História Brincando com o amor - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Christian Beadles, Justin Bieber, Lucy Hale, Ryan Butler
Personagens Justin Bieber, Lucy Hale
Tags Justin Bieber, Romance
Visualizações 121
Palavras 1.091
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Esse ep já foi postado, mas como havia falado no anterior tive que apagar pra colocar tudo no lugar certo

Capítulo 26 - Justin está mesmo pegando pesado


Os meninos chegaram ao bar e fizeram os pedidos, enquanto aguardavam pelas bebidas Christian não se aguentou, tinha que perguntar, tinha que entender o motivo a qual Justin havia levado Jazmyn para li aquela noite. A aposta! Obviamente porem não fazia sentido naquele momento pensar na aposta, haviam acabado de ganhar um jogo muito importante, será que Justin estará mesmo utilizando todas as suas armas? Como saber se não perguntar?

 

 

 

– Justin agora nos conte o que aconteceu? Por que trouxe a Jazmyn para cá? Isso tudo para conseguir ganhar a aposta? – perguntou Christian.

 

– Justin esta mesmo jogando pesado. – comentou Ryan rindo.

 

– Não é nada disto! – ele balançou a cabeça negativamente. – a convidei por que achei legal a trazer, ela foi ao jogo me prestigiar, nada mais justo! – afirmou ele fazendo Christian e Ryan franze o cenho.

 

– Sabe que ter a trago como sua acompanhante gerará boatos de que esta saindo com ela. – Comentou Ryan.

 

– Somos amigos! – Justin deu de ombro.

 

– Amigos? – Ryan e Christian perguntaram juntos e Justin acabou por rir enquanto assentia. Então ele levou seu olhar na direção das meninas.

 

– Jazmyn é uma garota legal, ok que ela é muito diferente das outras, mas ela é uma pessoa maravilhosa, tem um bom coração. – ele voltou a olhar para os amigos que lhe olhará incredulamente.

 

 

 

 

 

                                                                              ****

 

 

 

 

 

                Enquanto os meninos aguardavam as bebidas na mesa as meninas batiam um bom papo, Jazmyn ainda estará um pouco tímida porem nada a comparado a seu jeito, as meninas estavam a fazendo se sentir muito bem ao lado delas, literamente Hanna e Emily não se pareciam nada com o que ela imaginava.

 

 

 

– ...Sabe, tenho que confessar que vocês são totalmente diferentes do que eu imaginei. 

 

– E como nos imaginou? – perguntou Hanna animada. – Não, pera eu sei! As patricinhas descoladas e esnobes, aquelas que se acham o centro do mundo, que não andam com pessoas que elas julgam inferiores a elas, que namoram caras descolados e lindos e que faz a vida de meninas como você um inferno?! – foi mais uma afirmação que uma pergunta.

 

– Sinceramente... Foi sim! – Jazmyn sorriu envergonhada.

 

– Não somos assim! – afirmou Emily. – Nem todas na verdade, se você for olhar para Blair, esta descrição serve perfeitamente. – Hanna assentiu. – Mas nós? – Ela riu. – Nós somos totalmente o oposto, não temos nem namorados! 

 

– Pensei que tivesse algo com Ryan. – comentou Jazmyn e Hanna gargalhou.

 

– Todos pensam, mas não. – respondeu ela.

 

– Que pena, são lindos juntos. – comentou Jazmyn e Emily abriu logo um sorriso.

 

– Quem sabe um dia. – comentou Hanna. – agora mudem de assunto porque eles estão vindo.  – Foi questão de segundos até que eles chegassem à mesa se acomodando em seus devidos lugares, entregando as bebidas as meninas.

 

– Jazmyn nos contou que você esta indo bem na matéria. – comentou Emily.

 

– Sou eu né, tiro tudo de letra. – ele piscou.

 

– Coitado. – disse Christian revirando os olhos.

 

– Você é bom no esporte Justin, pelo menos nisso. – disse Ryan brincando.

 

– E como é bom, que golaço que você marcou! – comentou Hanna.

 

– Engraçado que defendi varias vezes e ninguém fala, nossa Ryan você é um goleiro e tanto.

 

– Você é um goleiro e tanto. – disse Emily pegando na mão dele e sorrindo enquanto o mirava nos olhos.

 

– Obrigado, vindo de você ainda isto é mais especial. – será que eles haviam esquecido de que havia plateia.

 

– Que nojo, tanto mel assim não enjoa vocês não? – comentou Justin deixando os dois sem jeito.

 

– formam um bonito par. – reafirmou Jazmyn , o que fez Ryan mirar mais uma vez Emily e ficar ainda mais desconcertado.

 

– Mudando de assunto, e o baile? Estão animados? Ouvi dizer que será o melhor dos últimos tempos. – comentou Hanna.

 

– Animação? Isso de estar animado para esses bailes é coisas de mulher. 

 

– Ouvi dizer que Blair espera que Justin a convide. – comentou Emily fazendo todos rirem, porem, aquela noticia fez o estomago de Jazmyn revirar.

 

– Não estou nem um pouco preocupado com esse baile ainda. – respondeu Justin dando um gole de sua bebida.

 

 

 

 

 

                Eles conversaram durante mais algum tempo, as meninas e até mesmo os meninos haviam tratado Jazmyn muito bem a fazendo se sentir confortável no meio deles. Ela jamais imaginará que algum dia trocaria algumas palavras com eles ainda mais se sentir confortável enquanto conversavam. As horas foram se avançando e então Jazmyn comunicou que teria que ir embora pois havia dito a sua mãe que não chegaria muito tarde, ela ate tentou argumentar com Justin para ele ficar e ela ir de ônibus ou um taxi, porem ele foi irredutível, ele tinha a levado e a levaria de volta o que foi super cavalheiro da parte dele. Eles saíram juntos do bar o que gerou muitos olhares novamente, caminharam até a moto de Justin, ele subiu, manobrou e aguardou que ela subisse da mesma forma como antes desajeitada, subiu e novamente aquele toque enquanto o envolvia pela cintura colando seus corpos, novamente aquela sensação estranha, Justin não pode evitar respirar fundo e então saiu com a moto em uma velocidade razoável, pelo caminho eles foram em silencio, parecerá que um queria somente curtir a proximidade do outro sem ter que se preocupar em dizer qualquer coisa.
                Demorou cerca de 15 minutos até Justin estacionar a moto na frente da casa de Jazmyn, passará um pouco das 22:00h. Jazmyn desceu da moto e Justin fez o mesmo, ela retirou o capacete e o entregou com um sorriso nos lábios.

 

 

 

– Obrigada Justin, eu me diverti demais. – ela continuará a sorrir e ele ao escuta-la correspondeu o sorriso.

 

– fico feliz que tenha se divertido. – ele sorriu e a mirou nos olhos.

 

– Muito! Eu sempre fui só, nunca tinha me divertido dessa forma, por isso te agradeço, não sabe como foi importante para mim.

 

– Também foi muito importante para mim! – ela piscou duas vezes e sorriu envergonhada, aquele sorriso envergonhado encantava Justin, sim ele adorava aquele sorriso meigo. – te ver no jogo foi incrível, você me deu sorte. 

 

– Eu? Eu te dei sorte? – saiu quase que em um sussurro. – como pode dizer isto.

 

– porque é a verdade! – ele umedeceu os lábios.

 

– Você esta sendo gentil. – ela afirmou.

 

– serei gentil sempre, pois você merece que eu seja, mas sou sincero Jazmyn. – ele tocou a mão dela e se aproximou mais parando na frente da mesma. – você é a garota mais incrível, mais maravilhosa, mais... – ele mirou aqueles olhos brilhantes e ingênuos e soltou todo o ar – Mais linda que eu já conheci. – ele tocou o rosto dela levemente.

 

– Eu... Linda? – a voz dela saiu quase em um sussurro e ele apenas assentiu enquanto aproximava seus lábios dos dela.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...