História Brincadeira Traumatizante - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 7
Palavras 540
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Brincadeira Traumatizante -Único


Estava em casa assistindo a um dorama qualquer na tevê quando recebo uma mensagem:

Desconhecido
Você fica muito bonitinha assistindo televisão,sabia?
Me pergunto o que estava acontecendo:
Você
Quem é você?
Desconhecido
Eu?Hum,eu sou seu pior pesadelo.


Fico assustada com essa última mensagem.Quem me mandou isso?Quer saber,eu não vou me preocupar,deve ser somente um babaca qualquer tentando me assustar.Continuo assistindo a televisão quando meu celular vibra no meu bolso.

Desconhecido
Resolveu me ignorar?


Leio a mensagem mais uma vez.Não devo ter motivos para me preocupar,não é?É só uma brincadeira de mal-gosto de uma pessoa desocupada.Bufo e vou em direção da cozinha para pegar um copo d'água.Chego no local e,após pegar o copo,coloco a água dentro dele.Vou ingerindo o liquido calmamente,quando ouço um barulho lá fora.Meu corpo congela.
-Eu que não vou fazer que nem aquelas pessoas retardadas de filme de terror não,eu vou é ir para sala e me enrolar na coberta.
Me dirijo para a sala com passos largos e apressados,sento no sofá e me cubro até o pescoço.Começo a orar ali mesmo.

Desconhecido
Agora está acreditando em mim?Interessante.


Olho assustada para a mensagem.Foi esse maluco quem fez o barulho lá fora?Ouço mais um barulho,dessa vez ele vem da frente da casa,ou seja,da frente da sala.
-Crê em Deus pai,Jesus é mais.-Sussurro para mim mesma.
Levanto do sofá e me dirijo até a janela presente no local.Quando eu vejo era só um maldito gato que tinha derrubado a lata de lixo.
-Caramba gato do demônio,eu quase tive um infarto aqui.-Falo com a mão em cima do peito.
Quando eu me viro eu travo completamente.Um homem encapuzado está parado em cima da escada,olhando na minha direção.Eu volto a razão e corro para a cozinha.Olho para trás e ele está vindo atrás de mim.Continuo correndo e paro na porta do corredor.Tento desesperadamente abrir a porta.Quando não tenho sucesso eu me viro,e o homem está a centímetros do meu corpo.
-Buh-Ele fala de um modo irônico.
Eu começo a gritar como se não houvesse amanhã,de repente eu vejo um clarão e acordo em cima de uma cama.
-Me desculpe Yuno-Ouvi meu melhor amigo dizer enquanto chorava em cima de mim.Eu olhei para baixo,queria consola-lo,dizer que estava tudo bem,mas eu simplesmente não tinha reação.-Eu não sabia que você ia surtar daquele jeito.-Diz ainda chorando-Era só uma brincadeira,não era para ter acontecido isso...
Dessa vez ele me olhou,e acariciou o meu rosto imóvel.Eu fechei os olhos com o toque.
-Eu não sabia que você ia se assustar tanto...-Disse sussurrando-Me desculpe...
Alguém bate na porta e logo ela é aberta revelando um homem alto todo vestido de branco.
-Acabou o horário de visitas,está na hora de ir .-Ele diz calmamente.-Nós temos que dar os remédios a ela.-Completa.
Ele acena com a cabeça e se levanta.Eu olho para ela,peço para ele ficar,mas minha boca não abra e minha voz não sai.
-Amanhã eu volto Yuno-Ele diz enquanto beija o topo da minha cabeça.-Eu prometo-Completa.
Eu vejo ele se afastar,e logo o homem de branco entra.Ele me fala algumas coisas que eu não presto atenção,me dá algumas coisas e logo se vira.Com esse ato eu vejo algo escrito na parte de trás de sua roupa.Quando consigo ler claramente está escrito.
Hospital psiquiátrico San German
            Traumas e Doenças



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...