História Broken Home - Capítulo 69


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Personagens Originais
Exibições 21
Palavras 1.253
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiee, me desculpem a demora pra postar, de verdade mesmo, nessas férias vou postar mais do que um capítulo, eu juro.

Capítulo 69 - Lies & Secrets


POV Madison 

Estava irritada e estressada naquela porra de quarto, não conseguia dormir, ficava virando de um lado para o outro, estava a ponto de tomar remédio pra poder dar sono mas é melhor não 


Queria ter visto o Calum, pelo menos eu tinha um motivo pra ficar feliz nessa droga e agora não tenho mais motivo nenhum, ah não ser essa criança que está em meu ventre, um pequeno pedacinho de Calum, não estou tão feliz por estar gravida, eu poderia ter me cuidado mais, mas não tem problema, se eu estiver realmente grávida e aquele teste for mesmo positivo que venha com muita saúde, vou amar essa criança da imensa forma que amo o Calum.


Levantei um pouco minha blusa e fiquei fazendo carinho em minha barriga, até que escutei alguém destrancando a porta do quarto e logo a  mesma estava sendo aberta e eu pude ver um Calum todo sorridente passar pela mesma 


- Calum? - disse levantando da cama 


- oii - sorriu 


- o que ta fazendo aqui? O horário de visitas ja acabou faz tempo e você foi proibido de vir aqui - disse o olhando 


- eu vim buscar você Mad, e não vim sozinho


- como assim? - falei e logo vi meu vô entrar atrás de Calum, o que ta acontecendo? 


- vovô? - falei olhando pra ele 


- oi Madison - sorriu pra mim - vamos embora daqui? 


- embora? Não tem como eu sair daqui 


- agora tem, você nunca mais vai voltar pra esse lugar, pegue suas coisas e vamos, amanhã o dia será bem agitado - falou saindo do quarto, Calum foi até minhas coisas e arrumou as mesmas 


- vamos Mad? - estendeu a mao pra mim, segurei na mesma e sai daquele quarto sem cor passando pela recepção e logo ja estava no estacionamento, entrei no carro  e logo Calum entrou dando partida no mesmo...


Vim o caminho todo em silêncio, sem falar ou perguntar nada, já tinha entendido o que estava acontecendo, aquela conversa que escutei do meu pai com Karen estava fazendo sentido.


Calum nos levou para sua casa, sua mãe ainda estava acordada e ficou conversando com meu vô na sala e Calum e eu fomos para seu quarto, mas ainda sim me mantive em silêncio 


- porque está tão quieta? - me olhou 


- por nada, só não quero falar 


- comigo? 


- com as pessoas - olhei pra ele 


- eu senti a sua falta 


- também senti a sua Calum - fui para o banheiro 


- quer que eu te deixe sozinha? - falou se aproximando da porta do banheiro


- quero, depois conversamos 


- okay, estarei lá em baixo qualquer coisa - se afastou e logo ouvi seus passos saírem pra fora do quarto, tirei minha roupa e entrei no box ligando o chuveiro.


Tomei um banho rápido e sai, vesti uma roupa de Calum, seu cheiro é tão bom, penteei meu cabelo e fui pra sala, meu vô e Calum conversavam e pararam quando desci 


- atrapalhei alguma coisa? - os olhei


- não, a conversa era sobre você - meu vô disse 


- sobre mim? - o encarei 


- sim, há algo que temos que te contar


- o que? - me sentei no outro sofá 


- lembra quando me perguntou o que tanto eu escondia de você? - Calum disse vindo até o sofá em que eu estava se sentando ao meu lado 


- lembro - fiquei de frente pra ele 


- eu escondia um segredo do seu pai, não é bem um segredo é uma mentira, mas eu resolvi esconder porque não queria que você piorasse


- que mentira é essa Calum? - o olhei seria 


- seu pai não está com câncer, ele mentiu pra você pois não queria te perder - falou e  em seguida levantei do sofá 


- isso é mentira! Eu vi os exames 


- aqueles exames são falsos Madison, Karen que fez - meu vô falou se levantando e vindo até mim 


- como você sabe? - olhei para meu vô


- Tyler me contou tudo o que estava acontecendo, seu pai mentiu pra você Madison 


- era por isso que ele estava estranho, ele chegou a me perguntar se eu achava mesmo que meu pai estava com câncer e.. - respirei fundo - era isso o que ele não podia me contar 


- ele queria te contar, mas não podia, sua tia o proibiu 


- e como o Calum sabe? 


- eu descobri no dia em que foi internada


- e não me contou!? - o encarei 


- eu não podia contar, ia piorar o seu estado e seu pai te manteria la pra sempre 


- mesmo assim, você podia ter me contado Calum! - fechei os punhos, estava com raiva 


- Madison ele não podia contar, ele não queria que ficasse pior - meu vô tocou em meu ombro


- cala boca! - me afastei dele - Você sumiu por 10 anos, não sabe de nada do que aconteceu e está acontecendo 


- talvez eu não saiba mesmo, mas estou aqui para te ajudar Madison 


- não preciso da sua ajuda, não preciso da ajuda de nenhum dos dois! 


- Madison eu queria ter te contado quando descobri mas...


- mas nada Calum! - cortei ele - você ficou de segredinho com meu pai, sabia de tudo e não me contou nada quando eu te perguntei


- eu não podia contar Mad - abaixou a cabeça 


- porque não? Tava com medo de que eu piorasse? - dei um sorriso irônico 


- sim mas, seu pai sabe um segredo meu, e se eu contasse pra você que ele não estava doente, ele contaria o meu 


- o seu? Que segredo é esse? - cruzei meus braços o olhando, o mesmo se manteve em silêncio e de cabeça baixa 


- Calum me responde! - fui até ele e levantei seu queixo fazendo o mesmo me olhar - me fala que segredo é esse 


- é um segredo meu Madison, não é tão importante assim pra você 


- e porque não seria ?


- porque não é Madison! Sei que odeia segredos mas esse não é importante pra você  - levantou do sofá e subiu encerrando toda a conversa


- mas que droga! - respirei fundo e sentei no sofá, meu vô sentou ao meu lado 


- eu não sei que segredo é esse que ele não quer te contar, mas de um tempo pra ele, talvez ele queira te contar e só não sabe como


- ou realmente não é importante pra mim ou do meu interesse 


- Deixa ele se acalmar, o dia dele não foi tão bom assim 


- como se o meu tivesse sido ne! - levantei e fui pra cozinha, Joy havia preparado um lanche, antes de comer eu a abracei, sei que ela ouviu a conversa, o bom é que ela é compreensiva e não se envolve nas conversas de Calum, a considero como minha segunda mãe, pois ela sempre me tratou como se fosse sua filha e eu não tenho como agradecer todo o carinho que ela me deu durante os tempos em que eu vinha aqui brincar com Calum quando éramos pequenos e hoje agora que já somos grandes.


Sentei na mesa e ela colocou suco em meu copo e se sentou de frente pra mim, logo meu vô apareceu e nós três ficamos conversando enquanto comíamos, é claro que eu estava nervosa pelo fato de saber que meu pai mentiu pra mim, mas eu já me acostumei com as mentiras dele... 



Notas Finais


Esta ai mais um capítulo, espero que tenham gostado.

O que vocês entendem sobre psicopatas?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...