História Bring Me Back To Life - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Glenn Rhee, Maggie Greene, Paul "Jesus" Monroe, Rick Grimes
Tags Amor, Carl Grimes, Carol, Daryl Dixon, Drama, Hentai, Rick Grimes, Romance, The Walking Dead, Treta, Twd
Exibições 15
Palavras 1.688
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Mutilação, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente voltei kk o cap ta menor do que eu esperava mas eu espero que vocês gostem, comentem ai bjs 😉😘

Capítulo 7 - Talvez


Talvez

Narrador onisciente

Quem sabe tudo não seja um grande talvez? Foram poucas as vezes em que Luna sorriu verdadeiramente, estavadeitada de lado quando abriu os olhos e felicitou-se com a imagem que viu: Daryl estava sentado numa cadeira ao lado de sua cama dormindo.
- Ele passou a noite aqui - Denise a assustou novamente.
- Denise! Você um dia vai me matar de um ataque cardíaco - Luna disse pondo a mão em seu peito.
- Me desculpa - Denise falou sem jeito - Eu trouxe um sanduíche orgânico pra você comer, acho que vai gostar.
Luna pegou o sanduíche e estranhou - Obrigada - Disse.
- O gosto é melhor que a aparência - Denise ajeitava seu óculos e sua blusa.
Luna comeu o sanduíche e não reclamou porque como Denise disse o gosto era melhor que a aparência, Daryl mexeu-se na cadeira e abriu os olhos aos poucos Luna ficou olhando-o e sorrindo feito boba.
- Então passou a noite comigo? - Luna brincou e Daryl a olhou sem jeito nem havia percebido que tinha passado a noite por lá.
- Daryl, Luna o Rick quer fazer uma reunião agora na casa da Deanna - Eugene surgiu chamando-os.
- Oque ele quer? - Luna perguntou a Daryl.
- Não sei, calça seu sapato - Daryl se levantou e passou a mão no rosto.
- Tudo bem, senhor Dixon - Luna o provocou ajeitando seu vestido e pondo seu sapato.
A morena ja quase andava melhor mas ainda necessitava de certa ajuda, chegaram a casa de Deanna e quase todos da comunidade estavam por lá sentaram-se em uma janela ja que todos os lugares estavam ocupados.
- Estão todos aqui? - Rick perguntou olhando para todos que lá estavam. Todos começaram a falar de um acampamento que estava sendo protegido por caminhões e de como os zumbis poderiam ter sidos atraidos para la - Bem, vou falar minha proposta - Rick começou - ja tem zumbis saindo daquele lugar, um dos caminhões esta se afastando e eles estão saindo aos poucos e logo vão parar aqui e não vai demorar, por isso temos de agir logo.
- Não tenho outra forma de descrever isso: é assustador. Tudo, mas parece que não tem outro jeito - Carol disse com um olhar assustado.
- Talvez tenha - Um outro homen começou a falar - Talvez nós possamos reforçar os lugares por onde os zumbis estão passando, posso fazer um plano. Trabalhei no muro com o Reg.
- Mesmo se desse o som que eles fazem atrairia mais e mais reforçar as saidas não mudara isso...
- Faremos oque Rick disse - Deanna cortou Rick, o mesmo a olhou e passou a mão no rosto depois as pondo na cintura como seu jeito de costume.
- Bem, então como eu disse nós podemos os tirar dali, Daryl pode atrair eles com a moto.
- Eu vou com ele - Sasha disse - Vou de carro ao lado dele. Não pode ser só ele.
- Eu vou com ela, é estrada demais pra ir sozinha - Abraham disse e Rick concordou.
- Teremos duas equipes, uma de cada lado da floresta ajudando na execução, algumas pessoas ficarão de vigia de agora em diante. Quem topa?
- Rick, eu quero poder ajudar em alguma coisa - Luna se pronúncia logo depois de algumas pessoas falarem.
- Você não pode fazer esforço demais - Daryl falou chamando sua atenção.
- Daryl tem razão, você machucou o pé feio - Rick completou.
- Eu disse que queria ajudar em alguma coisa, não que eu iria sair - Luna respondeu encarando Daryl e logo depois virando para Rick.
- Rick - Johnny o chamou - Eu, Marco e Edmond queremos ajudar.
- Luna - Deanna a chamou - Seus amigos vão, e você pra ajudar a proteger alexandria.
- Então tudo bem - Luna disse e olhou para o seu pé desejando que não estivesse machucada, sentiu a perna de Daryl voltando para o lugar e virou para olhar o mesmo ja estava de pé estendendo a mão para ela, já que todos ja estavam saindo.
- Não saia daqui sua teimosa - Daryl sussurrou em seu ouvido a causando arrepios.
- Então você se importa comigo? - Luna brincou.
- Se eu não me importasse, não estaria ajudando você agora - Daryl disse a deixando na frente de casa.
- Não vai entrar? - Luna o perguntou.
- Não, vou dar uma olhada na minha moto - Ele disse afastando-se para pegar a moto.
Luna entrou sorridente segurando-se nos móveis cantarolava algo quase imperceptível, mas claro que Edward notou.
- Alguém esta se apaixonando - Brincou assustando Luna que caiu no chão por ter se soltado da mesa.
- Edward! - Ela gritou o fazendo rir.
- Calma, eu só brinquei, é que você entrou feito boba - Ele disse ajudando-a levantar - Esta gostando dele?
Luna sorriu e olhou para o chão, estava confusa e sentia-se precipitada em assumir um sentimento por Daryl - Não faço a mínima idéia - Luna disse sorrindo e olhando meio torto para Edward - Ele... É tão.. Indescritível, e parece tão sensível mas seguro e eu me sinto tão bem perto dele. Eu amo forma que ele cuida de mim, é tão... Perfeita - Luna disse com um olhar plenamente bobo mal atentando-se a Edward.
- Quem diria... Minha linda e louca líder durona, finalmente abrindo seu coração para alguém - Edward disse sorrindo a fazendo corar.
- Ele vai sair com todos pra ajeitar alguns problemas com mais daqueles mortos - Luna diz encostando-se na mesa e sentando - Onde esta Catherine?
- Esta dormindo, devia ir descançar um pouco enquanto ela dorme - Edward disse. Luna decidiu subir as escadas e ir até Catherine, chegou cansada e deitou-se na cama não demorando para dormir.

{......}

- Luna - Edward a chamava - Acorda!
- Oque! - Luna levantou-se atordoada.
- Eles já vão começar as construções dos muros - Edward diz.
- Você vai com eles? - Luna perguntou.
- Talvez sim, o pessoal quer falar com você - Ele diz saindo com Catherine nos braços.
Luna saiu do quarto resmungando e ajeitando o vestido, chegou fora da casa e viu todos conversando.
- Luna nós ja vamos começar as construções dos muros - Johnny começou.
- Eee - Luna cruzou os braços e ficou encarando todos até seu olhar parar em um certo caçador que parecia irritado.
- Deanna quer que você fique aqui durante a execução do plano mas nós precisamos que você vá pelo menos na construção dos muros - Edmond disse.
- Vocês perdem a confiança quando estão sem mim, é melhor que eu fique vou ser apenas um... peso morto só mais uma pessoa para ser protegida. Edward pode ir no meu lugar eu fico aqui com Catherine - Luna diz olhando para Daryl que deu um mínimo sorriso para ela.
- Tem certeza - Johnny pergunta.
- Sim - Luna sorriu para todos e sentou-se na cadeira estendendo o braço para Edward a entregar Catherine, pegou a pequena em seu braço e ficou balançando-se no banco até que Daryl sentou do seu lado.
- Rick quer para de recrutar pessoas - Daryl diz - Oque você acha?
Luna ficou o olhando indignada - Oque!? É a única coisa que nós dois ainda temos pra fazer e o Rick que tirar? - Ela diz virando-se para o encarar, estava com raiva de como as coisas estavam indo.
- Eu também não quero que pare, é minha única desculpa pra conseguir sair daqui um pouco - Daryl disse a olhando e voltando seu olhar para a bebê inquieta.
- Quer segurar ela? - Luna pergunta sem nenhum aviso já deixando Catherine nos braços de Daryl enquanto a pequena parecia acalmar-se.
- As vezes as crianças não precisam apenas da figura materna mas também da paterna - Carol falou subindo as escadas e entrando em casa sorrindo para Daryl, Luna tentou esconder um riso e seu rosto vermelho virando o rosto. Ficou levemente envergonhada com o que Carol disse estava certo que ela queria alguém para ficar com Daryl mas Luna seria a certa? Ela poderia faze-lo feliz? Sendo que ela era apenas uma garota boba que nunca havia beijado um homem, esses pensamentos rodavam a cabeça da morena que a fazia sentir-se cada vez mais boba com isso. Sentiu uma outra mão sob a sua e acabou virando de volta por impulso acabando por olhar para Daryl ela sorriu tímida e totalmente sem jeito.
- Daryl - Rick o chamou e logo ficou envergonhado - Acho que eu atrapalhei alguma coisa - Ele brincou com a cara de Daryl que rapidamente deixou Catherine nos braços de Luna.
- Não eu ja tava indo - Ele disse e olhou uma última vez para as duas Luna sussurrou um "cuidado" para Daryl e voltou sua atenção para a bebê que estressava-se novamente em seu braço.
- Ela não vai? - Rick perguntou sorrindo para Daryl.
- Não, preferiu ficar em casa - Daryl respondeu sem olhar para Rick.
- Ela é uma garota bonita, educada apesar do temperamento. Esta afim dela?
- A gente tem mesmo que chegar nesse assunto - Daryl encarou sentindo vontade de dar um forte tapa em seu rosto.
- Só estou curioso - Rick sorriu e Daryl virou para o outro lado indo pegar sua moto. Ficou irritado com o assunto que Rick tocara, mas parou para pensar que é óbvio que estava atraído por Luna até porque deixou bem claro a pouco tempo para ela só em tocar em sua mão. Ligou a moto e parou próximo ao portão esperando por todos.

Luna pegou o leite e passou a da-lo a Catherine que no momento pareceu faminta - Você não vai querida? - Carol a perguntou.
- Não, acho que vou ser mais útil se ficar por aqui - Luna a pespondeu.
- Tudo bem então ja estou indo - Carol despede-se de Luna com um abraço e um beijo na testa de Catherine.

Continua...


Notas Finais


😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...