História Brown - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Ed Sheeran, Josh Devine, One Direction, Zayn Malik
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Ed Sheeran, Harry Styles, Josh Devine, Liam Payne, Louis Tomlinson, Luke Hemmings, Michael Clifford, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags 5 S, 5sos, Cashton, Hosh, Jarry, Jiall, Jiam, Jouis, Jozianourry, Larry, Lilo, Lirry, Losh, Muke, Narry, Ned, Niam, Nosh, Nouis, Nustin, One Direction, Zarry, Ziall, Ziam, Zianourry, Zosh, Zouis
Exibições 145
Palavras 1.816
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Capítulo III


Fanfic / Fanfiction Brown - Capítulo 3 - Capítulo III

P.O.V. Liam Payne

- O que você estava fazendo com o meu namorado, ruivo? – a minha vontade era voar no pescoço dele.

- Eu achei ele na porta de um bar bêbado, você deveria me agradecer.

- E o que me garante que não foi você que o embebedou? – Louis bufava.

- Você sabe quantos anos o Niall tem? – Sheeran sorria debochado.

- Óbvio que sei – Tomlinson parecia um touro bravo.

- Pois não parece – Ed cruzou os braços – Ele não é mais nenhuma criancinha para ser tão influenciável.

- O Ed va-vai fica comi-migo – Horan estava com a cabeça apoiada no meu ombro – Ele promete-teu.

- Ele não... – Sheeran me interrompeu.

- Eu vou ficar, prometi ao Ni que... – dessa vez quem interrompeu foi Harry.

- Niall, o nome dele é Niall.

- Vem Ni – ele se referia ao Horan, mais olhava para o Styles que tinha o maxilar trincado – Eu te ajudo.

- Não – Niall já estendia as mãos para o ruivo – Eu ajudo ele, mantenha suas mãos longe do meu namorado.

- Chega Liam – Zayn andou até mim – Vem baby – ele puxou Niall – Você precisa de um banho.

- Eu já to-tomei banho Z – Horan abraçava Malik pelo ombro.

- Você ta fedendo a bebida – Niall iria retrucar – E shiiiiii, você vai tomar um banho frio e não se discute mais isso – Horan fez bico – Louis, faça um café forte e sem açúcar. Liam vá pegar um remédio para dor de cabeça e água, muita água, isso vai ajudar com a ressaca dele amanha. E Harry vem me ajudar com ele.

Ninguém disse nada.

- Estão esperando o que? O dia amanhecer? – Malik falava serio – E se eu escutar uma discussão que seja vocês dois me pagam – ele apontou para mim e Tomlinson – Estamos entendidos?

- Sim – falei junto a Louis.

- Ótimo.

Zayn saiu puxando Niall que tropeçava a cada passo que dava, Harry foi atrás deles.

- Ele é mandão assim na cama também? – Sheeran esperou que Malik subisse com Horan e Styles.

- Você nunca saberá isso – Tomlinson passou esbarrando em Ed e eu não segurei o riso.

- Estressado. Eu só fiz uma pergunta – Sheeran se jogou no sofá.

Fui atrás de Louis e ele praguejava na cozinha. O abracei por trás.

- Calma amor – beijei seu pescoço.

- Eu não quero esse cara dentro da minha casa.

- Ele já vai embora, só espera o Ni dormir – apoie a minha cabeça no ombro dele.

- Não Li, eu quero que ele vá embora agora, quero que ele saia das nossas vida – Louis bufou – Eu não suporto esse cara.

- Eu sei baby – beijei sua bochecha – Também não suporto ele, mas ele é amigo do Niall e nos temos que aguentar ele pelo nosso loirinho.

- Eu to com medo.

- De que? – o virei pra mim.

- Dele nos tirar o Ni.

- Isso não vai acontecer baby – fiz um leve carinho no rosto dele.

- Me promete.

- Prometo – dei um selinho em Louis.

- É melhor fazer o café logo, se não o general Malik vai dar chilique.

- Deixa ele te ouvir falando isso – Tomlinson me deu língua.

Eu o puxei para mais perto e o beijei. Foi um beijo rápido já que Ashton entrou na cozinha e nos interrompeu. Fizemos o café forte e sem açúcar, peguei duas garrafinha de água e o remédio para dor de cabeça. Puxei Louis para subir comigo – eu sabia que se ele ficasse perto do Ed iria rolar briga -. Quando chegamos no quarto do Niall escutamos ele reclamar da água gelada e Harry mandando ele ficar quieto.

Coloquei as coisa na mesa e entrei no banheiro.

- Você está me molhando Ni – ouvi Zayn protestar.

- Ta frio.

- Ninguém mandou encher a cara – Styles segurava Horan pelos pulsos em baixo da água.

- Já ta bom Hazza – Louis se aproximou dos três no box que era exageradamente grande.

- É melhor secar ele e dar o café logo ou ele vai ficar doente – peguei a toalha – Vem baby – estendi os braços para o Niall e Harry o ajudou a chegar até mim.

Ajudei Horan a se secar e Tomlinson o vestiu. Zayn obrigou Niall a tomar o remédio e o café. Styles se deitou ao lado de Horan que apoiou sua cabeça no peito do cacheado. Niall dormiu rápido com Harry mexendo em seus cabelos.

P.O.V. Josh Devine

- Chega Josh, eu n aguento mais.

- Ro... – ele me interrompeu.

- Você tem que parar de colocar o Horan sempre na frente das suas decisões.

- Eu... – outra vez ele me interrompeu.

- Não Josh, é sempre a mesma coisa – Smith bagunçou seus cabelos – Toda vez que nos decidimos algo você precisa da aprovação dele.

- As coisa não são assim.

- A não? – ele sorriu debochado.

- Eu vim morar aqui com você.

- Pelo amor de Deus Josh – Robert suspirou – Essa foi à única coisa que você fez contrariando ele.

Eu não soube o que falar.

- Até quando você vai usar isso como desculpa quando nos conversamos sobre isso?

- Ele é o meu melhor amigo – me aproximei dele.

- O Elliott é meu melhor amigo e nem por isso eu preciso da aprovação dele para fazer tudo na minha vida.

Robert tinha razão.

- Eu te amo Josh, te amo de mais. Só que parece que eu sou o único que ama nessa relação.

- Não fale isso – o abracei – Eu amo você Ro.

- Não parece Josh.

- Por favor, não diga isso – Smith nos separou.

- Antes de vimos para cá eu escutei sem querer você falar com os seus amigos sobre amar o Niall... – o interrompi.

- Você estava escutando as minhas conversas?

- Já disse que foi sem querer Josh – ele bufou – Você tinha me ligado para ir te buscar na casa do Michael, eu não lembro ao certo, mas acho que era na casa dele. Nos tínhamos que preparar algumas coisas para a viagem e quando eu cheguei eu acabei caindo em alguns arbustos e ouvi você dizer que queria ser feliz e que sabia que o Niall não iria terminar com os namorados dele para ficar com você.

Eu lembrava disso, lembrava da conversa, lembrava do dia.

- Você não me viu, saiu praticamente correndo e eu não consegui alcançar você – Robert olhou nos meus olhos e eu vi os dele marejarem – Você disse que queria ser feliz Josh, e que iria me deixar tentar te fazer feliz, mas eu sinto muito por esta falhando.

- Não, não, não, não e não – o abracei – Você não está falhando.

- Eu já tentei de tudo, tentei ser o mais compreensível possível porque eu sei que você é apaixonado pelo Niall desde pequeno.

- Eu me enganei – não, eu não me enganei – Eu achava que amava ele, mas eu só me confundi.

- Por favor, Josh – ele me olhou nos olhos – Não minta para mim, eu não sou idiota.

- Não é mentira.

- Como não – Robert nos separou – Seus olhos brilham quando você fala com ele.

- Porque ele é meu... – Smith me interrompeu.

- Seu melhor amigo, eu já sei disso – ele bufou – Acho que nos não deveríamos mais casar.

- O que? – meus olhos se arregalaram.

- Você ouvi.

- Não Ro, eu quero me casar com você.

- Pois não parece – ele se sentou na cama – Você está todo preocupado por que faz alguns dias que não fala com o Niall e não estava nem prestando atenção em mim.

- Me perdoa – sentei ao lado dele – Eu só estou preocupado com ele. Nos nós falamos o dia todo praticamente e ele me dá notícia a dois dias.

- Por que não liga para o Calum, ou para o Michael, ou o Luke, ou para o Ashton? – Smith me olhava como se fosse óbvio.

- Eu já falei com eles, só que eles me falam a mesma coisa, que está tudo bem com o Ni e que ele está muito ocupado com um concurso que ele ta organizando.

- Deve ser só isso, eles não iriam mentir para você se tivesse algo de errado com o Niall.

- Eu não sei não – suspiro.

Smith me olhou, eu ainda podia ver a magoa nos olhos dele e como eu me arrependia de causar essa emoção nele, logo nele. Robert era um cara maravilhoso, que estava me ajudando em um momento difícil, onde eu achava que não era nada por não ter o amor de Horan. Smith desde o primeiro momento que se aproximou de mim está ao meu lado, me ajudando e nunca me jugou, já eu só o faço sofrer, acho que eu sou o Niall da vida dele.

- Não fica assim amor.

- Como não ficar? – ele olhou para baixo – Eu to cansado de tentar Jo, cansado de ver o quanto você fica feliz por falar com Niall, eu até já reconheço quando você está pensando nele.

- Como assim?

- Seu olhos brilham de uma forma diferente, seu sorriso fica maior e você suspira.

- Você está vendo coisas baby – ele negou.

- Você pode não perceber Josh, mas acontece sim.

- Eu amo você – segurei o rosto dele.

- Mas não ama como ama ele – uma lágrima escorreu e eu prontamente limpei – O que você faria se em um dia o Niall te procurar e dizer que ama você e que largaria os namorados dele para ficar com você Josh.

- Não diga bobeira Robert.

- Não é bobeira – ele suspirou – Eu vejo como o Horan olha para você.

- Ele me olha como olha para os outros amigos dele.

- Não – Smith levantou-se da cama – Ele olha para você da mesma forma como olha para os namorados dele.

Não aguentei e tive que rir, eu não conseguia ver Niall me olhando da mesma forma como ele olhava para os namorados, ele me via como um amigo, apenas como só mais um amigo.

- Eu estou falando sério.

- Isso nunca vai acontecer amor.

- E se acontecer? Se ele vim atrás de você depois do nosso casamento? Você vai com ele? – Smith falava sério – Vai me deixar por causa dele?

Eu não soube o que responder, queria dizer não, queria dizer que realmente falar que não. Mas o meu coração gritava que eu iria com Niall.

- Você iria como ele, não é? – os olhos de Robert se encheriam de lágrimas – Você ia me deixa por causa dele?

- Não eu... – Smith me interrompeu.

- Mas eu entendo – as lágrimas caíram – Você ama ele desde que se entende por gente.

- Ro... – mais uma vez ele me interrompeu.

- Tu-tudo bem.

Robert me deu as costas e saiu do quarto. Eu até tentei ir atrás dele, mas quando eu cheguei na porta da sala ele já estava dentro do elevador.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...