História Brincando com o amor - Capítulo 43


Escrita por: ~

Postado
Categorias Christian Beadles, Justin Bieber, Lucy Hale, Ryan Butler
Personagens Justin Bieber, Lucy Hale
Tags Justin Bieber, Romance
Visualizações 208
Palavras 1.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tema: perdon- ha ash

Link nas notas finais
Solte a música quando ela descobrir


O coração de vocês estão preparados?

Capítulo 43 - Bet?


Fanfic / Fanfiction Brincando com o amor - Capítulo 43 - Bet?

Na segunda-feira Fernando deixou Jazmyn na escola por volta das 06:45h, ela estará muito ansiosa para encontrar-se com Justin, não o via desde a noite que passaram juntos, apenas haviam se falado por mensagem. Jazmyn passou pelo portão e logo avistou Hanna e Emily sentadas conversando com algumas meninas, se fosse uns tempos atrás Jazmyn jamais se aproximaria, mas Justin havia lhe mudado, lhe feito confiar em si mesma, então ela caminhou até as meninas.

 

 

 


– Bom Dia. – disse Jazmyn assim que parou próximo a elas.

 


– Bom dia. – responderam quase que em um coro.

 


– O Justin já chegou? – perguntou logo.

 


– Oh saudade. – Brincou Hanna fazendo todas rirem. – Acho que ele já foi pra sala, o vi passando com os meninos.

 


– Vou vê se o encontro, me dêem licença.

 

 

 

 

 


****

 

 

 

 

 


            Assim que adentraram a sala de aula, Justin jogou seu material sobre sua mesa e Ryan e Christian que estavam logo atrás do mesmo sem perder tempo aproveitando que estavam os três a sós na sala começaram a conversar.

 

 

 


– E como foi com a Jazmyn ? – Perguntou Ryan.

 


– Foi incrível. – respondeu ele com um sorriso no rosto.

 


– Então você conseguiu, ganhou a aposta?! – foi mais uma afirmação do que propriamente uma pergunta feita por Ryan.

 


– Aposta? – Justin pensou alto. Claro! A bendita aposta, ele nem mesmo se lembrava dessa aposta. Ele passou a mão pelo rosto enquanto suspirou.

 


– Nos conte como foi? Ela soube como agir? – Perguntou Ryan rindo e Justin então o olhou de forma fuzilante.

 


– Até que desde que ela começou a andar com a gente, ela esta um pouco mais bonita. – disse Christian se sentando sobre a mesa.

 


– Calem a boca! – Disse Justin irritado.

 


– Eita, foi tão ruim assim? Mas não precisa ficar assim, temos aqui algo que vai te animar. – Disse Ryan olhando para Christian que abria sua mochila e retirava uma quantia em dinheiro.

 


– Aqui esta o pagamento da aposta. Espero que esses 500 reais compensem ter dormido com a Jazmyn. – disse Christian com a mão esticada, estendendo o valor na direção de Justin.

 


– O-Oo que? – a voz que vinha da porta saiu quase falhada.

 

 

 


            Ao escutar a voz feminina que vinha na direção da porta eles olharam rapidamente na direção da autora da voz e ficaram totalmente sem ação ao se dar conta de que a dona daquela voz nada mais nada menos era do que Jazmyn Hale.

 

            O semblante dela ficará pálido instantaneamente, o ar não lhe parecia suficiente e o seu chão parecerá se abrir naquele instante, uma sensação estranha se apossou dela, algo que ela jamais havia sentido, seu estomago parecerá revirar-se e um nó ia crescendo em sua garganta, seus olhos começaram a arder, lagrimas iam se formando e uma dor enorme fazia seu coração latejar.

 

 

 


– Jazmyn, eu posso explicar... – Justin então correu na direção dela porem ela correu para o outro lado da sala afastando se dele.

 


– Não chega perto de mim! – As lagrimas começaram a correr pelo rosto dela. – Eu fui uma aposta? – a pergunta saiu falha.

 


– Não meu amor... – Jazmyn o cortou.

 


– NÃO ME CHAMA DE AMOR! – Ela então socou a mesa ao seu lado.

 


– Deixa eu te explicar como as coisas aconteceram? – Falou ele enquanto dava leves passos na direção dela.

 


– Não se aproxime. – Ela limpou as lagrimas com a costa da palma da mão.

 

 

 


            Justin estará nervoso, ele queria explicar, mas explicar para ela só a faria lhe odiar ainda mais. Maldita aposta, mil vezes maldita, mas agora não tinha como voltar atrás, ela havia descoberto tudo e provavelmente jamais o perdoaria, mas ele tinha que tentar. Vê-la chorando, desesperada lhe doía à alma, saber que ele era o causador daquilo a amando da forma que ele a ama. Neste momento Hanna e Emily adentraram a sala junto com mais duas meninas e as quatro pararam na porta sem entender absolutamente nada ao vê a situação que estará. Jazmyn então logo olhou na direção das meninas e encarando-as perguntou.

 

 

 


– Vocês também sabiam? – ela perguntou enquanto passava a mão pelo rosto. – Claro, todos sabiam menos eu.

 


– Do que você esta falando? – Perguntou Hanna sem entender absolutamente nada.

 


– DA APOSTA! – Gritou Jazmyn.

 


– Que aposta? – Perguntou Emily .

 


– Vai me dizer que não sabiam? Que todos não sabiam que o Justin só se aproximou de mim por uma aposta! – ela fechou os olhos com força. Estava doendo demais.

 


– Jazmyn deixa eu te explicar como foram as coisas. – ele se aproximou dela. – Me perdoa!

 

 

 


            Ela então não respondeu nada, simplesmente saiu correndo dali, correu o mais rápido que pode, ela não via ninguém, não se importava se a viam correndo como uma louca, se notavam as lagrimas em seu rosto, se estava chamando a atenção, a única coisa que ela queria era correr, sumir daquela escola, daquela cidade, daquele país e se pudesse até mesmo daquele planeta. Justin até tentou correr atrás dela, porem foi impedido por Christian que o segurou firme mesmo ele tentando se soltar.

 

 

 

 

 

– Me Solta, eu preciso fala com ela. – Ele tentava se soltar, mas era em vão.

 


– Não é o momento! – Afirmou Christian.

 


– Alguém me explica o que esta acontecendo aqui? – perguntou Hanna incrédula.

 


– Nos apostamos que o Justin não conseguiria levar a Jazmyn para cama, mas ele venceu e ela sem querer escutou tudo quando estávamos pagando a aposta. – contou Ryan.

 


– Não acredito, como puderam fazer isto? – Disse Emily de boca aberta.

 


– Era apenas uma brincadeira. – Alegou Christian.

 


– NÃO, NÃO FOI UMA BRINCADEIRA, FOI UMA MALDADE! – Gritou Justin desesperado. – Me solta, eu preciso ir atrás dela. – os olhos dele começaram a arder.

 


– Ela não vai querer te vê e com razão! – Afirmou Hanna. – Eu vou atrás dela. – Hanna então virou-se saindo da sala.

 

– Vou com você. – Disse Emily saindo logo atrás. Justin então passou a mão pela cabeça, ele estará muito nervoso. 

 

– Fica tranquilo cara, logo ela esquece. – Alegou Christian.

 

– Não, ela não vai esquecer, eu a conheço! – ele se soltou e caminhou até sua mesa e se sentou socando a mesa.

 

– Fica tranquilo cara. – Disse Ryan se sentando sobre a mesa de Justin.

 

– Eu não posso. – ele então encarou o amigo. – Eu amo aquela garota, eu a amo! – a afirmação dele deixou os dois amigos visivelmente surpresos e boquiabertos.

 

 

 


Notas Finais


Link : https://youtu.be/_wL3Pc-EmjA


Como estão?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...