História BTS: Cypher Battle - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Bts, Luta, Magia
Exibições 9
Palavras 2.088
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo-Ai, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aí vai um pouco de ação que pretendo manter ativa na Fic, pois isso é o que mais me anima a escrever. Espero que aproveitem.

PS: Todas as vezes que os garotos utilizam seus poderes, automaticamente ativam suas essências e ocorre a troca da coloração dos olhos. Nem sempre vou explicitar isso no texto, então já antecipo aqui.

Capítulo 3 - Batalha Inesperada


Fanfic / Fanfiction BTS: Cypher Battle - Capítulo 3 - Batalha Inesperada

Após cada um passar pela experiência, um a um vai se sentando em silêncio nas cadeiras ao lado onde Yoongi se encontrava dormindo na sua. Namjoon, Jimin, Hoseok e Jungkook estavam mais ofegantes e levemente suados. Jin e Taehyung estavam tranquilos. Yoongi não acordou nem com a chegada dos outros e o começo da conversa.

-Agora sinto inveja do Yoongi hyung por ter despertado sua essência somente com sua preguiça -diz Jimin levemente ofegante enquanto os outros concordam com a cabeça. Chul-Moo então chega calmamente.

-Pelo visto não foi tão fácil lidar com as emoções, meus jovens. Pois saibam que são elas que alimentam tanto nosso corpo e alma para batalha quanto para o caminho da arte que sonham em seguir ainda um dia. Mesmo que pareçam algo negativo, como o medo -Hoseok olha repentinamente para o chão com expressão de desapontado- Essas emoções nos movem.

Após alguns instantes de silêncio intenso, Jin o quebra.

-Vamos? -se levanta- Temos que ir para o dormitório. Já já os relatórios estarão lá.

    Aos poucos os outros garotos começam a se levantar.

    -Não entendam mal minha intenção. Realmente a situação exige medidas drásticas -diz o mestre quase cabisbaixo.

    -Nós entendemos, Chul-Moo-sshi. Assim como o senhor disse, vamos utilizar essas emoções para nos levar para o caminho da vitória. Não se culpe -diz Jin o reverenciando, algo que os outros em seguida fazem antes de se retirarem.

    Ao chegarem no dormitório tomam banho e pouco depois recebem os relatórios. Cada um começa a ler o seu atenciosamente. Porém antes de terminarem, batem na porta. Namjoon abre e se deparam com Chul-Moo.

    -Mestre? -diz Namjoon surpreso.

    -Aconteceu uma tragédia -entra repentinamente para ter a atenção de todos, algo que já teve após desferir somente essas três palavras.

    -O que aconteceu? -indaga Taehyung com os olhos tão abertos como se tivesse levado um susto.

    -Foram vistos dois andróides e uma pessoa desconhecida próximo da empresa televisiva onde o grupo Apink da gravadora Cube estava dando uma entrevistas. Precisamos de vocês antes do que eu pensava.

    -Nós? Irmos? Mas tão de repente? -pergunta Hoseok já angustiado.

-Ainda não se sentem preparados? -a questão de Chul-Moo os acerta com uma flecha.

-Estamos -diz Namjoon sem hesitar em um tom alto o suficiente para, de algum modo, acordar Yoongi que estava dormindo na cama.

-Que? -diz ele assustado.

-Levante, Yoongi Hyung -ao dizer isso, Jungkook não recebe um olhar amigável de Yoongi ao falar isso

-Então vamos. Juntos! -os motiva Jin, o que deixa seu mestre com uma expressão de orgulho.

-Tomem cuidado. Andróides são munidos de um armamento pesado. E a pessoa é desconhecida. Não conhecemos suas capacidades.

-Vamos logo! -Exclama Jimin sem esconder sua empolgação.

-Podem usar um veículo da empresa -explica o mestre.

-Eu dirijo -afirma Jin. Então todos saem correndo. Namjoon ia na frente.

 

Após menos de dez minutos eles chegam no local. Todos descem com uma expressão de leve medo.

-Não sabia que o Jin Hyung podia dirigir desse jeito… -fala Jungkook.

-Parecia até um player de Need For Speed! -diz Taehyung tão empolgado quanto Jimin.

-Fiquem quietos um pouco -diz Namjoon enquanto fecha os olhos- Parece que ouvi algo.

-Agora que disse, tem algo vindo em direção a porta.

Pouco milésimos de segundo depois de terminar a frase, a porta da empresa explode, algo que espanta os pedestres ao redor.

-Jungkook, evacue os civis o mais rápido que conseguir. Vamos -os guia Namjoon- Os outros comigo.

Ao chegarem próximos a porta ainda não era possível ver nada por causa da fumaça causada pela explosão.

-Estão ali! -diz Taehyung apontando na direção da esquina a direita além da fumaça.

-Como ele sente e nós não? -pensa Yoongi com a mesma expressão de sono que estava ao levantar da cama antes de irem.

Todos passam pela fumaça. Ao fazerem isso se deparam com um homem que era visivelmente um andróide. Possuía pele aparentemente sintética, olhar vazio e sem expressão alguma. Com sua vestimenta mais parecia um segurança, com roupa social preta e gravata azul escura. Então ele contorce seu pescoço levemente para o lado como se estivesse tentando identificá-los. Nesse meio tempo Jimin surge atrás dele e toca suas costas enquanto ativa sua essência, tornando seus olhos de uma cor azul céu. Porém nada ocorre, e o andróide com uma força enorme o joga longe, fazendo-o rolar pelo chão.

-JIMIN! -grita Jin enquanto corre para socorrê-lo- Namjoon então prepara um soco. E enquanto faz isso ativa sua essência. Sua aparência torna-se sombria, pois seus olhos se tornam da cor preto por completo.

-B 2 -diz ele sério em inglês. E ao acertar o andróide com uma força monstruosa, quase afunda sua mão dentro da barriga do mesmo. O andróide então é jogado a mais de 15 metros de distância. Todos ficam boquiabertos.

-Nan… Namjoon… -gagueja Hoseok.

-Não percamos tempo, acho que ele ainda não está derrotad-

Quase terminando a frase vê o andróide se levanta lentamente.

-Se preparem -diz o líder.

-Eu o imobilizo. Mais um golpe desse acho que é o suficiente -afirma Yoongi.

-E-eu… -diz Hoseok paralisado pelo medo enquanto chega Jungkook e nota.

-Hobi Hyung. Tá tudo bem? -Hoseok não responde.

O andróide então tira uma pistola de seu paletó e dispara cinco tiros contra os rapazes. Porém, ao ativar sua essência e surgir a mudança em seus olhos, Yoongi levanta sua mão fazendo o sinal de “pare”. Ao fazê-lo, as balas param no ar quase ao atingirem eles. E ao desativar sua essência as balas caem no chão. O andróide então guarda a pistola e corre em direção a Namjoon, que já ativa sua essência novamente.

-Namjoon. Use o mesmo golpe novamente -pede Hoseok enquanto anda em sua direção com uma expressão séria dessa vez, então toca no ombro de Namjoon e ativa sua essência. Seus olhos tornam-se da cor verde escuro- Força! -Uma onda de energia se dirige a Namjoon.

-Olhe pra frente, Hyung -diz Taehyung calmamente para Namjoon, pois o andróide estava quase em cima dele já com um golpe preparado em sua mão.

-B 2! -Diz ao colidir um soco com o andróide. De tão forte que é seu golpe, o braço do andróide se despedaça inteiro e ele é jogado novamente para longe -Nossa… Quase triplicou a força.

-Esse é o poder da minha essência. Utilizar bênçãos de energia que intensificam as capacidades de vocês.

-Impressionante, Hobi Hyung! -exclama Taehyung com os olhos brilhando.

-Legal, mas e o outro andróide e o cara que saíram correndo? -diz Yoongi calmamente.

-Eles estão pouco depois da esquina, não parecem estar preocupados -diz Taehyung.

-Mas vai ser difícil alcançá-los -supõe Jungkook.

-Posso ajudar com isso também -afirma Hoseok ativando sua essência- Velocidade! Toca um a um os membros. A cada um que tocava, tornava-se visivelmente mais cansado. Ao utilizar por último em Jungkook desativa sua essência.

-Fique aqui com Jin e Jimin. Nós vamos dar um jeito nisso -o tranquiliza Namjoon.

-Muito obrigado, Hobi hyung -diz Jungkook, conseguindo tirar um sorriso clássico e belíssimo do rosto de Hoseok.

-Vamos! -diz Taehyung sem tirar os olhos de Hoseok- Fique bem, Hobi hyung.

    Com uma velocidade assustadora rapidamente chegam até os dois, porém o efeito se desfaz. O andróide que acompanhava a pessoa era bem mais alto e robusto. A pessoa em si vestia um sobretudo preto e  era magra, baixa e com longos e ondulados cabelos castanhos escuro. Ao notar a chegada deles, a pessoa se vira junto com o andróide. Ela possuía uma máscara de ferro que cobria todo seu rosto.

    -Acabe com eles, já -diz a pessoa com uma doce. Era sem dúvidas uma mulher- Eu já vou -ao se virar de costas novamente, numa velocidade muito mais rápida comparada a deles quando sob os efeitos da bênção de Hoseok, Jungkook com os olhos de coloração vermelha viva, a impede de passar. O andróide então olha para ela -Cuide dos outros três, eu me livro desse fedelho- Ele então corre contra os três, que se preparam.

    Ao chegar na frente deles Yoongi ativa sua essência. E se esforçando muito, logra levantar o Andróide alguns centímetros do chão, incapacitando-o de se mover.

    -Agora! -exclama Yoongi soando. Namjoon ativa sua essência e corre contra o andróide. Este que dobrando a ponta de seu dedo indicador direito, dispara um pequeno míssil contra eles. Porém no meio do percurso o míssil simplesmente é jogado para longe da rua, explodindo longe. O tamanho da sua explosão não era proprocional ao seu tamanho, algo que espanta todos. Taehyung então se mostra visível ainda na posição que golpeou o míssil.

    -Legal, né? Posso ficar invisível! -diz ele sorrindo como se não estivesse no meio de uma luta. Porém isso não desconcentra Namjoon.

    -B 3! -desta vez canalizando ainda mais energia difere um golpe na cabeça do andróide, jogando sua cabeça longe. Yoongi desativa sua essência, o que faz o andróide cair no chão emitindo um alto som de ferro sendo jogado. Namjoon lentamente cai de joelhos.

    -Namjoon Hyung! -exclama Taehyung indo ajudar seu líder.

    -A batalha ainda não acabou -diz ele olhando para as costas da rival em frente a Jungkook.

    Taehyung então ativa sua essência. Seus olhos ficam da cor verde claro e bem intensos. Logo ele se desvanece tornando-se totalmente invisível. Yoongi se aproxima da mulher pelas costas, essa que percebe.

    -Novatos como vocês não podem fazer nada contra mim… -com uma agilidade quase imperceptível, a mulher se vira para trás e acerta o pescoço de Yoongi com as pontas de suas longas unhas cortadas em Stiletto. Yoongi então se afasta- Tarde demais -Yoongi começa a ficar ofegante, quase sem respiração.

    -Yoongi Hyung! Grita Jungkook ao ver Yoongi caindo no chão com as mãos na garganta. Porém ao ver Jin, Jimin e Hoseok chegam e o socorrem se acalma. Jimin não possuía nenhum ferimento.

    -Não tenho tempo pra isso… -corre contra Jungkook, que se assusta. Mas ela freia de repente, e com o movimento brusco deixa sua máscara cair. Porém se mantém com a cabeça baixa e os cabelos jogados sobre o rosto. Taehyung então surge visível a segurando por trás. A mulher então levanta sua cabeça, mostrando seu rosto para Jungkook, que fica chocado e imóvel.

    -IU? -diz ele extremamente assustado, pois era IU (Lee Ji-eun): famosa atriz e K-Idol solo da gravadora Loen Intertainment, aliada da Revolution.

-Você a conhece? -Pergunta Taehyung, que em um leve momento solta um pouco a força com a qual mantinha ela presa. Ela então se solta e a novamente com uma agilidade assombrosa se acerca de Jungkook, tocando em seu rosto -Sou mais linda pessoalmente?

Nenhuma palavra sai da boca de Jungkook, que ainda estava aberta. IU então desfere um corte com a unha de seu dedo indicador no rosto de Jungkook. Este que cai do mesmo jeito que caiu Yoongi. Antes de sair correndo, IU sente uma mão encostando em seu pescoço. Ao olhar para trás nota Jimin, que apertava seu pescoço como se quisesse estrangulá-la.

-Acabou, sua maldita -diz ele com uma expressão de fúria com sua essência ativa e olhos azulados.

-Não.. a machuque… -sussurra Jungkook quase sem ar. Jin, Yoongi misteriosamente recuperado e Hoseok surgem atrás de Jimin.

-Faça o que Jungkook pediu, Jimin -diz calmamente Jin.

-Não… Não vou fazer nada -solta o pescoço de IU, que já estava indo da cor vermelha a roxa.

-Mas não a solte! -grita Hoseok assustado.

-Não se preocupe, ela está sob efeitos da minha essência. Agora eu comando seu corpo -IU mesmo com uma expressão de raiva se vira pra ele.

-O que você fez, seu maldito? -resmunga ela enquanto Jin se dirige até Jungkook.

Ao agachar-se ao lado do Maknae, Jin ativa sua essência. Seus olhos tornam-se da cor rosa, então ele coloca sua mão direita sobre o ferimento do mesmo. Em poucos segundos a ferida se fecha e a respiração dele volta ao normal. Então sua essência se desativa.

-Essa é tua essência, Jin hyung?

-Sim -sorri suavemente- Posso curar feridas ao toque. Agora se levante, vamos nos juntar aos outros -enquanto iam até os outros, Namjoon também surge devagar e se junta.

-Uma traidora… -diz Yoongi com expressão de reprovação.

-Acham mesmo que vai ficar assim? -exclama IU revoltada.

-E o que fazemos? -pergunta Taehyung com cara de perdido.

-Vamos levá-la para o mestre -afirma Namjoon.

-Vão na frente, eu vou verificar se alguém ficou ferido durante a invasão. Em alguns minutos estou lá -diz Jin.

-Ainda tem algo de energia? -indaga Namjoon.

-Fique tranquilo, podem ir -conclui Jin. Eles então vão, e Jin se dirige até a empresa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...