão ruim quanto os gêmeos, mas o suficiente ... eles foram os que encaminharam os gêmeos onde estão agora, realmente-"

"Então eu tenho que agradecer a você por essa bagunça?" Hermione disse provocando Bill.

Bill levantou as mãos novamente com uma rendição simulada. "Eu posso ter ensinado a eles uma coisa ou duas ... os prodígios, que eles são." Ele sorriu reminiscentemente. "Eu tenho uma idéia justa de como suas mentes funcionam, acredite você - vocês estavam certos em vir para mim para isso, pessoal, Charlie e eu teremos eles comendo na palma de suas mãos."

____

Muito tempo depois de Fred, George, Harry, Ron, Hermione e Ginny terem ido para a cama, Bill e Charlie ficaram conversando enquanto se deitavam em suas camas no antigo quarto de Percy (Percy havia se mudado para viver em Londres, mais perto do Ministério). O quarto tinha sido enfeitiçado para ser insonorizada (uma necessidade, tanto para impedir que eles acordassem a todos com a risada como para evitar a espionagem). "Então, o que você acha?" Bill perguntou enquanto acabavam de contar tudo o que tinham aprendido durante o dia. "Fiquei surpreso ao ouvir todas as coisas que Harry, Ron, Hermione e Gin fizeram, considerando a imagem de Harry, Rony e Hermione - mas então, Harry e Ron são um pouco como versões diluídas de nós, e Hermione é um GeorgeeFred escondido dentro de um Percy. Ainda fiquei um pouco surpreso com o fato de Ginny estar no meio disso" - acrescentou com orgulho.

"Para dizer a verdade, acho que os gêmeos não me disseram tudo", disse Charlie pensativo. "Quer dizer, eles me contaram tudo o que eles fizeram, mas acho que eles ainda têm alguns segredos ... e eu estou começando a pensar que George realmente gosta de Hermione."

"Não?" Bill disse ansiosamente, sentando-se.

"Talvez", respondeu Charlie, sorrindo amplamente.

"Bem, isso seria interessante", disse Bill maliciosamente.

"Eu também não ficaria surpreso com o que ambos dizem sobre ela", disse Charlie, sorrindo. "Está a deixá-los louco, ela tem. Eles estão prestes a perder. Duvido que Fred goste dela, no entanto, ainda não."

"Nenhum deles admitirá nada, hein?" Bill disse.

"Claro que não - você sabe, em todos os nossos envenenamentos mentais, parecemos ter esquecido de ensinar esses dois aulas importantes sobre meninas."

"Eu não sei, eles foram bem até agora", disse Bill de forma justa. "Pelo que Ginny tem dito, de qualquer maneira - Ron é com o qual temos de nos preocupar, o garoto está rapidamente se tornando um idiota no departamento de garotas ... mas o suficiente disso, de qual lado vamos continuar?"

"Por que ficar de um lado?" Charlie falou descuidadamente. "Eu diria que Hermione tem todo o direito de retaliar após o lugar em que nosso querido irmãozinho a colocou, e os gêmeos têm todo o direito de continuar assim que ela retaliou - quem poderia ignorar isso? De qualquer forma, eu acho que seria muito mais divertido fazer as coisas rolar para ambos ... colocá-los uns contra os outros ..."

"Que maldade de nós", disse Bill. Ele sorriu. "Eu gosto disso."


Notas Finais


Olá olá olá tortinhas, tudo bem com vocês? Espero que sim.

Então, o que vocês estão achando? Me digam, nem que seja por emoji, gosto de saber e é sempre importante.

Queria agrdecer as


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...