História BTS Imagine - Jungkook - Amor Concreto - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Jungkook
Exibições 589
Palavras 821
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Ódio


Fanfic / Fanfiction BTS Imagine - Jungkook - Amor Concreto - Capítulo 12 - Ódio

Anteriormente em Amor Concreto

 

O V me puxou pra dentro do quarto e trancou a porta.

 

Eu: ABRE!

V: Espera..

 

Jin: ABRE ESSA PORRA TAEHYUNG!

Suga: ABRE!! SE NÃO ABRIR VOU ARRANCAR SEUS OLHOS!!

 

V: COMO VAI FAZER ISSO COM A PORTA FECHADA?

Eu: Abre, eles vão te matar.

V: Não, quem vai me matar é você.

Eu: An?

 

 Ele se aproximou de mim e me beijou, os meninos quebraram a porta.

 

Suga: Não acredito nisso.

Jimin: É o golpe da naja.

 

 Os meninos puxou ele.

 

Jin: Vai ficar com a marca da panela no meio da face!

 

Suga: Não acredito, nem esperava que fosse assim.

Eu: Ele quem me beijou!

Suga: E você deixou!

Eu: Não deixei nada!

Suga: Espero nunca mais te ver.

 

Ele e os meninos foram embora.

-------...-----------...----------...-----------...----------...----------...------

 

Eu ouvi a porta da saída bater, eles realmente tinham ido embora, tomei meu café, e saí, fui pra Big Hit, assim que entrei o Manager pediu para mim ir maquiar os meninos, eles tinham um comercial para fazer. Fui até a sala onde os mesmos estavam, eles ficaram me olhando e me fuzilando, menos o J-Hope.

 

Jungkook: Acho que vou pedir para o Manager contratar outra pessoa e demitir essa.

Suga: Também acho melhor.

Jungkook: Tu cala a boca Suga, vou pedir para o Manager o facão dele..

Suga: Então vai lá.

Jin: E eu vou quebrar a porra desse espelho, com o caco vou cortar o bigulinho de vocês.

Jungkook e Suga: Isso não.

Jin: Então calem a boca.

V: Nossa.. acho que vou ir embora.

Jin: Quer ir embora Taehyung? Tem uma faca na minha bolsa esperando por você.

V: Nossa, nem queria ir embora.

Eu: J-Hope, posso te maquiar?

J-Hope: Claro.

 

 Deitei a cadeira, ele se sentou e comecei a maquiar ele, assim que terminei fui para o Rap Monster, terminei de maquiar ele, agora seria uma escolha difícil, os meninos estavam tudo me olhando, eu podia ver eles me desejando a morte.

 

Eu: V.. agora é você.

 

 Maquiei ele.

 

Eu: Suga?

Suga: Quê?

Eu: Vou te maquiar tá?

Suga: Precisa pedir? Não é essa sua função? Porque está pedindo?

Eu: Pedi para você poder se tocar que é pra sentar na porra da cadeira e deitar a cabeça.

 

 Ele se sentou na cadeira e deitou a cabeça, enquanto eu maquiava ele os meninos ficavam me alfinetando.

 

Jungkook: Aposto que na ordem que ela está maquiando é a ordem dos que ela já pegou.

Jin: Do jeito que ela é não duvido nada.

Eu: QUEREM CALAR A BOCA?

Suga: Porque você não cala a sua?

Eu: E por que você se meteu onde não foi chamado?

Jin: Eu chamei ele!

Eu: E eu te perguntei?

J-Hope: Tá caraio, pensei que só o Jungkook estava pistola hoje.

Jin: Quer levar os tiro da pistola também J-Hope?

J-Hope: Não.. nem queria mesmo, só estava brincando sabe? Hoje em dia nem pode brincar mais.

Jin: Lógico, você só brinca nas horas erradas.

 

 Terminei de maquiar o Suga, fui pro Jin e depois pro Jungkook.

 

Eu: Cadê o Jimin?

Suga: Vê se ele não está no seu quarto, aposto que a transa foi boa ontem.

Eu: E esse pincel no seu olho vai ser melhor ainda.

Jungkook: Me maquia logo! Não quero suas mãos podres em mim.

Eu: Então faça sozinho.

Jimin: Cheguei gente!

Jin: Estava onde?

Suga: Não falei que ele estava na casa da S/N?

Jimin: Eu estava no banheiro.

Jungkook: Com a S/N?

Jimin: Não!

Eu: Você me respeita Jungkook!

 

 Terminei de maquiar ele.

 

Eu: Jimin sente-se aqui.

Jimin: Pra já... minha dama.

Todos: Sua o caralho!

Jimin: Nossa gente..

 

 Ele se sentou, comecei a  maquiar ele, do nada ele segurou meu braço.

 

Jimin: Nossa, você está tão bonita.

Eu: Obrigada.

Jimin: Seus olhos estão tão bonitos..

Eu: Ah.. valeu.

Jimin: AAh, lógico né? Porque eu consigo me ver nos seus olhos.

Eu: Idiota.

Jungkook: Ela nunca foi.

Suga: O Jimin também não.

Jimin: Estou brincando S/N, você é linda sim.. Tão linda que não consigo me segurar.

 

 Ele me beijou.

 

Jin: Ô CARALHO!

Suga: Piranha boa é piranha morta.

Jungkook: Concordo Suga.

Eu: Me larga Jimin! Olha sua boca como ficou, não acredito, todo tempo foi desperdiçado.

Jimin: Borrou?

Eu: Lógico né!

Jimin: Eu arrumo.

 

 Ele se virou para o espelho e concertou.

 

Eu: Aah! Agora sim.

 

 Assim que terminei de maquiar ele o Jungkook começou a chorar.

 

Suga: Que foi Jungkook?

Jungkook: Não consigo olhar pra ela mais, é tanta feiura que meus olhos ardem.

Eu: É né? Não foi oque disse quando eu cheguei aqui.

 

 Ele saiu correndo.

 

Suga: Agora você vai ter que fazer ele parar de chorar!

Eu: Não.

Jin: Ele vai borrar a maquiagem toda! Temos um comercial pra fazer daqui a alguns minutos!

Eu: Eita porra é mesmo.

Jin: Bicha burra, sá ridícula.

 

 Sai correndo atrás do Jungkook, ele estava do lado de uma máquina de doces chorando agachado.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...