História BTS - I Need U Boy - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 90
Palavras 2.780
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oeeeh meus amores u.U
Voltei! Cheguei! Opa!
Cap novo pro FBI aqui que eu chamo de "leitoras" ahsbsjsbbaa *---*
Espero que gostem!
Boa leitura 🌸🌈❤

Capítulo 24 - Mãe!



      
          Assim que coloquei o pé para fora do avião um arrepio percorreu meu corpo, estava de volta ao Brasil. Respirei fundo sentido um deja vu, o que acabou sendo engraçado. Sorri involuntariamente.

-Parece que alguém está feliz._ Jin passou por mim sorrindo, senti uma mão tocar a minha e vi Suga sorrindo também.

-Vamos?_ Assenti animadamente e ele gargalhou, andamos tranquilamente, com muitos flashes, mas tranquilamente. Entramos em um carro e eu acho que deixava transparecer demais minha felicidade.

-Estava com saudades daqui?_ Kookie perguntou.

-Eu? Um pouco. Sinto mais falta da comida da minha mãe e de meus amigos.

-Você parece animada._ Tae disse me olhando com aquele sorriso lindo.

-É que é estranho._ Fiz uma cara um pouco confusa.

-É?_ Foi a vez de Nam.

-Eu acho que eu não me imaginava aqui de novo, não do jeito que eu estou.

-Que?_ Jimin franziu o cenho me olhando e eu acabei rindo.

-Talvez eu me imaginasse voltando para o Brasil com minha irmã depois de umas boas férias na Coréia._ Sorri e olhei para a janela._ Não com minha melhor amiga e sete coreanos._ Eles gargalharam._ Ah claro, e a Ayna também._ Lembrei dela que estava até calada.

-Bom, pra você ver como as coisas são. Tudo muda de repente, quando você menos espera._ Suga disse sorrindo e todos assentiram do mesmo jeito, depois de um tempo conversando coloquei meus fones ouvindo Foster The People e relaxei. Fiquei pensando na reação da minha irmã já que ela não sabia que eu estava vindo, nem minha mãe, nem meus amigos. Meu Deus minha mãe vai ter um ataque... Logo chegamos ao hotel, estávamos no Rio de Janeiro, nunca tinha vindo pro Rio, quando morava aqui eu era do Nordeste e depois me mudei pra São Paulo que é onde minha família mora atualmente. Descemos do carro e novamente fiquei com Minah e Ayna em um quarto, assim que entrei me joguei na cama, eu havia ficado muito tempo sentada minhas costas estavam doendo, Minah riu do meu desespero e se jogou em cima de mim.

-Oooh! Minhas costas estão doendo e tu ainda faz isso?_ Perguntei e ela riu de novo.

-Eu não lembro de quase nada daqui, você vai me mostrar vários lugares, não é?_ Os olhinhos dela brilharam e eu ri.

-Claro! Mal vejo a hora, sinto falta de falar português com alguém._ Ela saiu de cima de mim e foi toda saltitante pro banheiro, sorri daquela anã e olhei o quarto, Ayna estava deitada na cama dela mexendo no celular, ela não implicou mais comigo, ela anda bem na dela, e isso é ótimo. Minah terminou o banho dela e eu fui tomar o meu, eu necessitava daquele banho, tão quentinho e relaxante, depois de um tempo percebi que tinha que sair se não eu ia virar um maracujá, fui até minha mala e vesti um short jeans clarinho, uma regata preta cavada e um coturno também preto, soltei meu cabelo e fiz uma maquiagem leve. Minah já me esperava sentada na cama, a chamei e nós saímos, descemos e assim que passamos pela área da piscina os meninos estavam lá, eles nos olharam e nos encheram de perguntas.

-Onde vocês vão?

-Podemos ir?

-Hey! Já vão sair?

-O que vão fazer?

-Vamos dar um volta, quero conhecer mais as redondezas._ Minah respondeu sorrindo e os meninos começaram a pedir para ir junto._ Não! Acho melhor vocês não saírem, não hoje... Outro dia ok?_ Eles fizeram uma carinha muita fofa de cachorrinho que caiu da mudança e eu senti vontade de apertar cada um deles._ E nem adianta fazer carinha. Descansem vocês tem show hoje a noite._ Minah disse autoritária e eles assentiram, nos despedimos deles e saímos. Um motorista ia nos levar para onde queríamos, Minah insistia em ver a praia daqui, então fomos. Em menos de 20 minutos estávamos lá, descemos do carro e fomos andar pelo calçadão, estávamos conversando tranquilamente até passar uma mulher apenas de biquíni com o namorado, Minah arregalou os olhos e eu ri.

-Você viu o tamanho daquela bunda?_ Ela perguntou boquiaberta.

-Olha... Por aqui no Brasil tem maiores._ Ela me olhou assustada e eu gargalhei.

-Imagina os meninos andando por aqui..._ Ela riu me puxando para uma sorveteria.

-Deve ser normal pra eles._ Ela me olhou pensativa e assentiu me fazendo rir. Estramos na sorveteria e eu pedi o de sempre (Limão), e Minah morango, ficamos um bom tempo sentada em uma das mesas vendo o mar e conversando. Depois voltamos ao carro e fomos ao shopping, fizemos algumas compras e Minah gostou de bastante coisa, e levou bastante coisa também. Entramos em uma loja de jóias e uma pulseira me chamou atenção, ela era totalmente de prata com um círculo também de prata como pingente, nele estava escrito "My All". Eu pedi para ver e assim que eu toquei na pulseira pensei em Suga, resolvi comprar. Minah também comprou algumas coisas e como eu sou a louca dos anéis comprei alguns pra mim, fomos para a praça de alimentação e comemos, ficamos por um bom tempo conversando e nos tocamos que já era tarde, passamos o dia fora, como assim? Saímos do Shopping e fomos jogando conversa fora o caminho inteiro, chegamos no hotel bem rápido até, fui diretamente para o quarto tomar um banho, e assim o fiz, vesti um pijamas curto pois fazia calor.

-Hey! Até que enfim!

-Tá apressada pra que? Você já tomou banho._ Encarei confusa a anã que acabara de entrar no quarto.

-Vamos assitir filmes no quarto do Jin, já tá todo mundo lá.

-Ok já vou indo._ Minah saiu e eu fui arrumar as compras que fizemos no shopping, coloquei tudo na mala e a última sacola era a de jóias, guardei os anéis e encarei a pulseira que eu havia comprado. Será que eu devo dar pra ele? Talvez não agora... Guardei a pulseira na mala e a fechei, sai do quarto e fui para onde todos estavam, o quarto do Jin e do Tae. Cheguei já entrando e tava engraçado pakas aquela cena. Jin estava em um sofá que tinha perto da cama, junto com ele Jimin e Kookie praticamente empilhados, em uma cama estava Tae e Suga olhando pro teto, já Nam e Hobi estavam sentados no chão brincando de alguma coisa e Ayna e Minah estavam na outra cama uma em cada ponta o que me fez rir.

-Nossa! Amém! Que demora._ Jin reclamou e eu dei de ombros me jogando no meio de Tae e Suga, os dois me abraçaram um de cada lado.

-Vamos assistir o filme ou não?_ Ayna se pronunciou e Nam colocou um filme. Tae e Suga me soltaram e nós nos sentamos direito para ver o filme, e dessa vez o Tae ficou quieto, aleluia!...

   Logo quando o filme acabou ficamos conversando até da hora dos meninos irem se arrumar pois teria show hoje, saímos do quarto indo cada um para o seu. Minah tomou banho primeiro e Ayna depois, eu fui a última então tentei ser rápida. Assim que terminei meu banho vesti uma calça de couro preta e uma camisa com estampa de farda de exército, sabe? E meus amados coturnos, coloquei uma jaqueta também de couro por cima da camisa e fiz uma maquiagem um pouco mais pesada, uma corrente prata no pescoço e um perfume, estava pronta! Saímos do quarto e os meninos já tinham ido na frente, eles tinham que se aquecer para o show e tals... Entramos no carro e não demorou muito para chegarmos no local do show, faltavam 10 minutos para o show começar estávamos todos no camarim, os 10 minutos passaram voando e os meninos subiram no palco levando todos a loucura, eu não sabia que eles eram tão conhecidos aqui, na verdade quando eu morava aqui no Brasil nem sabia o que era K-pop. Eu e Ayna estávamos no backstage assistindo ao show dos meninos, eles falaram português com as Armys e foi muito fofo, eu cantava a música juntos com eles, a que eles estavam cantando no momento era Tomorrow e eu amo essa música. O show foi perfeito assim como todos os outros, eles se despediram dos fãs e voltamos todos pro camarim, e os meninos estavam animados pelo show, assim que eles sentaram e descansaram um pouco começamos a conversar e nós parabenizamos a eles, depois de mais um tempinho ali voltamos para o hotel, só lembro de tomar um banho e me jogar na cama logo em seguida...

     ~1 semanas depois~

   Os shows no Rio acabaram. Estavamos em São Paulo e eu finalmente iria ver minha família. Os meninos foram para o hotel e eu fui também, não por muito tempo queria ver minha mãe e minha irmã logo. Estava tomando banho e me arrumando pra sair.

-A gente vai conhecer sua família?_ Perguntou Tae.

-Vocês querem?_ Perguntei e eles assentiram animadamente._ Sério?

-Sim!_ Eles responderam juntos. Eu sorri e fiquei imaginando a reação da minha mãe ao vê-los.

-Ok, então vocês vão comigo._ Eu não ia levar os meninos, talvez o Suga para minha mãe conhecer por que ela com certeza ia me obrigar, apenas Minah ia comigo, mas, já que eles querem, vamos não é? Terminei de me arrumar, Minah já estava pronta e estávamos esperando os meninos, logo eles apareceram já prontos. Fomos até o carro e eu indiquei o endereço do apartamento em que eu morava, que onde minha mãe mora atualmente com a irmã dela, minha tia. Depois de quase 30 minutos chegamos, como o segurança/porteiro me conhecia liberou a entrada e eu subi junto com aquele povo todo, o engraçado era que não ia dar todo mundo no elevador éramos nove. Então primeiro fomos eu, Minah, Suga, Jin e Hobi, e outros quatros vieram depois, assim que todos nós chegamos no andar determinado me dirigi até a porta e tudo era bem nostálgico. Um arrepio subiu por meu corpo e eu não estava com coragem para tocar a campanhia, os meninos riram baixinho e eu respirei fundo rindo nervosa, então finalmente toquei. Não demorou muito e o barulho da porta se abrindo se fez presente e meu coração acelerou de um jeito inexplicável. Assim que porta foi totalmente aberta vi o rosto de minha mãe, me senti confortável só de ver aqueles olhos marrons claro em minha frente, ela arregalou os mesmos.

-Ahh meu Deus, minha filhinha!_ Ela falou e deu um gritinho o que me fez rir, a abracei já chorando e ela também chorava, ela não mudou nada, cabelos lisos, do meu tamanho, pele em um tom um pouco mais escuro que a minha, continuava linda. Assim que nos soltamos ela olhou para trás de mim vendo os meninos que sorriam, ela arregalou os olhos novamente, minha mãe sempre me ajudava nas aulas de coreano então ela sabia um pouco._ Nicoly! Precisava trazer metade da Coréia junto?_ Ela disse em coreano e sorrindo para os meninos que ficaram surpresos por ela saber falar, e logo eles caíram na gargalhada pelo drama que minha fez._ Desculpem rapazes, nem me apresentei. Eu sou Liziane, mãe da Nicoly._ Minha mãe disse dando um sorriso, que saudades daquele sorriso. Os meninos retribuiram o sorriso e se apresentaram um por um, e eu fiquei me perguntando se minha mãe havia decorado os nomes deles.

-MÃE!_ Chamei animada e ela me olhou._ Olha, se lembra dela?_ Puxei Minah, que sorriu e minha mãe arregalou os olhos novamente, Minah foi até ela e elas se abraçaram.

-Como você cresceu! Minah, está tão bonita._ Minha mãe disse olhando para Minah que sorriu envergonhada.

-Cresceu? Acho que não..._ Disse fazendo todos tirem.

-Ela era um criança quando a vi. Agora já é uma mulher._ Ela sorriu e Minah retribuiu._ Oh! Que cabeça a minha, entrem._ Minha mãe entrou e nós todos fizemos o mesmo, nos acomodamos na sala e começamos a conversar.

-Então mãe, deixe-me te contar o por que de eles estarem aqui._ Contei toda história para minha mãe que me escutava com atenção._ E hoje, eles estão em turnê e me arrastaram junto._ Sorri pra eles e eles retribuiram.

-Meu Deus, Minah é coreógrafa? Que legal, fico feliz por vocês terem se conhecido. Você parece feliz minha filha!_ Minha mãe sorriu.

-A senhora nem imagina o quanto! Ahh mãe...

-Oi?_ Ela me olhou desconfiada e eu olhei para Suga, ele se levantou e empurrei Nam para ele sentar do meu lado.

-Como ele já se apresentou e a senhora já sabe, esse é Min Yoongi, ou Suga._ Olhei pra ele sorrindo e ele retribuiu, ele pegou em minha mãe entrelaçando nossos dedos._ Ele é meu namorado._ Assim que disse isso vi os olhos da minha mãe brilhar, o que me fez rir.

-Oooh filha! Que notícia ótima, achei que você nunca fosse arrumar um namorado._ Ela disse sorrindo e os meninos gargalharam.

-MÃE!

-Desculpe._ Ela sorriu novamente._ Estou feliz por você filha, te desejo toda felicidade do mundo! E você moço..._ Apontou para Suga e ele apertou minha mão, o que me fez rir._ Cuide bem da minha bebê._ Suga sorriu e me olhou.

-Prometo que vou cuidar dela._ Ele olhou para minha mãe novamente e eu sorri maior que a cara.

-Cheguei..._ Ouvi o barulho da porta e vi minha loira oxigenada mais branca do que eu entrar, vulgo, minha tia. Ela se virou e me viu, logo começou uma gritaria e surtos.

-TETEIA!

-PIMPOLHA!_ Me levantei e fui correndo abraça-la, o que fez ela deixar as sacolas cair._ Que saudades!

-Você nem imagina o quanto, tia!_ Nos separamos e ele olhou para o sofá assustada.

-Menina? Sequestrou quantos coreanos em? Tá vendo Lizi? Eu disse que ela não ia resistir e ia trazer alguma coisa. Mais não imaginava que seria sete garotos._ Ela gargalhou levando eu e minha mãe juntas, minha tia não fala coreano, só inglês, então os meninos não entenderam o por que de nós estarmos rindo.

-São os amigos e o namorado dela, e olha só! Essa é Minah, veja como ela cresceu._ Minha tia arregalou os olhos e foi conversar com Minah e os meninos, peguei as sacolas que estavam no chão e analisei.

-O que vai fazer mãe?_ Perguntei olhando as compras que minha tia havia feito.

-Lasanha! Porém vai ter que ser bem maior._ Ela disse sorrindo e meus olhos brilharam, fomos para cozinha e eu fui ajudar a minha mãe, liguei o rádio que tinha na cozinha e tocava o CD do Bon Jovi da minha mãe, começamos a fazer um dueto enquanto montavamos a lasanha, cantávamos Livin' On A Pray. Terminamos a lasanha e colocamos no forno, assim que a música acabou sorrimos uma pra outra e começamos a rir e do nada ouvimos aplausos. Todos os meninos, Minah e minha tia estavam aplaudindo e eu e minha mãe rimos mais ainda, voltamos a sala e continuamos conversando, e eu mostrei alguns vídeos dos meninos para minha mãe e ela adorou as músicas e as coreografias, foi muito fofo quando ela elogiou eles e todos ficaram tímidos e agradeceram de modo fofo, e eu ri muito, logo a lasanha ficou pronto e deu pra todo mundo, comemos todos juntos e ficamos conversando sobre os meninos, assim que acabamos ajudei minha mãe com a louça, ficamos a tarde inteira assistindo filmes e conversando, até ficar de tarde e a gente ter que ir embora,  minha mãe fez um bico junto com minha tia e nos despedimos, amanhã eu viria e ia passar o dia todo aqui com elas só que sem os meninos. Estávamos no carro indo em direção ao hotel.

-Cara, eu tenho a melhor sogra do mundo._ Suga disse enquanto falávamos da minha mãe, todos riram.

-Sério Nicoly, sua Omma é muito legal._ Tae disse e todos gargalharam e acabaram concordando.

Do jeito que a mãe dela é, não poderia ter uma filha melhor._ Jimin disse sorrindo e eu enrubeci, porém os meninos concordaram e ficaram zoando. Depois de um tempinho chegamos ao hotel, tomei um banho relaxante e me deitei na cama, Minah foi fazer o mesmo e Ayna estava no quarto de um dos meninos, ouvi batidas na porta e logo Suga entra e a fecha, ele vem em minha direção e se deita ao meu lado me dando um beijo.

-Posso dormi aqui?_ Ele pergunta parando o beijo e fazendo uma carinha fofa e eu acabo assentindo. Ele abraçou minha cintura ficando de conchinha comigo. Minah sai do banheira e fica rindo da cena, ela nos da um "boa noite" e nós retribuimos. Depois de um tempo com o Suga me fazendo carinho acabei pegando no sono...


   


Notas Finais


Esse é o cap de hoje amora, realmente espero que gostem!
Desculpem qualquer erro T^T
AMO VOCÊS! ❤🌸🌈💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...