História Second Grade - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 233
Palavras 1.031
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - Police Station?


Fanfic / Fanfiction Second Grade - Capítulo 17 - Police Station?

Tudo estava indo bem. Todos estavam curtindo a festa da melhor forma possível. Bebendo, dançando ou comendo. Entenda “comendo” no sentido que preferir. Eu estava com meus amigos, fizemos uma rodinha e nos sentamos para ficar bebendo. Até que acabou a bebida e eu fui pegar mais. Quando cheguei no bar, pedi 3 garrafas de Vodka. Olhei pra um lado e notei que tinha alguns garotos entrando. Eles chegaram agora? Acho que eles ficaram sabendo da festa de última hora e entraram. Sei disso porque, eles estavam de roupas normais. Sem nada Neon como praticamente todo mudo estava. O barmen me entregou as Vodkas. E como eu sou curiosa, não evitei perguntar:

 

— Hey! Você sabe dizer quem são aqueles?

— Não conheço não. Acho melhor você perguntar pro Suga.   ~Ele respondeu~

— Tudo bem.

 

Eu peguei as Vodkas e voltei pra onde eles estavam. Entreguei as garrafas, e pensei em falar pro Yoongi. Mas eu não confio nele bêbado. Então, resolvi falar pro Namjoon. Eu o encarei e fiz sinal pra ele me seguir, ele entendeu e me seguiu.

 

— O que foi?

— Quem são eles?   ~Fiz sinal com os olhos pra ele olhar~

— Ah não...  ~Namjoon disse ficando pálido~

— Ah não o que?

— Lá vem encrenca!

— Quem são eles?

— Obrigado por avisar!   ~Ele ia saindo, mas eu segurei no braço dele, o impedindo~

— Você vai me responder!

— Tudo que precisa saber é que deve ficar o mais longe possível deles.

— Eles são o que? Assassinos?

— Eles são um tipo de gangue. Eu não sei, quem sabe é o Yoongi.

— É melhor você alertar os outros, vai lá.

— Okey. Não fique perto deles.   ~Ordenou~

— Tá ¬¬ Eu não vou!

 

Ele foi avisar para os outros. E vocês acham mesmo que eu obedeci ele? Claro que não. Eu fui até onde eles estavam. Não cheguei muito perto. Eu queria apenas ver os rostos deles, e eu consegui reconhecer dois deles. Sabe aqueles dois garotos que bateram no meu irmão? Dois deles eram eles. Depois de finalmente reconhecer eles, eu fui procurar os meninos. Mas eles não estavam mais lá. Que droga! Eu fiquei procurando eles, mas acabei me cansando e subi para o meu quarto. Por sorte, ele estava intacto. Não tinha ninguém se comendo, nem nada revirado. Eu fui pra varanda e fiquei vendo as pessoas dançando e se divertindo. Até aqueles caras que segundo o Namjoon eram perigosos, acho que eles só queriam festejar também. Eu fiquei um bom tempo lá, olhando o povo. Aquilo acabou me dando sono e eu me virei pra ir dormir. Me deitei na cama, mas escutei a música parar de tocar e começar o que parecia ser uma confusão. Me levantei rapidamente, abri a porta e vi os meninos brigando com aqueles caras. “É por isso que não gosto de festas” pensei enquanto ia pra perto de onde eles estavam. Eu gritei pra eles pararem, e eles nem davam ouvidos. E ninguém se disponibilizava para ajudar. Eu tinha que pensar em algumas coisa, mas a única solução mesmo era chamar a polícia. Liguei para a polícia que logo atendeu.

 

*Ligação On*

 

— Qual a emergência?

— Entrou seis caras aqui em uma festa e eles estão fazendo uma confusão.

— Qual a sua localização?

 

Eu passei o endereço e por sorte a polícia logo chegou. E eu disse quem eram os engraçadinhos, mas por causa da confusão os meninos também tiveram que ir pra delegacia. Eu fiquei muito mal por isso, mas eu não ia deixar eles se matarem. Eles foram algemados e levados para a delegacia. Eu acabei chorando pelo que fiz. Mas o que eu podia fazer? Nada. As pessoas ficaram me olhando e eu me controlei pra não mandar todo mundo se fuder.

 

— O que estão olhando? Pode ir embora, a festa acabou!

 

Ordenei e todos foram saindo. Só ficou eu ali. Com as duas mãos na cabeça sem saber o que fazer. Todos os meus amigos estavam na delegacia por minha culpa. A polícia ainda ficou checando o local. Eu tentava me conformar de que foi o certo, mas só o que sentia era culpa. Eu estava chorando, até que meu celular toca. Era o Yoongi.

 

*Ligação On*

 

— Jiy?

— Yoongi! Oi, como vocês estão?

— Estamos bem. Mas vamos ter que passar a noite aqui. Toma conta de tudo pra gente?

— Tomo. Me desculpem!   ~Chorando~

— Ei, não chore. Não precisa se desculpar, vai ficar tudo bem.

— Porque vocês fizeram isso?

— Foi uma armação. Eles estavam querendo sabotar a festa.

— Fazendo o que?

— Colocando uma bomba.

— MEU DEUS!

— Eu sei, eles são loucos. Mas graças a você, conseguimos impedir.

— E graças a mim também vocês vão dormir em uma delegacia.   ~Falei super triste~

— É só por uma noite. E a maior culpa disso foi nossa.

— Eu sinto muito por isso. Eu não queria.

— Da pra você parar e pensar no lado bom de ter feito isso?

— E tem lado bom?

— Salvou nossas peles. E as de todo mundo.

— Mesmo assim. Eu queria estar no lugar de vocês agora, pra não ver vocês dormindo nesse lugar de bandidos. Vocês são pessoas muito boas para estarem aí.

— E você também. Agora para de ser cabeça oca e vai tentar dormir.

— E vocês acham que eu vou conseguir?

— Tente. E não chore, por favor.

— Eu amo vocês!

— Também amamos você. Amanhã estaremos de volta!

— Não vejo a hora disso acontecer.

— Preciso desligar, tchau.

— Tchau.

 

*Ligação Off*

 

Até que eu não fiquei me sentindo tão mal depois do que Yoongi falou. Aqueles caras eram loucos ou o que? Colocar uma bomba em um lugar que estava lotado de gente? Tomara que morem na cadeia. Mas como a justiça de hoje em dia é uma merda, logo logo eles estão soltos de novo. Mas o que eu quero que fiquem soltos logo são os meus amigos. Mal vejo a hora de ver eles de novo.

Eu fui tomar um banho pra me livrar daquelas tintas e tudo. Demorei bastante, mas sai do banho aliviada. Vesti um pijama qualquer e desci para trancar a casa. Aproveitei para comer alguma coisa, peguei um biscoito e comi em questão de minutos. Subi pro quarto novamente e me deitei na cama. Eu não ia conseguir dormir mesmo. 


Notas Finais


DESCULPEM PELO CAPITULO CURTO!
Imaginação não colaborou muito hoje :c


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...