História Broken Heart - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bad, Jikook, Kookmin, Lemon, Namjin, Paumdoce, Sadness, Taegi, Taeyoonseok, Vhope, Yaoi, Yoonmin, Yoonseok
Visualizações 108
Palavras 1.078
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


A PAUM CHEGOU NOVAMENTE COM ALGO "DIFERENTE".

Uma fanfic com o Jikook e Yoonmin os principais e temos os secundários (TaeYoonSeok e NamJin).

Essa fanfic foi escrita para o meu amorzinho no qual o perfil não será divulgado 😂😂 Ela pediu que queria uma fanfic bad de Jikook e que eles fossem famosos e o Jungkook seria um "amorzinho" (se é que me entende), então aí está.

Eu demorei quase um mês para postar e aí está.

Essa fanfic vai ser curtinha, não pretendo passar do 5° capítulo.

Boa leitura ^-^

Capítulo 1 - Chapter One


Fanfic / Fanfiction Broken Heart - Capítulo 1 - Chapter One

Tudo começou quando Jeon Jungkook levou sua “amiguinha” no dormitório. Tudo começou quando eu percebi que eu amava que Jeon Jungkook.

“Park Jimin, quando você vai parar de ser trouxa e deixar de amar um cara hétero?” - Pois é… Eu me pergunto todos os dias. Amar uma pessoa do mesmo gênero já é complicado, agora amar uma pessoa que é heterossexual é mais complicado ainda.

Jeon Jungkook, quando vai perceber que eu não quero ser só o seu amigo? Quando você vai perceber o meu amor? Quando você vai perceber que toda vez que você leva suas “amiguinhas” para o dormitório você me mata aos poucos?

Estava tudo um mar de rosas quando ele levou a primeira garota e me fez ficar ouvindo os gemidos dela, no dia eu estava sofrendo calado enquanto via aquelas marcas em seu pescoço, arranhões em suas costas.

E ali estava ele, com o pescoço marcado é um belo sorriso estampado em seu rosto. Por que não consigo ficar com raiva de Jungkook?

Eu parei de procurar ele, parei de falar com ele. Eu estou me matando aos poucos com isso, mas é necessário. O engraçado é que parece que ele não liga para a distância que eu estou colocando na nossa amizade. Ele não me procura, não fala comigo, nem olha para mim. As Armys já perceberam isso, os meninos perceberam isso, menos Jeon Jungkook.

- Eu não aguento mais! - Falei alto olhando para ele. - Não aguento mais você.

- O que foi Jimin? - Ele perguntou enquanto mexia no celular.

- Me dá atenção caralho! - Peguei o celular se sua mão, e olhei para o aparelho, ele estava falando com uma garota e a única coisa que eu consegui ler foi o “Amei a nossa noite” enviado por ele.

- Me dá o meu celular. - Pegou o celular da minha mão e guardou em seu bolso. Era visível que ele estava estressado. - Nunca te dei intimidade para isso. - Ele saiu da sala, me deixando sozinho com os olhos marejados.

Por que eu sou tão idiota?

- Jiminnie - Jin me chamou. Eu não aguentei, comecei chorar de cabeça baixa, ele percebeu e foi na minha direção e me abraçou. - O que aconteceu?

O abraço do Jin é tão confortável, tão quente, que me faz me sentir seguro.

- Hyung, dói tanto... - Disse chorando em seu ombro.

Jungkook, não sabe o quanto as suas palavras me machuca.

- Oh meu pequeno, quer contar o que aconteceu? - Ele me perguntou. Apenas sorri assentindo e ele me levou para seu quarto. Chegando lá ele sentou em sua cama e me colocou deitado em seu colo.

- Hyung, meu coração está quebrado.

- Foi Jungkook quebrou seu coração, eu já sei disso.

- Como você sabe?

- Jimin, eu te conheço e eu vi como você fica quando ele trás ficantes dele pra cá. - Jin disse me surpreendendo.

- Eu gosto tanto dele Hyung, mas ele é hétero .

- Desiste dele. Ele é um puta babaca quando se trata disso.

- Eu quero desistir mas meu coração não consegue, parece que cada sorriso que ele dá consegue quebrar as barreiras que eu coloquei em meu coração.

- Você consegue Jimin, eu confio em você.

- Obrigado Jin. - O abracei e depositei um beijo em sua bochecha.

- Não quero ver o meu bebezinho triste. - Ele sorriu e começou secar minhas lágrimas. - Cadê o sorriso lindo nesse seu rosto? - Jin começou a fazer cócegas em mim. A cada gargalhada que eu dava ele aumentava as cócegas.

- Jin Hyung… P-para…

Ele parou quando a porta foi aberta por Jungkook.

- Jin, o Namjoon queimou o ramen de novo, e conseguiu quebrar o prato do microondas - Jungkook disse sério.

Jin levantou da cama bufando e saiu do quarto. Me deixando sozinho com Jungkook. Ele entrou no quarto e ficou na minha frente.

- Me desculpa, tá? Te magoar nunca foi minha intenção. - Fiquei surpreso com as suas palavras.

- Não parece… - Me levantei e fui até a porta do quarto - Se você não tivesse intenção em me magoar não trazia aquelas garotas para o dormitório. Vai se foder Jungkook. - Sai do quarto e fui para o meu.

Meus olhos estavam marejados, e quando eu entrei no quarto que dividia com Hoseok, eu me desabei. Deitei em minha cama e chorei como um bebê até dormir.

Acordei uma hora da manhã, com o barulho de uma cama batendo contra a parede e gemidos femininos. Apenas sentei na cama e abracei os meus joelhos, observando Hoseok dormir tranquilamente, como ele consegue?

Duas horas se passaram e os gemidos não pararam, e foi assim até 5 horas da manhã.

Mas uma noite perdida por culpa de Jeon Jungkook.

- Bom dia meus chuchuzinhos - Jin disse abrindo a porta do quarto - Chega de dormir. Temos uma gravação para fazer.

- Dormir? O que é isso? - Perguntei para ele.

- Você não dormiu?

- Como? Como dormir se a pessoa que eu amo está fodendo outra pessoa?

- Ahh, Jimin… Quer trocar de quarto comigo? - Assenti o abraçando.

Broken Heart

- E por hoje é só. - O diretor do MV disse sério.

Eu e os meninos fomos para o camarim trocar as roupas. Ah, como Jungkook estava lindo naquela roupa. Meu coração quase saiu pela boca quando vi ele tirar a camisa, aquele ABS definido, arranhado.

Merda.

Eu quero chorar.

Eu não posso ficar aqui. Estava saindo do camarim quando senti alguém me abraçar por trás, olhei para as mãos que rodeava minha cinturas.

- Jungkook... - Minha voz saiu trêmula, dava para perceber que eu estou quase chorando.

- Jimin, o que está acontecendo? Você está tão triste ultimamente.

- Tudo está acontecendo! - Senti algumas lágrimas descerem pelo meu rosto.

- Quer me contar o que está acontecendo?

Claro Jungkook, eu adoraria contar que você é a pessoa que mais me deixa triste e ao mesmo tempo de deixa feliz, que eu quero estar ao seu lado todo o tempo, quero te chamar de meu.

- Não.

- Tudo bem… Quando você se sentir confortável eu vou estar aqui para te ouvir.

O celular do Jungkook tocou e logo ele foi atender afastado de mim. Quando ele voltou tinha um sorriso enorme estampado em seu rosto.

- Jimin, avisa para os meninos que eu vou sair e que não é para me esperar para o jantar.

- Vai sair com a namorada?

Merda Jimin, por que você perguntou isso?

- Ela não é minha namorada… Mas quem sabe hoje ela não vire… - Ele disse sorrindo.

Jeon Jungkook, você é um filho da puta.


Notas Finais


Link da minha fanfic Pregnant -> https://spiritfanfics.com/historia/pregnant-7388014

Link do grupo no whatsapp das minhas fanfics -> https://chat.whatsapp.com/FXP6R6U54La1RkxeiT0ZlB

See you soon ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...