História Bring Me to Life - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Crônicas De Gelo e Fogo (Game of Thrones)
Personagens Aeron Greyjoy, Alannys Greyjoy, Alerie Hightower Tyrell, Arya Stark, Balon Greyjoy, Benjen Stark, Brandon "Bran" Stark, Brienne de Tarth, Catelyn Stark, Cersei Lannister, Daenerys Targaryen, Eddard Stark, Garlan Tyrell, Gendry, Jaime Lannister, Joffrey Baratheon, Jon Snow, Khal Drogo, Loras Tyrell, Lord Edric "Ned" Dayne, Lyanna Stark, Lysa Arryn, Mace Tyrell, Margaery Tyrell, Melisandre, Myrcella Baratheon, Olenna Tyrell, Personagens Originais, Ramsay Bolton, Rhaegar Targaryen, Rickon Stark, Robb Stark, Robert Baratheon, Roose Bolton, Samwell Tarly, Sandor Clegane, Sansa Stark, Shireen Baratheon, Stannis Baratheon, Talisa (Maegyr) Stark, Theon Greyjoy, Thoren Smallwood, Tommen Baratheon, Trystane Martell, Tyrion Lannister, Tywin Lannister, Viserys Targaryen, Walda Frey, Willas Tyrell, Yara Greyjoy, Ygritte
Tags Jon Snow, Patrulha Da Noite, Revelaçoes, Romance, Universo Alternativo, Vigança, Volsyres
Exibições 22
Palavras 784
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Canibalismo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente!

Aqui estou eu com mais um capítulo!


Agora, nós iremos saber um pouco sobre as origens de Victória.

Emfim,tenham uma boa leitura!

Capítulo 15 - Você é Ametista


Fanfic / Fanfiction Bring Me to Life - Capítulo 15 - Você é Ametista

P.O.V Victória  Volsyres

 

 

-Ora, ora... - Diz uma voz conhecida por mim.  – Não é que ela veio.  – Deu um riso  maléfico.

 

 

Eu me viro e me   deparo com Aubrey,a feiticeira. Ela estava sentada numa  mesinha  e tomava,alguma coisa.  Eu a olho  com desconfiança. Ela   ao notar que  eu iria  me aproximar  mais,revira os  olhos.

 

 

- Ande, logo! –Apressou-me.  – Não tenho o dia todo, para esperava você  vir se sentar nessa  merda de cadeira! -  Diz  Aubrey sem paciência.

 

 

Eu me aproximo cautelosa  e sento na cadeira.

- O que  sabe  sobre a  mulher  de meus sonhos?  - Pergunto direta.

 

 

- Sei, muita coisa sobre ela! – Diz Aubrey dando um sorriso nostálgico.

 

 

- Agora,sou eu quem digo! Ande!Fale! Não tenho o daí  todo! -  Falo nervosa.  – Não confio em você e  não gosto de estar aqui com você – Digo a  olhando com nojo.

 

 

 

-  Tudo bem! – Concordou de mal grado. – Aquela  mulher é  a sua  verdadeira mamãe! -  Diz  dando um sorriso.

 

 

 

Eu olho para Aubrey descrente.   Essa foi à mentira, mais estúpida que eu já   ouvi na vida.  Essa  feiticeira ridícula deve ter  ser  louca,afinal,eu sei que minha mãe tem nome e sobrenome.Ela se chama  Valerie Volsyres.

 

 

 

- Aquela idiota da Valerie  não  é sua mãe! – Disse  como se adivinha se o que eu estava  pensando.

 

 

- Isso é mentira! – Digo sem acreditar  em sua palavra.

 

 

- No seu sonho, você  viu a criança, não viu? – Indagou Aubrey.

 

 

 

- Eu vi,mas  isso não prova nada! – Digo com desdém.

 

 

 

-  Aquela  criança era você! Os mesmo olhos verdes.  – Diz  Aubrey se deliciando com a minha confusão.

 

 

-  Muitas  pessoas tem olhos verdes! – Comentei em descrença.

 

 

 

- Era você! – Garantiu Aubrey. – O nome  daquela Mulher  era Morgana!Ela era uma feiticeira  negra  e nossa  mãe.  – Falou  tomando um pouco de chá preto.

 

-  Impossível! – Gritei.  – È  impossível que  eu seja uma bastarda  e  uma feiticeira negra! - Digo  transbordando de raiva.   – E, além disso, tudo, eu jamais teria o mesmo sangue que você, sua vaca. – Digo cuspindo no chão de tamanho nojo que eu sentia por aquela mulher.  – Você me dá  pena e  nojo! – Digo sorrindo cinicamente para  Aubrey que  me fuzila com os olhos.

 

 

 

-   Seu nome  deveria  ter sido   Ametista,como nossa mãe  queria! – Diz Aubrey ignorando as  ofensas.

 

 

-   Mesmo, que isso seja verdade! Não vou me unir a você! – Nego firmemente. – EU não estou do seu lado e nem no de Anna. Como eu disse  a outra,só minha família me  importa  e não vou deixá-los. – Digo me levantando. – Se era só isso que você  queria  me  dizer,já estou de saída.  – Digo me virando para  voltar  para casa.

 

 

 

-  Nem tocou em seu chá! – Diz Aubrey debochada.

 

 

 

- Depois do que me disse, a última coisa que eu quero é  chá! – Digo  andando para  ir para  a fortaleza Stark.

 

 

-   Eu insisto! – Audrey debocha mais  uma vez.

 

 

 

Volto a me aproximar da  mesa e  pego o meu chá. Encaro a  xícara  sem nenhuma  vontade   de beber,então resolvo fazer  algo melhor.  Jogo o chá quente  no rosto de Aubrey que  dá um grito de surpresa.

 

 

-   Já falei que  não quero a  merda  do teu chá! – Digo com um sorriso de canto e vou embora rapidamente.

 

 

 

Volto para  o castelo,como se nada tivesse acontecido,entretanto,eu continuava pensando no que aquela  vadia me  disse.  Aubrey  disse  que eu era  uma bastarda  e  que eu era  filha de uma feiticeira negra chamada Morgana  e que meu nome devia ser Ametista.Prefiro  mais Victória  do que  Ametista.   Eu precisava tirar essa historia a limpo. Como,meus  pais  estavam na  casa Volsyres,eu teria que perguntar a Victor que é o mais velho.

 

 

 

Entro em seus  aposentos e  o  mesmo estava sentado num escrivaninha,escrevendo uma carta.

 

 

- Victor! Você sabe algo sobre o meu passado? – pergunto o assuntando.

 

 

 

- Você me assustou! – Disse Victor.

 

 

- Você sabe de algo,de meu passado? – Perguntei novamente.

 

 

 

- Do que você quer saber? – Perguntou sem entender.

 

 

 

- Esquece! – Digo com raiva saindo do quarto.

 

 

 

 

Conheço outra  pessoa,que  me conhece a pouco tempo,mais parece saber  tudo sobre  mim. Entro nos aposentos de  Anna e a mesma  estava  deitada. Eu  a sacudo para que ela  desperta-se. Ela  desperta  sonolenta.

 

 

 

- È verdade que  sou uma  feiticeira negra? – Pergunto encarando aloira que se levantou num pulo,quando ouviu a pergunta que eu fiz.

 

 

 

- Olha... -  Eu a á interrompo.

 

 

 

- Eu quero a verdade! -  Digo chorosa. – pelo menos,uma vez na vida, eu quero a verdade! – Digo aos  gritos.

 

 

- Fale baixo! – pediu Anna. – Está  bem! Vou te explicar tudo! -  Garante a feiticeira branca.

 

 

- Conte! – Peço temerosa.

 

 

-  Para começar! Sim você é Ametista a filha da grande feiticeira Morgana.  – Afirma  Anna com sinceridade  no olhar e nas palavras.

 

 

 

 

 

 

  


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Muitos beijos e abraços <3
Até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...