História BTS - Yaoi +18 - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~ThattySouza_

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Jinseok, Namjin, Vhope, Yoonjin
Exibições 434
Palavras 1.304
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


🌸LEMBRANDO QUE:

NESSA "FANFIC"
OS DOIS TERIAM A MESMA IDADE!🌸

Capítulo 2 - JiKook


Fanfic / Fanfiction BTS - Yaoi +18 - Capítulo 2 - JiKook

Jungkook*

Uma noite no jardim, olhando as estrelas brilharem, o reflexo da Lua nas águas da piscina, apenas as fracas luzes dos pequenos lampiões iluminavam o local.
O gosto do beijo doce, macio mas intenso e selvagem.
Deitados no gramado forrado com um simples lençol, aprofundando cada vez mais aquele beijo, sentindo mais e mais nossos corpos nús, colados.
Minha mão corria pela extensão de seu corpo, passeando por cada linha do mesmo, sentindo cada traço, se perdendo em cada curva.
Sua voz fraca e falha soando em meus ouvidos como música.
Estava completamente louco, perdido em seu corpo, em você.
Sua voz soou manhosa, mas sexy.

JM: - H-yung, me chupa?

Corei violentamente, não sabia muito o quê dizer, mas era aquilo que eu queria agora, meu membro pulsava por atenção.

JK: Sorri mordendo o lábio inferior e assenti confirmando; Desci sem nenhuma pressa apenas para provocar um pouco. Passei a mão levemente por cima de seu membro o apertando, fraco. Te encarava enquanto o provocava, amava te olhar quando fazia isso.

JM: Grunhi e mordi meu lábio inferior.

-Por favor Hyung...

Disse manhoso. Estava realmente implorando.

JK: Sorri e então continuei, seu jeitinho havia sido tão ... Sexy. Me abaixei e fui selando cada parte descoberta, cada curva, enquanto acariciava suas cochas.

JM: Me segurei fortemente no lençol que havia  abaixo de mim.

JK: Primeiro comecei a massagear todo seu membro, depois comecei com o passar da língua em volta o deixando molhado e fácil de manusear; fazia calmamente apenas para poder lhe dar mais prazer.

JM: Soltava alguns gemidos abafados; segurava o lençol realmente com força e apertava o mesmo por conta do prazer que sentia.

💭 Esse garoto, meu Deus ... Tão bom..💭

JK: Demorei um pouco mais nesse processo. Enquanto o massageava, comecei a fazer o mesmo em seu testículo. Fazia tudo na calma pois meu objetivo era te dar o máximo de prazer possível. Continuei por mais alguns longos minutos assim, mas logo abocanhei. Também estava excitado, meu membro pulsava rígido, chegava a doer. Comecei a chupar devagar, passando a língua em cada local alcançado.

💭 Faz tanto tempo que ... Eu queria fazer isso..💭

JM: Soltei alguns gemidos abafados, apertava o lençol cada vez mais forte de acordo com seus movimentos.

- Jungg-ah... Hm...

JK: Comecei então os movimentos de vai e vem, calmamente, e com a língua fazia voltas circulares. Queria aumentar a dose do prazer com cada detalhe, com cada movimento que eu poderia e sabia fazer.

JM: -A-ah... h-hyung...

Soltava gemidos cada vez mais altos, levei minhas mão até seus fios segurando os mesmos dando leves puxões de vez enquando.

JK: Apertei suas cochas deixando marcas, com a outra mão o massageava mais embaixo. Seus gemidos me deixavam louco, mas mesmo assim, levei meu dedo, polegar até sua boca. Continuava com os mesmos movimentos.

JM: Estava suando e já ficando ofegante, era tanto prazer se juntando.

-Jungg Oppa... C-continua...

Disse quase em um sussurro. Assim que levou seu polegar até minha boca, comecei a chupá-lo e a fazer os mesmos movimentos circulares com a língua. Sabia o quanto aquilo te excitava.

JK: Soltei seu membro por alguns segundos, levei minha mão até minha boca e molhei dois dedos com um pouco de saliva, lhe olhei mordendo o lábio inferior.

Posso ... Oppa ?

Disse com a voz provocante.

JM: -Uhum...

Assenti confirmando, seu dedo ainda permanecia em minha boca, e eu ainda continuava a chupá-lo. Parecia um pouco porno demais, mas amava isso.

JK:  Voltei ao que estava fazendo, abocanhei novamente seu membro continuando os movimentos de vai e vem, e indo com os dois dedos em sua entrada; devagar comecei a lhe penetrar com um dedo, para se acostumar. Retirei meu dedo de sua boca para que pudesse me equilibrar melhor e me ajudar com o processo.

JM: -A-ah... Hyu... Hm..

Tentava falar mas sempre acabava sento interrompido pelos gemidos, sentia as ondas de prazer por todo meu corpo.

💭 T-tão bom... Hyung, continua...Por favor.💭

JK: Sorri enquanto fazia o trabalho. Entrei com o segundo dedo e comecei os movimentos de tesoura. Queria apenas te fazer acostumar com a dor, pois logo ela partiria para o prazer.

💭 Faz tanto tempo... Que queria isso ... Tanto... Oppa...💭

JM: Não conseguia mais controlar meus gemidos, mordia meu lábio cada vez mais forte. Minhas forças do corpo estavam indo embora, o mesmo se estremecia.

JK: Continuei com todos os movimentos mas quem não estava aguentando mais era Eu; parei ajoelhado e lhe encarei meio sofrido, passei a língua por meus lábios melados.

Oppa ...

Olhei para meu membro que neste momento estava super rígido e corei, acho que pela minha carinha deve ter sacado o quê era; queria te sentir, queria me sentir, dentro de você.

JM: Assenti confirmando.

-P-por favor Hyung, eu quero mais...

Falei de um jeito manhoso e provocante, soltei o lençol e passei minha mão em seu membro.

JK: Grunhi e sorri. Subi calmamente em cima de você, comecei a beijar seu pescoço e ir descendo até seu peitoril, novamente subindo e iniciando um beijo já não muito calmo, estava excitado demais pra isso.

JM: Continuei o beijos, acariciava suas costas passando algumas vezes a mão pelo seu bumbum e o apertando.

JK: Desci minha mão por seu corpo e fui até sua perna, puxando para cima e a segurando rumo à minha cintura; me esquivei um pouco pronto para penetrar, com cuidado.

JM: - N-não tenha medo Amor, não sou nenhum brinquedo que possa se quebrar...

Mordi seu lábio inferior e o puxando devagar, não tirei os olhos de você em nenhum momento.

💭 Tão lindo...💭

JK: Sorri ainda corado; devagar me ajeitei e comecei a lhe penetrar, no começo fui devagar pois sabia como era, afinal fui passivo a maioria das vezes; comecei com os movimentos lentos e aquilo provocava tanto.

- H-huh...

Soltava alguns pequenos gemidos; aquilo era muito bom.

JM: -A-ah... Hyung...

Gemia alto, doía um pouco mas era uma dor... Gostosa (?) Não me lembrava dessa sensação a muito tempo.

JK: Coloquei meus braços apoiados no chão de forma em que ficasse melhor, de um jeito que dava para aproveitar. Aumentava a velocidade de acordo com que ia se acostumando.

JM: Continuava mordendo meu lábio tentando abafar um pouco meus gemidos que agora estavam descontrolados.

JK: Seus gemidos eram como se fosse a melhor música de se ouvir, isso era tão bom; aumentava cada vez mais, estava mais do que excitado.

💭 Esse garoto me enlouquece tanto... 💭

JM: -E-eu vou... A-ah...

Depois que havia me chupado, havia feito com que meu ápice viesse, estava chegando no meu limite, continuava apertando o lençol com cada vez mais força.

JK: Acelerei só mais um pouco pois também estava chegando no limite. Mesmo que fizesse pouco tempo que havia começado. Eu era novo em questão de ser Ativo. ( Dá um desconto, vai?)

- H-huh ... Hy...hyung...

Gemi e logo me desfiz dentro de você; parei respirei fundo e me retirei devagar, me jogando em seguida ao seu lado; estava suado e muito ofegante. Mas no fundo ainda queria mais.

JM: -A-ah.

Assim que cheguei ao meu ápice gemi alto, minha respiração estava descompassado(a) e estava suado. Me virei para te olhar, sorri.

- Pela "primeira" vez, você é tão bom nisso Amor...

Mordia o lábio.

JK: Sorri corado ao te ver daquele jeito e ao ouvir o que havia falado. Mas te admirando tanto, ficava tão lindo mesmo suado; me virei e lhe dei um selinho.

- Você faz tudo ser bom.

💭 O homem que tanto Amo . Quero passar todas as noites de minha vida assim, ao seu lado, não importa o quê seja que estejamos ou estaremos fazendo, sendo ao seu lado sei que tudo será perfeitamente, Perfeito. Eu Te Amo Demais, Park Jimin.💭


Notas Finais


CASO QUERIAM ENTRAR PARA O GRUPO JIKOOK 💙🌸

https://chat.whatsapp.com/8ORR2ArJkf837XA5XQcfuf


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...