História BTS Next Door - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 56
Palavras 1.190
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii gente.
E tarde mas eu to aqui ^^

Capítulo 24 - Capitulo 24


- Parabéns Yoongi, você desmaiou a garota! –  Hiu resmungou segurando o riso enquanto olhava a amiga jogada na cama.

Os meninos já tinham ido embora, mas antes Yoongi fez o favor de contribuir para o desmaio de Miu que quase teve um infarto quanto Suga se aproximou sorrindo maldoso, era claro que ele estava zoando com ela... Mas o bias supremo dela estava bem na frente dela, Hiu compreendia, não foi muito diferente com ela.

Sentou-se na cama olhando os Posters deles que ocupava as paredes do quarto.

- E difícil acreditar que isso e real... Ainda acho que eu bati a cabeça na privada! – Resmungou suspirando.

Ela continuou a fitar o quarto por falta de coisas mais interessantes para fazer, pensou em voltar a dormir, mas sabia que não iria conseguir, pensou também em ir a casa ao lado, mas Namjoon estava la e ela estava nervosa com isso e também não seria bom Mil acordar e ela não estar ali, e por fim decidiu descer para comer algo.

Tamanha preguiça dela que desceu a escada praticamente jogada no corrimão, mas ela chegou a cozinha com seu celular apitando uma mensagem.

Namjoon: Você pode me responder uma coisa?

A garota arqueou a sobrancelha sentindo o coração acelerar algumas batidas.

Ela posicionou os dedos trêmulos sobre a tela do celular respirando pesado.

- Vamos e so escrever sim... – Murmurou fitando a foto de perfil bonita do garoto. Demorou alguns minutos, mas ela respondeu um “Sim!” com os dedos trêmulos e voltou a andar tentando se acalmar... Ou acalmar seu coração, ela não sabia.

Não demorou nem um minuto para ela receber outra mensagem fazendo o celular vibrar em cima do balcão onde ela derrubou leite.

Namjoon: Porque eu não consigo parar de pensar em você?

Um grito do andar de cima veio logo após o barulho do copo de vidro indo contra o chão.

- PORRA HIU VAI QUEBRAR A CASA AGORA? – Ela pode ouvir os passos da amiga na escada... Mas não estava realmente ali, ela so sabia se perguntar o porquê suas pernas ameaçavam faze-la cair, ou porque seu coração queria explodir enquanto suas mãos simulavam mal de Parkinson. – Oque você esta...

Mil olhou a amiga achando estranho a garota não tirar os olhos do celular enquanto o leita sujava mais o chão e seu pe sangrava por um pequeno corte na lateral dele. Ela andou ate a amiga.

- Hey... Que foi? Parece que viu um fantasma? Afinal oque aconteceu comigo? Hey Hiu... HIU PORRA! – A menina soltou um pulo olhando a amiga antes de largar o celular no balcão e ir para a sala, Miu a acompanhou ate a porta da cozinha onde ela viu a garota se jogar no sofá e gritar contra o travesseiro.

- Garota louca! – Resmungou.

A mais velha, alguns meses, decidiu limpar a cozinha já que a amiga parecia em estado de panico se debatendo no sofá, e quando terminou esse trabalho não pode conter a curiosidade de olhar o celular desbloqueado em cima da mesa.

Ela alcançou o celular secando a outra mão com o pano de prato que achou por ali. A menina arqueou a sobrancelha quando viu o nome do dono da mensagem e um sorriso brotou em seus lábios depois da expressão de surpresa ao ler a mensagem... E e claro como uma boa amiga ela vasculhou as mensagens anteriores que não tinha nada demais mas ela podia ver a frequência com que o garoto as mandava.

Ela seguiu em direção a sala sorrindo e com o aparelho na mão.

- Quando ia me contar que esta traçando Kim Namjoon? – Hiu soltou um grito engasgado caindo do sofá tirando risadas altas da amiga.

- Vo-você... – A menos levantou indo ate a amiga para recuperar o celular que voltou facilmente as suas mãos. – E-eu... Não estou traçando ele...

- Claro que não, e porque ele esta traçando você. – Hiu adquiriu uns três tons a mais de vermelho antes de voltar a enfiar a cara no travesseiro.

- Nos não temos nada... – Resmungou abafado pelo tecido do travesseiro.

- Olha não e oque essa mensagem diz Hiu, ele esta claramente dizendo que gosta de você.

- E porque ele gosta! – A menina resmungou de maneira tímida tirando um grito da mais velha.

- Me conta isso direito garota.

- Ele se declarou para mim... Ontem. – Mil fechou os olhos guardando um grito na gargante, mas se permitiu dar uns pulinhos desequilibrados.

- Eu... Não estou acreditando... E oque você disse?

- Que não tinha certeza se gostava dele... – A menina se encolheu sabendo que a amiga iria brigar consigo.

- Pera... Kim Namjoon se declarou para você e... Você não tem certeza se gosta dele? – A outra assentiu sem olhá-la. – Hiu... Eu quero te matar...

A menina ficou calada respirando pesado contra o travesseiro com o coração ainda nervoso.

- Mas... – Resmungou chamando a atenção da loira. – Ele disse que...

Mil pausou pela demora.

- Disse oque menina?

- Me fara gostar dele assim como ele gosta de mim e que... Ele sera único para mim assim como eu sou para ele. – Miu não soube como reagir. Ela se sentiu em um dorama onde ela era amiga da protagonista lerda que enrolava o mocinho gostosão... E por fim decidiu fazer oque toda amiga de protagonista faria.

Hiu nem mesmo viu quando a loiro pegou seu celular novamente.

Eu: E melhor você prestar muita atenção nisso... Ela não dira de novo.

Ela apertou o botão enviar quando sorriu ladina.

- Mas... Oque você sente sobre ele? – Perguntou se sentando ao lado da amiga no sofá. A menina fungou afastando o rosto um pouco da superfície macia e fofa.

- Meu coração quer explodir agora... E eu posso jurar que tenho Parkinson toda vez que ele me manda mensagem desdo dia em que ele me beijou. – Hiu se segurou para não questionar sobre o beijo. – Eu tenho vontade de abraçá-lo e... Eu amo o cheiro dele. E mesmo que ele seja um pouco bruto eu acho fofo como ele trata os amigos... E quando ele me abraçou ontem... Eu queria morrer ali mesmo achando que nada era verdade...

Namjoon já estava cansado de esperar a resposta quando seu celular apitou.

Hiunnie: E melhor você prestar muita atenção nisso... Ela não dirá de novo.

O garoto arqueou a sobrancelha ignorando um Yoongi que tinha entrado em seu quarto com um saco de batatas palha. Não demorou a chegar o áudio.

-... E quando ele me abraçou ontem... Eu queria morrer ali mesmo achando que nada era verdade... Eu achei que se morresse ali, se meu coração parasse, eu morreria feliz. Eu ainda não consigo acreditar que seja verdade Mil... Ele e tão ele e eu sou so eu. Eu so queria conseguir acreditar nisso tudo. – Ele suspirou ouvindo uma pausa do áudio que Yoongi também prestava atenção com um sorriso no rosto.

- E depois disso tudo... Você ainda duvida que gosta dele Hiu? – Namjoon não reconheceu a voz da outra garota... Mas nada disso importou quando depois de dois minutos a menor suspirou alto e pesado.

- E-eu... Realmente gosto dele!


Notas Finais


Gente e bem provavel que so tenha ate o capitulo 30 ou seja ^^ estamos no fim ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...