História Brown T-Shirt A.B.O Jikook - Capítulo 78


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Abo, Bts, Jikook, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 528
Palavras 1.640
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi, vocês ainda estão ai? ~tirando um monte de teia de aranha ao entrar na fic~
Então né, alguns problemas aqui e ali, e pah e tals, falta de criatividade também, e umas brigas acontecendo
Eu juro de dedo mindinho que dessa vez eu não sumo, juro mesmo, podem acreditar em mim

Brown T-Shirt tá vivissíma, jonginhurts tamem tá viu

Boa leitura xuxus

Capítulo 78 - 78


Jimin e Jungkook foram em um carro separado dos outros cinco. Demoraram um pouco mais para chegar, pois sempre que Jimin ia levantar da cama, Jungkook o puxava de volta e beijava o ômega.

Enquanto isso, na faculdade, Jin quase roía todas as unhas e Taehyung tentava deixá-lo calmo, para que contasse o que aconteceu.

- Jin, puta que pariu! Para de roer essas unhas e conta o que aconteceu! Eu vou dar um berro! - Yoongi quase grita, nervoso.

- Pronto, Jimin chegou, agora conta!

- Bom dia hyungs... - Fala com um tom preguiçoso, abrindo os braços para ser abraçado por Yoongi, acariciando a barriga dele.

- Bom dia, bebê. - O esverdeado sorri, apertando as bochechas do Park.

- O que está acontecendo? - Questionou, indo abraçar Taehyung.

- Jin está roendo todas as unhas, mas não conta o que houve! - O moreno bufa, antes de dar um selinho em Jimin, que sorri um pouco envergonhado.

- Eu fiz merda. - Jin finalmente fala.

- Ah, okay. Cadê a novidade? - Yoongi rola os olhos, se sentando em um dos bancos ali perto. - Senta que lá vem história.

- Yoongi, sua naja. - Jimin ri, se sentando ao lado do maior.

- Olha quem fala.

- Tá. O que aconteceu, Jin? - Taehyung perguntou, tirando um pirulito do bolso e o tirando da embalagem, em seguida levando o doce até a boca.

- Ah, Namjoon está chateado comigo... Eu meio que disse que ele maliciava tudo que eu fazia e que nós sempre acabávamos na cama... - Diz baixo, se sentando em cima da mesa e balançando os pés calçados por Saint Laurent brancos.

- Ué, só ouvi verdades. - Yoongi murmura, recebendo uma cotovelada vinda de Jimin. - Ai, tá, tá, calei a boca.

- Eu não sei o que fazer pra ele voltar a falar comigo, eu não gosto de ficar sem meu alfa, já faz mais de três dias... - Abaixa os olhos, brincando com seus dedos longos.

- Não é por nada não hyung, mas você devia ter pensado um pouquinho antes de dizer. Ele é um alfa lúpus, com mais testosterona do que os outros, e talvez por isso não consiga segurar. - Jimin diz, mexendo nos fios de cabelos de Yoongi. - Não devia se chatear com ele por isso.

- É por isso que eu e Taehyung nem reclamamos quando Hobi chega em casa e já logo joga um de nós dois no sofá. Ele é um pouco rude as vezes, mas nós sabemos que são os hormônios e porque também né porra, nós somos muito gostosos.

- Tá certo. Eu te daria uns beijos, Yoongi. - Jimin ri, vendo Min fazer uma careta de riso. - Na broderagem.

- Ai, então vem.

- Vai beijar nada não hein. - Jungkook aparece do nada, assustando a todos.

- Omma pega a pipoca, é Jeonlous, adoro. - Taehyung ri, levando Jin a rir junto.

- Oi amorzãaao. - Park cantarola, fazendo aegyo. Jeon ri, abrindo os braços para abraçar o ômega.

- Jimin o mais falso. - Jin dá um tapa no ruivo, que dá a língua. - Tá de castigo.

- O que? Seokjin! - Fala indignado, e todos riem.

 

Mais tarde

 

Como Jimin e Jungkook voltaram no outro carro e os Taeyoonseok voltaram com eles, Namjoon e Jin acabaram ficando sozinhos no carro.

O silêncio era o mais pesado de todos os anos que eles tinham passado juntos, nem pareciam o mesmo casal.

Os caninos do mais novo coçavam, o que significava que Jin estava sentindo algo que não era bom. O rosa respirou fundo e olhou seu ômega rapidamente.

- Jinnie?

- Hm? - Ergueu a cabeça, fixando seus grandes olhos no outro Kim.

- Está sentindo algo?

- Não, eu não estou... Por que?

- Você não me engana, bae. Os caninos estão coçando e você sabe o que isso significa.

- Ah, eu só estou um pouco cansado, não é nada. - Sorriu pequeno, tirando o celular do bolso.

- Eu ia pro posto hoje, mas eu posso ficar em casa pra você dormir, sem problemas.

- Ah, não precisa, eu não pretendia dormir. Na verdade eu tenho alguns croquis pra terminar.

- Alguns quanto, Seokjin? - Pergunta, sabendo que quando o mais velho falava alguns, geralmente eram mais de cinco. Jin fez uma careta fofa, olhando para a janela.

- Talvez, só talvez... São oito.

- Não devia se esforçar tanto, hyung. Não pode deixar alguns dos croquis pra depois?

- Eu devia ter entregado a um tempinho, mas não consegui terminar a tempo. Tenho que terminar. E não precisa se preocupar amor, o máximo que pode acontecer é eu quebrar uma unha e eu não tenho problemas com isso. - Deu uma risadinha, o que fez Namjoon sorrir.

Logo o casal chegou em casa e seguiram a rotina de todo dia: Almoçaram, tomaram banho juntos e assistiram um pouco de TV juntos, antes do alfa ter que sair pra trabalhar.

A maior decepção do dia de Jin foi no banho, onde ele sempre deixava Namjoon ensaboá-lo, pois sabia que o alfa não resistiria. Mas daquela vez, o de cabelos rosas mordeu os lábios e fez aquilo rapidamente, sem dar tempo para Jin o provocar.

 

 

O moreno deu mais um gole em seu café e largou o grafite, suspirando. Já tinha terminado cinco dos oito croquis, estava bem satisfeito com isso mas simplesmente não tinha inspiração para fazer os outros. Eram quatro roupas femininas, três masculinas e uma misturando os dois gêneros.

Se Namjoon estivesse em casa e não estivesse com aquela palhaçada, provavelmente colocaria o mais velho em seu colo e o beijaria e tocaria até que ele ficasse calmo e inspirado.

Pintores e escultores têm musas, Jin tinha um muso e o nome dele é Namjoon.

 

Deixou os desenhos de lado, colocou-os em uma pasta, logo se levantou da cama e saiu do quarto, deslizando pelo chão do corredor com suas meias brancas.

Estava bem frio aquele dia, então Jin vestia uma calça de moletom, uma blusa preta que na verdade era de Namjoon e um moletom rosa. Ainda assim sentia um pouco de frio, mas podia suportar.

Sorriu ao chegar no andar de baixo e encontrar RM emboladinho no sofá, olhando em sua direção. Não demorou muito e o Golden Retriever desceu do sofá e correu até o dono, que se abaixou para pegá-lo no colo.

- Oi garotinho, onde você estava, huh? Não te vi hoje quando cheguei! Espero que não tenha aprontado nada. - Fez carinho nas costas do filhote, sorrindo. Colocou-o no chão e somente observou enquanto ele corria para a cozinha. - Hey, aonde você vai? Volta aqui hein. - Foi atrás e entrou na cozinha, rindo alto ao ver o filhote com as duas patinhas dianteiras sobre a vasilha vazia de ração, como se pedisse comida. - Ah meu Deus, eu tenho o cachorro mais inteligente de toda a Seul!

Colocou a ração na vasilha e acariciou entre as orelhinhas de RM, logo voltando pra sala.

Se encølheu no sofá e ligou a televisão, colocando no seu canal favorito de desenho animado. Podia completar 30 anos mas nunca pararia de assistir desenho, de chorar com Procurando Nemo e de esperar sua mãe dizer seus sintomas quando ia ao médico.

Não percebeu ao certo quando adormeceu, talvez durante um episódio de Masha e o Urso, mas o fato é de que acordou ao sentir seu corpo ser suspenso e envolvido por braços fortes e quentinhos. Passou seus braços em volta do pescoço do alfa e escondeu seu rosto na volta do ombro dele.

- Você conseguiu dormir mesmo comigo longe... Estava mesmo cansado, uh? - Namjoon riu, subindo as escadas. Jin assentiu, sonolento.

- Eu tiro várias dessas sonecas por dia mas nunca durmo de verdade quando você não está aqui. Por que voltou mais cedo?

- Quis ficar aqui com você. Gosto de te mimar e você sabe.

- Sei e gosto, Nam. Mas você está afastado de mim, achei que não queria nem me abraçar. - Diz com uma voz triste, abrindo os olhos.

- Nunca pararia de te abraçar, Jin. Eu só estou levando a sério o que você me disse, não quero que fique bravo comigo.

- Eu não vou ficar, mas por favor, volta a ser como era comigo! - Choraminga, fazendo uma cara triste. O alfa abre a porta do quarto e entra no cômodo, indo em passos largos até a cama. - Sinto falta de você me...

- Eu te...? - Questionou com um sorriso malicioso, deitando Jin na cama e ficando sobre ele. O ômega corou, desviando o olhar.

- Pare de me deixar envergonhado! - Quase gritou, cobrindo o rosto com a mão.

- Nós estamos sozinhos amor, você não precisa ter vergonha de falar. - Apertou a cintura do moreno, beijando o pescoço dele. - Vamos, diga.

- Eu sinto falta de você me fodendo, Nam. - Sua voz soou quase como um gemido e ele tirou as mãos do rosto, as levando até perto do cós da calça skinny do mais novo, antes que o mesmo as segurasse. - Eu sinto realmente muita falta, já fazem dias que você sequer me deixa sentar no seu colo!

- Seokjin, saiba esperar. Meu rut é na próxima semana, nós vamos resolver isso. - Sorriu, se abaixando para beijar Jin nos lábios. O ômega aprofundou o beijo, puxando os fios rosas do alfa entre seus dedos. Namjoon apertou com força a cintura do menor, que se contorceu na cama e gemeu entre o beijo. - Não me provoca, Jin. - Sussurrou após quebrar o beijo. Seokjin riu, debochado.

- Se não o que?

- Eu vou te deixar sem andar direito por uns bons dias.

- Faça isso.

 


Notas Finais


Namjin sim porque nunca é demais, 2bj

As visualizações tem caído, eu sei que é pela minha ausência, mas eu juro que vou compensar com pelo menos 2 atts por semana, até chegarmos no capítulo atual em que eu estou, ok?

Até depois, quando vocês querem que eu poste o próximo?

all the love, k


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...