História BTS Imagine - Kim Taehyung - Muito além do limite - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys, Exo, Got7, Kim Taehyung
Exibições 1.938
Palavras 759
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Comédia, Escolar, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


O Ensino Médio não será fácil pra (S/N), mas ela não vai deixar ninguém passar por cima dela, muito menos Kim Taehyung, veja oque acontecerá nesse capítulo.

Capítulo 9 - Tretas


Fanfic / Fanfiction BTS Imagine - Kim Taehyung - Muito além do limite - Capítulo 9 - Tretas

No Capítulo anterior

Entramos e fomos pra sala, assim que chegamos eu vi o Tae, conversando com outra menina, ele pegou o pirulito da boca dele e colocou na boca dela, ele começou a esfregar o pirulito na língua dela. Não era uma sena bonita de se ver.

 Entrei, dei minha mochila pro Junior e fui até a mesa em que o Tae estava, ele olhou pra mim, eu peguei o pirulito e quebrei na cabeça dele.

 

Tae: AU! TÁ FICANDO LOUCA?!

Eu: Louca eu sempre fui.

 

 Peguei o caderno da menina e dei na cara dele, ficou a marca do arame nas bochechas dele.

 

Eu: Da próxima vez, ouse ser homem pra apanhar.

 

 Sai desfilando e me sentei no meu lugar.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

 

 O Tae ficou caladinho, não fez nada, apenas voltou a ficar tirando as paciência da menina.

 

Junior: Alguém vem comigo? Eu vou ir comprar alguma bebida.

Eu: Eu vou!

Kwan: Eu também.

KD: Compra pra mim

Kaio: Pra mim também.

 

 Fomos nós três, assim que eu ia sair da sala olhei pro Tae, ele estava me olhando e fazendo cara feia, mostrei a língua pra ele e saí da sala, fomos para o final do corredor comprar bebidas.

 

 Junior: Tenho 5 reais no meu bolso, alguém pode juntar?

Eu: Tenho 20 reais.

Kwan: Tenho 50 centavos.

Junior: Não tem trocado?

Eu: Não.

Junior: Não dá pra comprar bebida pra nós cinco.

Eu: Vou ver se eles tem trocado, já volto.

Junior: Vai lá.

 

 Voltei pra sala, os meninos não estavam lá. Decidi pedir pro Tae mesmo. Fui até a mesa que ele estava, assim que eu me aproximei ele beijou a menina.

A sala toda gritou, eu fiquei apenas vendo aquela sena.

 

Eu: Já acabaram? – Cruzei os braços.

 

 Ele me ignorou e passou a mão no peito dela, ela estava deixando.

 

Eu: Nem sei por que perdi meu tempo.

 

 Quando dei um passo pra trás ele respondeu.

 

Tae: Pode falar, já acabamos.

Eu: Já?

 

 Cheguei perto da mesa e puxei o cabelo dele, minha boca e a dele estavam bem próximas.

 

Eu: Da próxima vez, vá para um motel. Ah, esqueci.. Cachorros transam na rua mesmo.

 

 Larguei o cabelo dele me afastei, assim que me afastei acabei esbarrando.

 

Eu: Foi mal.

 

 Quando e olhei era o Dong.

 

Eu: Eu estava te procurando.. Tem dinheiro trocado pra me dar?

Dong: Quanto precisa?

Eu: Cinco.

Dong: Toma.

 

 Ele me deu o dinheiro e eu fui comprar a bebida, os meninos estavam me esperando.

 

Junior: Trouxe?

Eu: Aham.. Toma.

 

 Dei pra ele, alguém me cutucou, era a menina que o Tae beijou.

 

xxx: Quem você pensa que é?

Eu: Chegou o pau mandado.

Xxx: PAU OQUÊ?!

Eu: Isso mesmo que você ouviu. Pau mandado!

Xxx: Sua vadia do inferno.

Eu: Vadia do inferno? Pensei que esse era seu nome.

Xxx: Você se acha toda, toda, nem aguenta comigo! Sua piranha.

Eu: Minha vadiazinha.. Tá se achando só porque um cachorro lambeu sua cara.

Xxx: Quem você tá chamando de vadia? E quem tá chamando de cachorro?

Eu: Eu acho que eu não deveria te chamar de vadia, nem o Tae de cachorro.

Xxx: Acho bom mesmo.

Eu: Eu deveria chama-los de cabelos do cú, sabe aqueles cabelos encravados? É vocês dois.

Xxx: Olha aqui sua..

 

 Ela levantou a mão, mas Junior pegou a mão dela.

 

Junior: Tá pensando que vai bater em quem?

Xxx: Me solta!

Junior: Não vai achando que é mulher que eu não vou te bater.

Eu: Solta ela Junior, eu resolvo com ela.

 

 Ele soltou ela e ela veio com tudo pra me bater, eu só fui pro lado e estiquei o pé, ela caiu no chão.

 

Eu: Lambe ali ó! Tá sujo. – Apontei pro chão.

Eu: Vamos galeroo!

 

 Puxei Junior e Kwan, fomos pra sala.

 

Tae: Achou que eu iria aceitar calado?

Eu: Na verdade eu pensei que você iria correr puxando ela, já que é oque sempre faz. Só sabe fugir.

Tae: Eu deveria ligar pra sua vó? Pra ela vir te bater?

Eu: Liga pra sua mãe, pede pra ela a casinha de cachorro já que na casa dela você não pode ficar.

 

Sala: WOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOW!

 

 Ele me puxou, dessa vez nos beijamos, mas eu não iria simplesmente aceitar, eu abracei ele, ele me abraçou, e puxei a cueca dele.

 

Tae: SOLTA! SOLTA! TA DOENDO!

Eu: Tá doendo tá?

Tae: TÀ! SOLTA!

Eu: Quando forem transar vai ficar mais fácil pra ela.

 

 Puxei a cueca dele tão forte que ela chegou à rasgar.

 

Tae: VOCÊ ME PAGA!

Eu: Não to te devendo nada.


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Desculpem quais quer erro.

Veja a fanfic do Jimin > https://spiritfanfics.com/historia/bts-imagine--jimin--dependent-love-6469020/capitulo1


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...