História Brothers - Imagine Hot (Taehyung, Hoseok and Jungkook) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 243
Palavras 826
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Tarados.


Um mês foi o suficiente para que me fizessem de empregada dessa casa. Eles querem me fazer uma mulher de família. Sério, a Coréia é tipo uns 50 anos atrasados para achar que lugar de mulher é na cozinha. Estereótipos idiotas. 

Então, graças a meu eterno medo de Hoseok e seu olhar furioso, eu estou limpando o corredor. Já falei sobre a escola da Coréia ? As meninas são mesquinhas e insuportáveis. Não conheci nenhuma vadia pra compartilhar minha vadiagens, infelizmene. Porém, estou trocando olhares com um garoto muito bonito lá da sala. Os professores são até legais, tirando o professor o Yoongi que eu descobri recentemente que é melhor amigo do Hoseok. Ele vem aqui em casa constantemente e fica me encarando.

Os meus irmãos continuam muito quietinhos e se fazendo de santos, mas, houve um dia que eu presenciei uma cena meio esquisita. Jungkook estava acariciando a perna de uma garota quando eu cheguei na escola, claro, ele tirou a mão na hora, mas é bom saber que pelo menos um dos idiotas me entende. Ela era sem dúvidas uma Noona.

Taehyung anda me ajudando nas tarefas de casa e eu percebo que Jungkook não gosta disso, ele repreende e pede a ajuda de Taehyung sempre.

Então, agora estou varrendo o corredor enquanto Hoseok está na sala com Yoongi, Taehyung saiu para o psicológico. Não me pergunte o porquê de Taehyung ter ido para o psicólogo, eu também não sei. Jungkook está no quarto e eu estou a um fio de ir até lá e destruir tudo. Eu preciso varrer o seu quarto e esse viado não sai de lá.

Depois de terminar de varrer o corredor, fui em direção ao quarto de Jungkook e dei duas batidas de leve. Afastei um pouco a porta pois estava entre aberta.

- Gostosa para um caralho! - Escutei Jungkook falar ao telefone. - Eu estou falando Jimin, não estou brincando mesmo.

Dei uma risada de leve enquanto ainda escutava a conversa através da porta.

- Se ela ficar de quatro na minha frente, eu não perdoou. - Então Jungkook está numa situação ruim com a sua Noona. - A desgraça da minha irmã está aqui e eu não posso trepar. 

Desgraça ? De quem ele pensa que ta falando ? 

- Hoseok proibiu, o ruim é que eu nem posso dedurar o fato de Taehyung estar indo pro psicólogo. - Relaxe Jungkook, eu deduro. - Ela deixa qualquer um louco, nós pedimos para que qie lá não usasse aqueles shorts mas ela continua usando.

O que ?! Eles está falando de mim ? Se ele estiver falando de mim...

- Taehyung está tentando ser amiguinho dela, ele acha que eu não percebo que ele está querendo pedir um favorzinho pra ela, se é que você me entende...

Chega! Eu não aguento. Não quero saber se ele está falando de mim. Abri a porta contudo e o encarei.

- Ah, o que é isso ? - Exclamou, desligando o celular. - Você escutou o que eu falei ?

- Não, até parece que quero escutar as suas conversas idiotas. - Ele me encarou por alguns segundos e eu desviei o olhar para a sua escrivaninha, apontando. - Está vendo aquilo dali ? está tudo sujo, já que vocês me fazem de escrava e me obrigam a limpar isso tudo, sai daqui para que eu possa limpar.

- Seja menos rude.

- Sai agora! - Ele arregalou os olhos e cruzou os braços. 

- Também não vou mais sair agora, seja gentil comigo, eu nunca sou ruim com você. - Nem quero que seja bom ou me veja de quatro. 

- Você está incomodando, sai, sai! - Ele se sentou na sua cama e me fitou de cima para baixo, seus olhos pararam nas minhas pernas e altomaticamente eu soltei a vassoura e cobri a minha perna com as mãos.

- O-O que ? - Ele pareceu se assustar com a ação e se levantou, me fazendo dar um passo pra trás. - V-Você entendeu errado, Deus, não me faça passar por essa situação!

- Eu não entendi nada errado, Jungkook, a-apenas saia. 

- Você está com medo de mim ? S/N, foi sem querer, ok ? M-Mas...foi sua culpa ! Foi você quem apareceu com esses shorts e mostrou as suas pernas pra mim. 

- Por acaso está escrito na minha testa "estou usando esses shorts pois quero mostrar as minhas pernas para o meu irmão mais velho" ? Cruz credo, quando Taehyung disse que você tinha hormônios não pensei que fossem tantos. 

- S/N, você não está pensando nada de errado de mim, não é ? - Não respondi apenas abri a boca para gritar assim que ele deu dois passos pra frente.

- HOSEOKKKK! - Jungkook correu na minha direção e tampou a minha boca com a sua mão, me colocou contra a parede e ficou encarando a porta do seu quarto aberta.

Eu sabia! Sabia que não iria dar certo morar na casa com eles, sabia que na verdade eles eram tarados!




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...