História BTS-a escolha - Capítulo 52


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Romance, Suspense, Violencia
Exibições 94
Palavras 1.467
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie serumaninhos <3 espero que gostem
Desculpem os erros
Fle!! !♤◇■♡●◇♤♧♧《》《》《》《

Capítulo 52 - Devolta ao Brasil


--talvez eu nunca devesse existir...

Continuei arrumando minhas malas enquanto deixava lagrimas caírem ate que Julia entra no quarto...

--geh... e verdade o que a Maria disso sobre você ir embora hoje?! – diz Julia num tom de depressão

--sim... – digo...

--um cara da empresa me mandou te entregar isso... – diz me dando 2 passaportes, um meu e outro de jin...

--obrigada... e não fica assim, serão só algumas semanas... – digo a abraçando... – eu preciso respirar e pensar no que devo fazer... – digo...

--você ainda vai ser uma idol... por favor não desista de seu sonho... – diz Julia

--eu não cheguei a falar dessa parte para meu pai, mas eu não sei, terei tempo para me decidir... – falo a soltando...

--tudo bem... – diz Julia deixando uma lagrima cair – que ajuda? – pergunta Julia secando a lagrima

--sim... obrigada... – digo dando um sorriso e ela me ajudou a arrumar as coisas na mala...

--acho que acabamos... – diz Julia

--falta minhas bijuterias... – digo indo na caixinha de bijuteria...

--deixa que  eu pego... – diz Julia passando na minha frente.

Mas quando ela pegou a caixa acabou a derrubando... vários anéis, pulseiras, cordões e outras coisas estava espalhadas pelo chão...

--desculpa... – diz Julia se abaixando...

--não tem problema... – digo me agachando e a ajudando...

Mas parei ao ver o pingente de minha mãe que eu trouxe junto... e peguei o pingente e o pressionei contra o peito de olhos fechados e cabeça baixa, uma tonelada de lembranças me veio a mente, Julia viu meu estado e me abraçou... eu abri os olhos e tentei voltar a arrumar mas acabei vendo o anel que Jimim me deu... eu peguei o anel e fiquei o fitando na minha mão...

--você ainda gosta dele neh... – diz Julia me tirando de meus devaneios

--sim... mas eu não me entendo, eu estou com raiva mesmo sabendo que ele não teve culpa, mas mesmo com raiva eu não consigo o odiar de verdade, eu queria ficar com ele aqui mas eu preciso mesmo pensar, preciso resolver a bagunça que esta dentro da minha cabeça, eu não sei mas o que sinto... não sei se ainda é amor ou se é raiva... quando ele esta longe eu quero ficar perto, mas quando sei que ele ta por perto eu não consigo ficar ao lado dele, muitas coisas vem a mente e me impedem de se decidir...

--eu garanto que quando voltar deve já estar decidida, eu sei que vocês se amam...                 

--mas vamos para de falar de mim... como vai com o kook? – pergunto guardando o pingente e o anel na caixa e colocando na mala

--ele disse que... que podíamos sair mais vezes... – diz Julia corada

--só isso? – pergunto a encarando

--s-só... – diz Julia gaguejando

--da para ver que não foi só isso... – digo

--ta... nos demos um beijo... – diz Julia

--eu sabia! Heheh você não sabe mentir! – digo e ela ri

Maria entra no quarto...

--ou ouvi bem? Eu não to surda? A Julia beijou o kook! AAA! – diz Maria dando uns pulinhos

--é... – diz Julia sorrindo contente

--mas é você Maria? E aquele carinha que você estava saindo? Você ainda não nos apresentou! – digo

--é que...é... – diz Maria atrapalhada... – Quando você voltar eu te apresento ele, garanto que você vai gostar! Ele é muito simpático... É mas eu acho que vocês já conhecem... – diz Maria

--CONTA! CONTA! CONTA! AGORA! – diz Julia insistindo

--Começou agora termina! – digo

--ta... é o... – diz Maria

--O..!? – digo a incentivando...

--O hope! – diz Maria e ficamos boquiabertas

--PORQUE NÃO NOS FALOU! –diz Julia indignada

--eu achei que não era a hora certa para falar... – diz Maria

--ta... – diz Julia desanimada

--eu vou tomar banho e me arrumar... e quando eu estiver de volta quero saber parte por parte do que já aconteceu entre você e ele! – digo e Maria cora

Elas saem do quarto e eu tomo meu banho, quente e demorado... sai do banho e separei minha roupa, vesti um short jeans claro com umas correntinhas caídas na lateral, um top branco e curto com uma blusa branca fina e um pouco transparente e soltinha por cima, coloquei meus All stars vermelhos e penteei meu cabelo em uma traça com a franja caída, e fiz uma maquiagem básica mas focada na pele, por conta das olheiras já que chorei mais do que dormi, coloquei um delineador e um batom vinho e um cordão grande  e dupla caído.

Peguei minha mala e sai do quarto, levei a mala para a sala e fui para a cozinha, Maria estava fazendo um lanche ate que ouço a campainha tocar...

--eu atendo... – diz Julia

*eu já estou com trauma dessa campainha, quase nunca é coisa boa*

Por sorte era jin, ele veio para a cozinha...

--seu pai me explicou mais cedo sobre isso, e Jimim... ele veio me avisar que você iria hoje mesmo, o manager não parece nada bem... tive que me arrumar as presas – diz jin se sentando na mesa.

--eu sei... e me desculpe por te fazer se apresar...– digo voltando a comer meu lanche, Maria serviu jin, ele nunca recusa uma comida.

Não precisa se desculpar... – diz jin voltando a comer

Comemos e saímos do apartamento

*acho que mesmo sendo algumas semanas eu já estou com saudade daqui...*

Chegamos na portaria e quando saímos só prédio levamos um susto, todos estavam ali...

Os meninos ate o jack e o Jay... kook e o tae estavam a ponto de chorar...

--vamos sentir saudades... – dizem em uníssimo me abraçando

--eu também, mas logo estarei de volta... – digo e ele sorriem e me soltam

Jimim foi o único que não me abraçou... ele só me olhou... eu me aproximei dele enquanto os outro se despediam de jin...

--olha... eu não estou com raiva de você, e me desculpe por mais cedo, eu me exaltei...

--então por que vai ir?... – pergunta indignado

--eu preciso pensar um pouco, preciso ter um tempo só meu para colocar minha cabeça em ordem... – digo já me afastando sem o deixar responder...

--vamos? – diz jin apontando para o carro, eu assenti e deu um últimos abraços nas meninas e entrei no taxi...

[30 minutos depois]

Não pegamos engarrafamento então chegamos rápido no aero porto, apresentei meus passaportes e fomos para o avião, nossas mala já haviam sigo colocadas na esteira então foi tudo rápido... entramos no avião e fomos para nossos assentos...

Fiquei escutando musica enquanto jin lia um livro, ate que a musica passa para o próxima e era uma do Jimim, era um solo dele, a voz era perfeita, fez me lembrar nossos momentos juntos e tristes, lembrei da brigas e acabei deixando uma lagrima cair, mudei de musica e sequei minha lagrima...

*vai seu um voo longo, como sempre*

~~~~~~~~QUEBRA TEMPO~~~~~~~~~

Chegamos no brasil depois de longas horas, acabou que meu voo foi resumido em eu tentar ensinar jin a falar português, acabou que algumas coisas ele gravou rápido, eu ate me impressionei, mas ainda tinham alguns erros, mas para o básico de alguns dias esta tudo certo!

Pegamos nossas bagagens e saímos do aero porto, chamei um taxi e fomos para um hotel, o tempo inteiro jin reclamava do sol escaldante e eu ficava rindo do tanto de protetor que ele passava a cada minuto...

Entramos no apartamento, era no centro da cidade e não era muito longe de onde eu morava antes aqui no brasil. O apartamento era grande e com duas suítes, uma minha outra de jin, era bem espaçosa e começamos a arrumar nossas coisas...

Chegamos no brasil as 5:38 da manha do dia seguinte, mal dormimos do avião e eu não estava com tanto sono, comecei a arrumar tudo e quando acabei eram 14:38... a hora passou rápido e eu nem vi, jin tinha menos coisas então acabou mais cedo e comeu algo e dormiu, eu comi algo, umas torradas e um suco, não estava com vontade de almoçar...

Jin apareceu na cozinha quando acabei de comer, ele estava com o cabelo todo bagunçado do sono, eu me levantei e coloquei o copo na pia... mas antes de chegar na pia as minhas forças se acabaram e eu acabei deixando o copo cair...

Jin veio na minha direção ver eu me machuquei...

--geh! Você esta bem... – diz me olhando preocupado...

--eu... estou.... – digo e minha visão escurece e não lembro de mais nada, vi meu corpo cair no chão mas não senti impacto nenhum... não ouvi nada, apenas da voz de preocupação de jin vindo me socorrer...

--GEH!

 

Continua...

 

 

 


Notas Finais


Tchau <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...