História Brown Is The Warmest Color - Capítulo 2


Escrita por: ~

Visualizações 22
Palavras 1.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hi Girls and Boys

Não pretendia postar capítulo hoje, mas eu estava inspirada e não tinha nada pra fazer mesmo (mentira tinha sim, mas eu queria escrever), então eu to aqui.

Boa Leitura🌚

Capítulo 2 - Shit


Sexta Feira - 12:47

Eu cantarolava a musica que estava tocando no radio do meu carro, enquanto dirigia de volta pra casa depois de mais uma manhã na universidade.

Fazia três semanas que eu havia entrado na universidade pra cursar meu último ano de pedagogia, já que eu tinha transferido minha matricula pra faculdade de Miami. E também fazia umas quatro semanas desde o meu reencontro com Dinah.

Nesse tempo nós trocamos bastante mensagens, e eu podia dizer que nossa amizade ja tinha voltado praticamente a mesma coisa de antes. Eu também conheci mais algumas pessoas como a Anna, uma menina de 17 anos que estava terminando o colegial. Nosso encontro foi em um esbarrão quando eu estava indo em direção ao Subway.

FlashBack On

Quinta Feira - 11:53

Eu estava caminhando em direção ao Subway indo almoçar depois de mais uma manhã de aula na universidade. Aonde eu passava tinha algumas lojas de roupa e de outras coisas, eu olhava pra frente, mas em um momento de pura distração em que eu estava olhando pra uma loja qualquer eu esbarrei em uma pessoa e derrubando alguma coisa.

- Hey não olha por onde não? - A menina perguntava incrivelmente calma e se abaixando pra pegar uma pasta e algumas folhas que cairam de dentro dela.

- Me desculpa, eu estava distraída. - Disse me abaixando e ajudando ela a pegar o resto das folhas.

Eu não tinha reparado na menina, mas quando nos levantamos eu olhei. Ela branca - praticamente da minha cor -, tinha os cabelos morenos com algumas partes azuis, usava um uniforme de alguma escola, uma calça preta com rasgos no joelho e um tenis de cano alto preto e seus olhos eram em um tom incrivelmente roxo claro.

- Meu nome é Anna e o seu? - Ela disse simpática e com um sotaque meio brasileiro.

- O meu é Lauren. - Disse e dei um sorriso simpático.

- Não vou dizer prazer, porque prazer é só na cama - Nós rimos - Então você tava indo pra onde?

- Eu tava indo no Subway almoçar, quer vir comigo? - Eu disse e ela pareceu pensar.

- Se não for encomodo - Ela disse receosa.

- Não vai ser não relaxa - Eu falei e nós começamos a andar novamente.

FlashBack Off

Depois daquele dia nós conversamos bastante e nos tornamos amigas.

Eu desci do carro depois de ter deixado ele no subsolo do prédio, andei em direção ao elevador e apertei o botão do meu andar.

Depois de chegar mo meu apartamento e subir pro quarto fiquei com tedio. Hoje eu não teria nada pra fazer, já que eu havia feito os trabalhos da universidade ontem a tarde/noite e meu apartamento não bagunçava muito. Decido mandar mensagem pra Anna.

WhatsApp On

Purple Girl? - 12:56

Annaaaaaa? - 13:01

Fala branquela -13:02

Vamos sair? To em casa e não tem nada pra fazer -13:02

Iih foi mal, mas eu vou sair com minha mãe ela quer eu vá com ela no jantar que vai ter na casa da minha vó - 13:04

Mereço ter que ir pra um lugar que não tem wifi - 13:04

Kkkkkkkkkk se ferrou leite azedo - 13:05

Vai dar Jauregui - 13:05

Porque você não chama a Vero ou a Dinah pra sair? Acho que elas não estão ocupadas agora - 13:06

Ta eu vou ligar uma das duas, mas você ta me devendo uma Purple Girl - 13:06

Ta bom Leite Ninho, agora eu preciso ir, bjs - 13:10

Tchau Purple - 13:11

Sai da conversa com Anna e fui na de Vero.

Hey Velcronica - 13:12

Fala Gaspar - 13:14

Vamos sair? Pra qualquer lugar, eu to mofando aqui em casa credo - 13:14

Foi mal Laur mas eu vou precisar ficar em casa hoje pra fazer uns trabalhos da universidade e de noite eu vou sair pra ir visitar minha tia com meus pais - 13:15

Jesus, todo mundo ta saindo e eu vou mofar aqui - 13:16

Fala com a Dinah ué - 13:16

Eu falo com ela depois - 13:17

Agora eu vou dormir um pouco, tchau Vero - 13Off


Tchau Laur - 13:18

WhatsApp Off

Depois de conversar com Anna e Vero, eu decidi ir dormir um pouco e depois ligaria pra Dinah pra chamar ela pra sair.

Sexta Feira - 18:06

Acordo meio grogue e esfrego meus olhos, pego meu celular pra olhar as horas e arregalo meus olhos. Eu havia dormido praticamente 5 horas.

Levantei da cama, fui pro banheiro tomar um banho, logo depois de sair do banheiro eu vesti uma roupa e peguei meu celular pra ligar pra Dinah.

Eu liguei pra Dinah umas cinco vezes mas chamava até cair a ligação. Entao eu decidi ir na casa dela, vai que ela tava dormindo, nunca se sabe né. 

 [...]

Eu estava chegando ao prédio em que Dinah morava, que não era muito longe do meu. Chegando em frente ao prédio, eu desci do carro e acenei pro porteiro que acenou de volta. Apertei o botão do andar de Dinah e fiquei pensando porque ela não havia atendido o telefone. Dinah era de sair pra ir em outro lugares mas ela sempre atendia o telefone, só nao atendia quando ia pra alguma festa, mas estava cedo demais pra isso.

A porta do elevador abriu e eu fui andando em direção a porta do apartamento de Dinah. Quando eu estava  frente a porta, eu conseguia ouvir algumas vozes abafada parecendo que saia de uma televisão e outras que pareciam de pessoas, mas ignorei porque poderia ser apenas da televisão mesmo.

Eu apertei a campainha, e logo em seguida ouvi passos e a porta destrancar, eu estava com meu celular na mão, olhando pra ele quando eu ouvi a porta abrir.

- Dinah eu vim te chamar ir em algum lugar, porque eu tava mofando em casa e... - Eu parei assim que olhei pra quem me encarava na porta, ela me analisava com um olhar frio, irônico e surpreso.

A porta do apartamento de Dinah ficava perto da sala e não havia nenhum corredor naquela parte da frente, facilitando pra quem estivesse no sofá me visse.

- Oque você faz aqui? - Ela perguntou seca, eu que ja estava tensa fiquei mais ainda quando vi que havia mais pessoas, eu olhei desesperada pra Dinah que estava com os olhos arregalados.


Notas Finais


Gente eu queria avisar que eu vou postar os capítulos mais perto do fim de semana, porque eu to estudando pra uma prova que ta vindo ai e eu tenho alguns problemas pessoais pra resolver também.

Maaas eu vou tentar postar um ou dois capitulos por semana.❤

Até o proximo capítulo❤🌚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...