História BTS Imagine - Kim Taehyung - Muito além do limite - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys, Exo, Got7, Kim Taehyung
Exibições 1.726
Palavras 809
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Comédia, Escolar, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


O Ensino Médio não será fácil pra (S/N), mas ela não vai deixar ninguém passar por cima dela, muito menos Kim Taehyung, veja oque acontecerá nesse capítulo.

Capítulo 13 - Cachorra de estimação


Fanfic / Fanfiction BTS Imagine - Kim Taehyung - Muito além do limite - Capítulo 13 - Cachorra de estimação

No Capítulo anterior

Ele se aproximou de mim e apertou minhas bochechas.

 

Tae: Eu faço o que eu quiser.

Eu: Desde quando? Não sabe nem andar por conta própria e já quer sair do berço.

Tae: Calada. – Ele me deu um peteleco na testa.

 

 Bati na mão dele e ele se retirou.

 

Tae: Não brinco com crianças.

Eu: Uiui.

Jin: Parece que ele arranjou um novo brinquedo.

Eu: Tá falando de mim?

Jin: Sim – Ele riu.

Eu: Não sou um brinquedo!

Jin: Pra ele você é. Eu conheço o Taehyung e sei quando ele quer brincar.

Eu: Que tipo de brincadeira você está falando?

Jin: Descubra por si só.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

 

 Comecei a untar a forma, ouvi minha vó descendo.

 

Vó: (S/N)!!! UQUIÉ ISSU AQUI?!

 

  Ela veio até a cozinha.

Vó: Eita.. Quem é esse aí?

 

 O Jin se curvou à ela.

 

Eu: O Nome dele é.. é..

Jin: Jin!

Eu: Isso! Jin.

Vó: É seu namorado é?

Eu: NÃO VÓ!

Jin: Não.. haha!

 Vó: ENTÃO VÃO TOMAR NO CÚ!

 

 Ela saiu desentalando a calcinha da bunda.

 

Vó: NADA DE BAGUNÇA EIN!

 

 Ouvi ela subindo.

 

Jin: Que vó é essa?

Eu: Esquece ela, vamos terminar de fazer o bolo.

 

 Terminei de untar a forma, o forno já estava ligado.

 

Jin: Pega a espátula pra mim.

Eu: Tá.

 

 Peguei a espátula, o Jungkook se aproximou de nós.

 

Jungkook: É bolo de quê?

Jin: De chocolate.

Jungkook: Posso passar o dedo?

Jin: Lava a mão.

 

 Ele caminhou até a pia e lavou os dedos.

 

Jin: Eu disse a mão!

 

 Ele voltou até a pia e lavou a mão. O Jin bateu a espátula na cabeça dele.

 

Jungkook: AI!

Jin: Já viu lavar a mão sem sabão?

Jungkook: Eu esqueci.

Jin: Pode ir lavar essa mão direito.

 

 Comecei a rir dos dois.

 

Jungkook: Pronto.

Jin: Deixa eu ver.

 

 O Jungkook estendeu as mãos.

 

Jin: Pode pegar.. mais só um pouco.

 

 O Jungkook passou o dedo na massa do bolo.

 

Jungkook: Quer um pouco (S/N)?

Eu: Quero.

 

 Ele caminhou até à mim.

 

Jungkook: Abre a boca.

 

Eu abri, ele tacou farinha na minha boca.

 

Eu: Filha da puta!

 

 Ele começou a correr,  fui atrás, ele rodou os meninos todos, quando eu estava chegando perto dele o Taehyung me parou.

 

Tae: Pode parar.

Eu: Sai!

Tae: Não é pra você brincar com ele!

Eu: Não to brincando.

Tae: Nem é pra chegar perto dele!

Eu: Af.

 

 Empurrei ele e fui até o Jungkook, mas o Taehyung me puxou pelo braço, tentei me soltar mas não rolou. Ele foi mais forte.

 

Tae: Eu to falando sério!

Eu: Tá com ciúmes?

Tae: TÔ!

 

 Ele me puxou, me levando pra fora de casa, ele me soltou.

 

Tae: Se eu ver você indo atrás dele de novo você vai se ver comigo.

Eu: Aiai.. até parece! Quem é você pra mandar em mim?

Tae: Não interessa! Eu to falando sério.

 

 Dei um passo pra trás pra ir embora, ele me puxou pelo braço novamente, só que mais forte.

 

Eu: ME SOLTA! NÃO TEM GRAÇA ISSO QUE VOCÊ TÁ FAZENDO.

Tae: Acha que eu sou palhaço? Não to fazendo por graça! Eu estou falando sério.

Eu: Tá, eu já entendi.

Tae: Espero que sim.

 

 Voltei pra dentro, e fui até a cozinha, o Jungkook estava lá com o Jin.

 

Jin: Ele ficou com ciúmes?

Eu: Ficou! Ele é um idiota.

Jungkook: Nem vou mexer mais, sei como ele é.

Eu: Ele não vai fazer nada! Se vocês acham que ele é ruim e porque não me conheceram ainda.

Jungkook: Nem brinca com isso. O Taehyung é o pior ser humano já existente no planeta.

Eu: Vamos ver quem ele é perto de mim então.

Jin: Falando nele.

 

 O Taehyung estava atrás de mim. Caminhei até o Jungkook.

 

Eu: Vamos ver se ele é tudo isso então.

 

 Beijei o Jungkook, ele ficou parado, senti alguém me puxar.. Certeza que era o Taehyung.

 

Eu: Que foi?

Tae: Vem comigo agora!

Eu: Não.

 

 Ele me puxou, me levou pra fora novamente, só que dessa vez ele me soltou na rua.

 

Tae: Acha isso divertido né?

Eu: O quê? – Cruzei os braços.

Tae: Ficar beijando os outros só pra ver até onde eu sou capaz.

Eu: Você não beijou aquela vaca mestre? Porque tá com ciúmes? Eu não sou nada sua.

Tae: Ah não?!

Eu: Não.

 

 Ele olhou pros lados e passou a mão na cabeça.

 

Tae: Vai se arrepender.

Eu: Já tô arrependida desde o dia em que te conheci.

 

 Ele entrou, não demorou muito e voltou.

 

Tae: Vamos ver se você não é minha agora.

 

 Foi tudo muito rápido, ele avançou em mim. Eu fechei os olhos, achei que ele ia me bater.

 

Tae: Só poderá tirar quando cumprir seus deveres.

Eu: Quê?!

 

 Senti alguma coisa no meu pescoço, quando eu passei a mão.. Ele tinha me botado uma coleira de cachorro.


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Desculpem quais quer erro.

Veja a fanfic do Jimin > https://spiritfanfics.com/historia/bts-imagine--jimin--dependent-love-6469020/capitulo1


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...