História Brothers - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Personagens Originais
Exibições 17
Palavras 539
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Slash
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi

Capítulo 6 - Verdade


Kall se virou, ficando de frente para mim, seus olhos continuavam fechados e sua boca estava entreaberta para que respirasse melhor.

Seus cabelos estavam espalhados pelo travesseiro e suas mãos não se soltaram das minhas.

- Para sempre, Kall - prometi em seu ouvido quando deitei-me ao seu lado novamente.

Eu só prometia o que pudesse cumprir.

•••


(Narrador P.O.V's)


Jin, como esperado, levantou várias vezes para expelir o álcool que ingerira em doses exorbitantes na noite passada.


- Não entre! - disse para sua irmã - que estava parada do outro lado da porta - e gemeu, vomitando novamente.


- Vamos, Jin, me deixe entrar! - ela dizia manhosa e em tom baixo para que a dor de cabeça do mais velho não piorasse.


- Vá para o quarto, vá logo. - Jin sentiu a grosseria em suas palavras e rapidamente emendou - preciso conversar com você, Kall. Por favor, não fique no frio e se deite, logo estarei lá.


- Tudo bem. - Kall seguiu para o quarto em passos leves e seu irmão se pôs a fazer sua higiene.


Como ela iria reagir? Nojo era a opção mais plausível para a situação. Seok-Jin tinha medo.

Medo de perder o amor - proibido - de sua vida. Mas ele precisava fazer isso. Mesmo que doesse, ele precisava saber.

Enquanto se barbeava, seus pensamentos rodopiavam pela mente recém sã.

"Kim Ha Karlotte, o que você diria se eu estivesse apaixonado por você?"


•••


(Karlotte P.O.V's)


Novamente em meu quarto, fiz exatamente como Jin mandou: me enrolei em seu cobertor marrom com cheiro de um perfume cítrico que era seu preferido desde a adolescência.


Jin adrentou no meu quarto calmamente, fechando a porta atrás de si.


- Está acordada? - Ouvi sua voz perto de meu pescoço, se abrisse os olhos tinha certeza que ele estaria me observando de perto, mas não o fiz.


- Estou, Jin. - o mesmo soltou um riso fraco, tirando meu cobertor e me fazendo ficar com a barriga para cima.


Suas mãos passearam pela lateral do meu corpo até encontrarem as minhas e se entrelaçaram.


Senti o peso de seu corpo sendo dividido entre suas pernas abertas posicionadas, de modo que as minhas ficassem entre as mesmas.


- Me diga - seu hálito batia em meu pescoço enquanto eu inalava o cheiro de frutas roxas do seu creme de barbear. Abri meus olhos para fitá-lo quando senti lágrimas quentes correrem por minha clavícula. - Diga que você não me ama, que eu sou doente e que você tem nojo de mim.


Jin estava apenas com sua toalha azul enrolada em sua cintura. Sua pele estava quente por conta da água do banho e seu peito subia e descia rapidamente enquanto seus olhos estavam vermelhos.

- É isso que você quer ouvir? - minha voz falhava, mas eu não queria chorar, eu estava com raiva. Como ele pode pensar tão mal de si mesmo?


- Quero a verdade. - ele fechou os olhos, com a respiração trêmula e a cabeça em meu peito. - só me afaste de você, só diga a verdade que está em você.


- Você quer a verdade? - Jin se limitou a assentir - então se sente na cama.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...