História Bring me to life... - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Iris, Kentin, Kim, Letícia, Li, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Thomas, Viktor Chavalier, Violette
Exibições 21
Palavras 849
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Bring me to life... - Capítulo 2 - Capítulo 2

Estava olhando a vista da sacada do meu quarto. Usei uma pulseira pra cobrir o corte de ontem. A vista da manhã em LA é tão hipnotizante...

Nina: Lola, eu já vou pra minha escola. Acho melhor você fazer o mesmo ou vai se atrasar.

Lola: Já estou indo. Obrigada Lola.

Peguei minha mochila e minhas chaves, subi na moto e fui. A rua estava movimentada já que muitas pessoas ainda voltavam de viajem. As pessoas estavam com pressa. Estava atravessando uma rua quando alguém passou correndo na frente. Reconheci na hora.

Lola: Íris! Perdão, sobe aí. Te dou uma carona.- Íris é minha melhor amiga. Me apoiou muito quando tive depressão. Nós conhecemos desde o berçário.

Estava indo rápido demais já que estávamos atrasadas. Olhava as pessoas ao meu redor. Em certo momento, vi Alexy parado olhando pra mim.

Íris: Lola, tá tudo bem? Você passou a rua do colégio.

Lola: T-ta tudo bem. Vou fazer o retorno.

Chegamos a escola sem mais complicações. Alexy não deveria ter voltado, tá tudo certo. Como ele aparece assim do nada? Não vi ele entrar e sair de casa ontem, como ele faz isso?

Fomos direto pra sala. A primeira impressão é que não tinham novatos, mas logo depois a diretora entrou e apresentou Armin pra gente. Ele se parece muito com Alexy.... "Concentra Lola" pensei.

Armin se sentou atrás de mim. A aula passou rápido. No intervalo quis ficar dentro da sala . Preciso refletir sobre o que aconteceu. Não posso me deixar afogar de novo. Tenho que ser mais forte. 

Kentin: Lola, tudo bem?

Lola: Tô ótima Kentin.

Kentin: Nossa amizade continua a mesma certo? Você sabe que gosto muito de você,tipo...

Lola: Kentin, nossa amizade continua a mesma. Mas você sabe,eu não gosto de você como você gosta de mim. Juro que queria, mas você sabe que por causa de tudo que aconteceu quando era mais nova, não consigo sentir isso. Pra mim,esse sentimento é falso 

Kentin: Ok, você acha que meu sentimento é falso? Até mais então.

Lola: Não foi isso que quis dizer... O que EU sentiria por você seria falso.

Kentin: Lola, ok. Até depois. - ele sorri triste e sai.

Kentin é meu amigo de infância. Ele se declarou pra mim no último dia de aula antes das férias. No dia eu fiquei calada e fui embora. Kentin é boa pessoa e queria sentir o mesmo por ele. Não consigo. Mas talvez seja bom, assim não me decepciono. Kentin disse que gostava muito de mim. Não considero isso como amor. Ele só sente carinho por mim. É impossível amar a garota fria,esquisita, depressiva, Otaku do colégio que só teve dois amigos a vida toda : Kentin e Íris.

Continuei na sala quieta pensando. Armin também estava lá,jogando um game qualquer de celular. Então ele desligou o celular e sentou do meu lado.

Armin: Lola né- fiz sim com a cabeça - Pulseira bacana. - ele puxou a pulseira e estranhou o corte. - Hm, como machucou.

Lola: Ahm... Tenho dois gatos : Lua e Ártemis. Deve ter sido um deles sei lá.

Armin: Senti a referência hahah. Mas certeza que foi um gato? Tá muito reto... Seu gato tem que ser bem ninja.

Lola: Sim foi o gato. - puxei meu braço devolta.

O sinal tocou e a aula contínuou normalmente.  No final da aula simplesmente sai do colégio e subi na minha moto. Íris veio atrás de mim.

Íris: Lola, as meninas da sala vão ao parque. Quer ir conosco?

Lola: Dúvido que elas queiram minha presença

Íris: Temos que nos enturmar. Vem. - ela me puxou de cima da moto e acabamos indo com elas.

Conversei normalmente com todas as meninas. Algumas elogiaram meu cabelo, foram simpáticas. Iris já tinha ido embora. Mas assim que me levantei pra ir embora escutei a Melody conversando com a Amber, Bia, Li e Charlotte dizendo "Até que enfim a esquisita vai embora." 

Fui rápido até a moto, acelerei e assim que cheguei em casa, subi correndo até o banheiro do meu quarto, peguei a Gillette e fiz vários cortes sem me importar com a profundidade, tamanho ou dor física, é essa dor física que alivia minha dor emocional. Por que tenho que ser essa esquisita que não pode ser feliz? Oque me impede de ser feliz por mais que tente? Por que as pessoas não podem me amar e por que não posso confiar e acreditar que eu tenho e sinto amor!?

Cai sentada no chão do banheiro. Levantei o olhar e vi Alexy. 

Alexy: Viu só? Só eu te amo. Eu estou aqui quando você tem esses momentos. Você precisa de mim, só de mim. Sabe como fazer isso...

Lola: Alexy sai daqui!!!! 

Abaixei a cabeça e fechei a porta. Ouvi a janela abrir, provavelmente Alexy saindo. Ouvi alguém entrando no quarto.

Tia Agatha: Lola? Ah no banheiro ok. Bom, hoje tem aquele evento de animes e essas coisas que vocês duas gostam . A Nina tá te esperando lá embaixo.... Tudo bem aí?

Lola: Tá tudo sim. Diz pra ela que tem uma Mikasa Ackerman descendo.

Fiz um curativo meia-boca nos cortes, limpei o rosto e coloquei uma jaqueta pra cobrir tudo. Se não vou ser forte por mim, vou ser forte pros outros.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...