História Broken - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Fanfic, Fic, Jikook, Suga, Tae, Taehyung, Yoongi
Exibições 4
Palavras 1.474
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Festa, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá mores, desculpa a demora pra postar...
Eu li minha fanfic e tive uma ideia completamente diferente, então eu acabei mudando algumas partes... Mas agora vou tentar postar com mais frequencia!
Espero que gostem <3

Capítulo 3 - Don't tell anyone about that kiss


Fanfic / Fanfiction Broken - Capítulo 3 - Don't tell anyone about that kiss


  
     Eu dei uma leve engasgada, não sabia o que dizer.


     _hum, mas nós somos amigos Yoongi


      _Ah, corta essa Victoria, é só um beijo, você não precisa se tornar minha namorada depois de um beijo né – eu revirei os olhos 


     _Eu sei disso – e eu sabia mesmo, Yoongi, até onde eu sei, nunca foi o tipo de menino que namora, pra ele é só ficar e pronto, mas eu tinha medo de criar sentimentos por ele e quebrar a cara depois, até porque estamos falando de Min Yoongi, não tem quem não queira beija-lo


     _Ah, foda-se – ele disse e me beijou 


     Eu não correspondi no começo, mas estava tão bom que eu acabei cedendo. Começamos com um beijo calmo e tranquilo, mas ai o fogo em nós dois começou a aumentar, minha mão foi pra sua nuca e aprofundamos o beijo ainda mais. Sua mão passava por todo meu corpo, e eu estava adorando o beijo, até tivermos que parar por falta de ar


     _Viu? Não foi tão ruim assim – bati de leve no seu ombro e ele me levou pra mesa onde estava os outros meninos


    Ficamos conversando e nós decidimos ir dançar. O beijo foi bom (na verdade foi maravilhoso), mas graças a Deus eu não estava pensando nele. Eu estava curtindo, até olhar pro lado e ver Suga beijando outra menina, respirei fundo, não tinha nada a fazer, até porque eu não gosto dele e ele não é meu namorado ou coisa do tipo.


     Olhei em volta e todos estavam pegando alguém, menos eu. Saí de lá de novo e voltei pro bar.


     _Olha quem decidiu voltar – disse Luke quando eu me sentei do seu lado, e eu ri leve – aquele era seu namorado?


     _Não, só um amigo – disse e ele assentiu


    Ficamos conversando, dando uns beijos de vez em quando, e ele bebia muito, mas eu me controlava, afinal, eu tinha que levar as crianças pra casa. Olhei no relógio e já marcava 4:30 e Luke já tinha ido embora, então eu fiquei sozinha. Tomei apenas mais um dose de tequila e chamei os meninos para irem embora. Eles estavam caindo de bêbedos.


*


     _Só mais um pouco Omma – disse Jungkook com a voz manhosa, ele me chamou de omma? Ele só pode estar brincando né?
    _Eu não sou sua “omma” – disse revirando os olhos – vamos logo, to com paciência não – disse fazendo ele sair do carro, ele tinha dormido no caminho e agora não queria acordar pra ir pro quarto.


    _Deixa que eu cuido dele – disse Jin rindo enquanto pegava Jungkook no colo, eu assenti aliviada


    Me despedi dos meninos e fui pra casa com o Steven. Chegamos e entramos tentando fazer o mínimo de barulho possível pra não acordar nossa querida mãe. Subi pro meu quarto e quando acendi a luz, vi minha linda mãe, sentada na cama, me olhando com uma cara que me assustou. Eu estava fodida.


    _Onde você estava? – ela perguntou brava


    _Hã, eu sai com os meninos, sabe, fazer coisas de adolescente– disse


    _E você levou seu irmão pra fazer “coisas de adolescente” com você – eu assenti ranceosa – ele é só uma criança, Victoria


    _Mãe, ele tem quase a minha idade, e eu cuidei dele, prometo. A gente não estava usando drogas, ou algo do tipo – disse e ela assentiu, sem dizer nada, saiu do meu quarto e eu suspirei aliviada
   

No dia seguinte, eu acordei com uma puta dor de cabeça. Fui até a cozinha e peguei uma aspirina, tomei e voltei pro quarto, apesar de estar com uma puta ressaca e morrendo de dor de cabeça, eu tinha que ir pra escola, não podia mostrar pra minha mãe que estava tão devido á bebida. Fui pro quarto de Steven e o acordei, que mesmo reclamando se levantou e se arrumou.


     Na escola foi tudo normal, a não ser pelo fato de estarmos tão mal que não conseguíamos falar um com os outros. Yoongi não tinha ido à aula aquele dia, o que me deixou aliviada, não teria que o olhar depois de nosso beijo, que ele provavelmente nem se lembra mais. E finalmente acabou e dia, e adivinha a melhor parte? AMANHÃ É SÁBADO.


    Os meninos foram pra casa, jogar videogame ou sei lá o que. Já estava todo mundo melhor. Eu não estava muito afim de me encontrar com Yoongi, então fiquei em meu quarto quase que a noite inteira, mas eu sou humana, precisava ir comer não é mesmo? Quando passei pelo quarto de Steven dei um oi rapido, não cheguei a ver Yoongi, ele provavelmente nem veio, e eu aqui presa no quarto para evitá-lo.


     Desci para a cozinha e pude ver os cabelos cor menta por cima da porta da geladeira. Fiquei olhando, até que o vejo derrubar algumas coisas.


      _Precisa de ajuda? - perguntei depois de rir


      _Ah, seu irmão pediu pra eu pegar umas coisas que ele comprou pra gente, mas eu não sei ao certo o que é - assenti com a cabeça e abri o armário, entregando uma sacola a ele - é isso? - assenti com a cabeça - ah, valeu


       Sorri fraco e o fiquei encarando, enquanto ele fazia o mesmo.


      _Bom, vou subir já, até mais


      _Até - disse e fui pegar algo para comer, subindo um pouco depois que Yoongi.


     Já era quase três da manhã, e o barulho de tiro do jogo vindo do quarto do meu irmão me impedia de dormir. Fiquei vendo meu instagram, até que chega uma mensagem.


          "Já está dormindo?" -fico um tanto surpresa


         "Na verdade não, o som do jogo não me deixa dormir"


          "Pode ir na sala? Quero falar com você"


           "Claro, te encontro lá em 5 minutos"


    Mandei a mensagem e fui pro banheiro, indo pra sala logo em seguida. Vejo ele mexendo em seu celular, rindo de alguma e não percebe minha presença.


     _Então, sobre o que queria falar?


     _Sobre o nosso beijo - ele diz apreensivo


     _O que sobre nosso beijo?


     _Não conte pra ninguém sobre ele, muito menos para Tae - faço uma expressão confusa - olha, não é que eu não tenha gostado, só acho que o Steven não ficaria tranquilo sobre nós dois


    _Tá, mas o que o Tae tem a ver com isso?


   _Isso eu não posso falar -assinto com a cabeça - não conte pra ninguém, ok?


    _Claro - dou um leve e falso sorriso


    Quando estamos subindo as escadas vejo Taehyung parado na escada, provavelmente tinha escutado tudo

.
    _Você ficou com o Yoongi? - ele perguntou, podia ver sinais de tristeza em seu rosto 


    _Sim, eu ia te falar mas - comecei a me explicar e ele me interrompeu


    _Quando?


     _Na balada ontem - Yoongi respondeu e ele apenas assentiu 


     _Depois de eu ter te falado? Que belo amigo você é, Min Yoongi. - ele falou com cara de nojo


     _Falado o que? - perguntei desentendida


     _Que ele é todo apaixonadinho por você - Yoongi respondeu seco e vi uma mistura de raiva e medo na expressão de Tae


     _Tae... Isso é verdade?


     _É - eu simplesmente paralisei, ele era meu melhor amigo e eu achei que ele estava satisfeito desse jeito


     _Tae, me desculpa, eu não sabia


     _Não precisa se desculpa, não teria como você saber. Mas você, Min Yoongi, você sabia, e mesmo assim ficou com ela - ele disse e pude perceber que estava com muita raiva


      _Fiquei mesmo, e vou te dizer ela gostou - ele disse sorrindoi de lado e eu me senti mal por Tae. Mesmo que seja verdade, não foi certo da parte dele ter ficado comigo sabendo que Taehyung sintia algo por mim


     _Yoongi, já chega - eu disse olhando pra ele, que deu uma ultima olhada pra Tae e voltou pro quarto


     Me sentei no sofá com Tae, por mais que ele fosse super lindo, eu não sentia nada por ele, eu o via como meu melhor amigo e, mesmo que já tenha passado pela minha cabeça ficar com ele, aquilo deixaria nossa amizade em perigo.


     _Me dá uma chance, Tori, por favor


     _Eu não posso Tae, e se nossa amizade acabar? Você é a unica que pessoa que eu posso confiar 100%, não quero que isso acabe
     _Enquanto eu tiver algum tipo de sentimento por você, mais profundo que "amizade", não será o mesmo Tori. Eu não conseguiria ficar do   seu lado sem querer ser seu namorado, sem querer andar de mão dadas contigo e sem querer te beijar


     Eu não sabia o que dizer. Eu não sentia o mesmo por ele, e dá-lo uma chance só o faria se machucar mais.


    _Mas Tae... Eu não sinto o mesmo por você, entende? No fim das contas você só acabaria se machucando mais


    _Mas você pode aprender a gostar Victoria... Só pense no assunto, ok? 


    Assenti, soltando um pesado e longo suspiro.


   _Vou pensar.
 


Notas Finais


Eaí, gostaram? Comentem o que acharam!
Até o próximo capitulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...