História Brincadeira Inofensiva. - Capítulo 15


Escrita por: ~

Visualizações 245
Palavras 1.463
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Senhoras e senhores,

Dedicado a pessoa que sofre favoritismo né Hahahah

Amie, procê 💙

Só para vocês saberem: esse é o meu capítulo favorito.

Capítulo 15 - Trenó abandonado.


"Bill não concordará em ajudar?" George disse com indignação, olhando para Charlie chocado.

"Não," Charlie disse, suspirando.

"Quão rude", Fred grunhiu. "Ele é nosso irmão, não o de Hermione ..."

"Ele é o irmão de Rony e Ginny também, além de ter uma coisinha por Hermione", observou Charlie, "mas não se preocupem - ainda há Weasleys de forma justa; três a três.

"Mas eles também têm Harry e Hermione", disse George irritado.

"Sim, bem, vocês dois têm Lee, e ele vale a pena os dois, ele fez cargas para promover seu trabalho", Charlie lembrou. "Além disso, ainda tenho toneladas de informações, antes de dizer que ele não estava ajudando vocês, ele me contou tudo o que eles disseram, então eu tenho muitas ideias para ajudá-los-"

____

"Charlie está dentro?" Rony perguntou, arrastando um trenó enquanto caminhava com Harry, Hermione, Bill e Ginny para a colina.

"Claro que Charlie está dentro, ele não podia esperar para fazer a bola rolar", disse Bill. "Ele está confundindo Fred e George enquanto falamos."

"Bom", disse Harry. "Então, qual é o plano?"

"Bem, seus principais objetivos são fazer com que George admita que ele estava mentindo desde o começo e engana-lo, confundi-lo e, finalmente, derrubá-lo, certo?"

"Você esqueceu de provocá-lo", Ginny disse, cutucando Hermione nas costelas e sorrindo novamente. Hermione lançou-lhe um olhar sujo; Ela já estava com um mau humor, como - graças a um acidente de esqui quando tinha dez anos - odiava todas as formas de esportes de inverno, incluindo o trenó, mas depois de muita repreensão, ela concordou em andar de trenó com os outros no velho, artefato trouxa maltratado que o Sr. Weasley comprará e melhorará há anos.

"E ignorando Ginny, seguimos em frente", disse Hermione secamente. "Há um problema com o objetivo número um - eu não tenho certeza de que alguém acreditará que ele estava mentindo desde o começo agora, mesmo que ele dissesse que eles provavelmente pensariam que alguém o tinha preparado, que não era verdade-"

"Charlie e eu também pensamos", disse Bill. Ginny e Harry assentiram com a cabeça. Ron resmungou, dando ao trenó um puxão forte. "Então, você terá que contentar-se com o constrangimento dele tanto quanto ele a envergonhou, certo? Bem, existem várias maneiras que eu acho que serão eficazes ... e você tem uma boa idéia indo com todo o Harry convidando Hermione e Ron gritando com George, mas há mais algumas coisas ... algumas das quais você pode achar um pouco, ah, embaraçosa, mas-"

____

"Veja, o que vai destruí-la é que Harry e Ron não estão envolvidos", disse Charlie, "eles simplesmente pensam que estão - eles estão ajudando a tramar uma vingança contra você, mas eles acham que você realmente estava saindo com ela e tudo. Ginny sabe a verdade, no entanto, que é outra coisa que vai tocar em suas mãos - Hermione conhece Harry e Ron por mais tempo, mas ela coloca a confiança dela em Ginny."

"Bom pensamento", disse George lentamente. Fred, George e Charlie estavam atrás de Harry, Ron, Hermione, Bill e Ginny, enquanto os cinco se dirigiam para o monte com o trenó. George olhou furioso enquanto os cinco riam de forma alucinante de alguma coisa. "Ooh, espere ... vou fazer com que ela sofra ..."

"Você sabe", Fred disse pensativamente, "manter as coisas quentes em torno de mamãe é uma boa idéia e tudo, mas eu acho que existem outras maneiras mais seguras de irritá-los agora. Podemos usar a magia, afinal, e eles não podem ... "

"Bill pode", Charlie disse rapidamente, "e ele vai matá-los se vocês o acertarem-"

"Ele não precisa saber, não é?" - disse George, tirando a varinha enquanto o pequeno grupo alcançava o topo da colina e subia no trenó.

____

"Entre, então", disse Bill, sentado na parte de trás do trenó, Ginny na frente dele, depois Harry, Hermione e, finalmente, Ron. O trenó tinha sido enfeitiçado pelo Sr. Weasley, de modo que era muito maior, era mais rápido e mais longo, e tinha cintos de segurança (adicionados pela Sra. Weasley, uma vez que ela percebeu o que o trenó fazia). Eles se abaixaram e Bill puxou sua varinha, tocando na borda do trenó. Começou a avançar, mas assim que Bill guardou sua varinha de volta dentro de sua jaqueta, o trenó voltou para trás tão rápido quanto uma bala; Os cinco deles deslizaram a uma taxa alarmante de volta ao morro e se dirigiram para a aldeia de Ottery St. Catchpole.

"AAAAAAAAHHHHHHH!" Hermione gritou de terror.

"Bill! O que você fez!" Ginny gritou.

"Nada! Não sou eu!"

"AAAAAAAAHHHHHHH!"

"Pare de gritar no meu ouvido, Hermione!" Ron gemeu.

"Isso é ótimo!" Harry exclamou, sorrindo.

"Alguém pare essa coisa!"

"Bill! Concerta isso!"

"Eu não posso! Não vai funcionar!"

"AAAAAAAAHHHHHHH!"

Um grupo de crianças em uma guerra de bola de neve mergulhou fora do caminho quando o trenó fora de controle tocou em direção a Ottery St. Catchpole; Eles chegaram aos arredores da aldeia e continuaram indo, descendo as ruas cobertas de neve e as últimas filas de edifícios.

"Abandonar trenó!"

"Não! Estamos nos movendo muito rápido!"

"Então lerde isso!"

"AAAAAAAAHHHHHHH!"

"Hermione, pare de gritar!"

"EU ODEIO TRENÓS!"

"Essa coisa estúpida foi azarada!"

"Caralho, você acha!"

"Nós todos iremos morrer!"

"Teremos que usar magia-"

"Não podemos, seremos expulsos-"

"Esta é uma situação que ameaça a vida-"

"Nós não sabemos isso-"

"SIM NÓS SABEMOS! AAAAAAAAHHHHHHH!"

"Atravessando a neve, em um trenó com um cavalo de força-"

"Isso não é engraçado!"

"Árvore!" - gritou Bill, que estava olhando para trás, tentando manter um olho em busca de obstáculos. "ÁRVORE! TODOS CURVEM PARA ESQUERDA!"

Eles jogaram seus corpos para a esquerda (Harry agarrou a Hermione histérica e a empurrou para o lado), e o trenó bateu e virou bruscamente em um cruzamento de três vias, quase arando em um bando de mulheres saindo de uma loja. "Finite", Bill gritou, batendo o trenó com a varinha em frustração. "Pararo, Meta- segurem-se pessoal, vamos descer uma colina!"

Eles derrubaram para trás e foram descendo a colina; Um cachorro perdido começou a persegui-los, latindo excitadamente, e mais três pessoas pularam do caminho enquanto voavam sobre a rua nevada, todos gritando e agitando os braços. Depois do que parecia ser anos, eles se estabilizaram e começaram a saltar ao longo de um pavimento irregular; O cachorro logo desistiu de sua busca.

"CASA!" Bill gritou. "TODOS PARA A DIREITA! EU DISSE DIREITA! DIREITA! ARGH!"

Harry empurrou Hermione para a direita, inclinando-se sobre ela, mas Ron e Ginny, ambos em pânico, se inclinaram novamente para a esquerda; Como resultado, o trenó permaneceu reto e saltou para uma varanda. Uma família trouxa pulou bem a tempo e Bill jogou-se para a frente de Ginny ( Harry protegendo Hermione) enquanto o trenó batia na casa dos trouxas com um estrondo alto.

Sentaram-se lá, atordoados, os seis trouxas olhando para eles.

"Sua outra direita", disse Bill secamente.

"Vocês estão bem, queridos?" Perguntou uma mulher gentil.

"Sim, sim, tudo bem, obrigado ... desculpe por isso ..." Harry disse, desabotoando o cinto de segurança e saindo do trenó.

"Como vocês fizeram seu trenó se mover tão rápido?" Perguntou um garotinho ansiosamente.

"É motorizado", disse Hermione fracamente, pulando do assento tão rápido quanto o corpo agitado permitiria. "Deve ter funcionado mal ... é um protótipo, você sabe ..."

"Eu não recomendo conseguir um", Ginny acrescentou amargamente enquanto Bill a ajudava.

"Por que vocês estão saindo? Temos que chegar em casa", disse Ron, que parecia que, agora que acabou, ele tinha apenas tido o tempo de sua vida.

"Eu não estou voltando nessa coisa!" Hermione disse estridentemente.

"Nós não podemos caminhar para casa, isso levaria anos", argumentou Ron.

"Então ... então ... então vamos pegar um táxi!" Hermione disse.

"Hermione ..."

"Eu não vou entrar nisso! Se vocês quiserem tanto bater em casas e vitrines, então sejam meus convidados, mas eu estou ligando para um táxi. Eu odeio trenós ... trenós, esquis, snowboards, eu odeio todos eles! Eu não sei o que me possuiu para entrar nisso ..."

Harry pegou empresado o telefone da família trouxa, e Hermione ainda estava murmurando sobre trenós loucos quando o táxi chegou. "Isso é culpa de George", ela estava dizendo quando espremeu-se na parte de trás do táxi com Harry, Ron e Ginny. "George fez isso, eu sei que ele fez."

"Eu estou disposto a apostar também que fora ele", Bill disse levemente do banco da frente.

"Eu vou pegá-lo", ela disse com raiva. "Vou fazê-lo pagar."

Quando o passeio terminou, a fúria de Hermione tinha chegado a um extremo tão alto que Ginny estava praticamente sentada no colo de Harry, num esforço para não provocá-la. Antes que o táxi tivesse chegado a uma parada completa, Hermione estava marchando em direção à casa, com a intenção de dar a George um pedaço de sua mente.


Notas Finais


Olá olá olá tortinhas, tudo bem com vocês? Eu espero que sim.

Então, que cês acharam? Tô querendo muito saber, tenho um mega amor por esse capítulo que cês num entendem.

Queria agradecer as 1965 visualizações, 81 favoritos e 258 comentários, vocês são demais!

Até loguinho <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...