História BTS Scenarios - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Imagines, Reações, Romance
Exibições 23
Palavras 683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Namorada estar sendo assediada pelo ex Jungkook, Jin e Suga


Jungkook : Ele estaria andando de volta para o lugar que ele deixou você, com duas bebidas em suas mãos, só para ver o seu ex tentando ficar com você. Eu acho que sua primeira reação seria congelar no local,  a respiração dele ficaria pesada com ciúme, mas no segundo que viu a sua expressão aterrorizada, raiva e preocupação consumiria ele. Ele iria entregar as bebidas até Jimin, e ele iria correr, colocando a mão sobre o ombro do rapaz, transformando-o longe de você.

"Y / N acho que é hora de ir para casa" Ele dizia, mas seus olhos estariam fixos em seu ex, de forma ameaçadora. Você corria a seu lado em um segundo, evitando qualquer contato visual com seu ex,  Jungkook agarrou sua mão, e puxou para longe.

Eu não acho que ele faria uma cena, e você ficaria grata por isso, mas seu ex iria querer ficar longe de lá o mais rápido que podia.

Jin : Eu acho que Jin seria o mais civilizado, pessoa muito amável para apenas socar o cara, mesmo se o animal com raiva dentro dele pediu-lhe para. No momento em que o vi, caminhando em direção a ele, com o seu ex em seus calcanhares, e um apelo em seus olhos, ele sentiu seu interior agitar. Ele levou um par de passos em sua direção, uma expressão séria estampado em seu rosto, enquanto ele olhava para seu ex. Você envolveu seus braços ao redor de  cintura de Jin, e afundou seu rosto em seu peito.

"Ele não vai me deixar em paz" Você disse a ele, a voz trêmula. Você sentiu seu peito subir com um suspiro irritado.

"Você é surdo? Caso contrário, eu não entendo como você não entendeu MINHA AMIGA quando ela lhe pediu para deixá-la sozinha. ", Disse Jin, na voz dura que você nunca tinha ouvido ele falar. Causou arrepios na espinha. Seu ex zombou. "Seus pais não lhe ensinar boas maneiras? A senhora lhe pediu para sair. Não vou pedir novamente. Da próxima vez você vai se arrepender, então eu sugiro que saia agora "Ele terminou, sem um pingo de dúvida em sua voz. Seu ex murmurou algo, mas rapidamente foi embora.

"Muito obrigado Jin ..." Você sussurrou, abraçando-o com mais força.

"Qualquer coisa que for my princess" Ele sussurrou.

Suga: Antes que você poderia até mesmo produzir um grito, um punho tinha enviado seu ex voando para o chão. Em seu lugar, Suga ficou segurando o punho, ombros movendo agressivamente com cada respiração que dava. Seu corpo tremia de raiva cega, enquanto seus olhos eram estreitos e ameaçador. Se essa fúria tinha sido apontado para você, você ficaria aterrorizada, mas em vez disso uma onda de alívio tomou conta de você.

"Ela é sua puta agora?" Seu ex desafiou ele, esfregando o local em seu queixo, onde o punho de Suga havia colidido com ele. Esta frase enviou Suga em um frenesi total, ele montou seu ex, dando socos repetidamente em seu rosto, nem mesmo hesitar. Você gritou com medo, como você observou o rosto de seu ex começam a ficar coberto de sangue, e você tentou puxar Suga tão forte como você poderia.

"Pare! PARA SUGA! Ele não vale a pena! Você vai ter problemas para nada! "Você gritou para ele, finalmente, sendo capaz de puxá-lo para fora de seu ex. Suga limpou-se, e olhou para o cara mais uma vez. 
"É melhor não contar a ninguém sobre isso, ou eu vou ser mais áspero em você. Ah, e que você nunca se atreve a ir em qualquer lugar perto de Y / N novamente "Ele cuspiu nele. Você puxou-o para longe da multidão, e para fora através de uma porta traseira, chamando um táxi.

"Sinto muito Y / N. Eu perdi a cabeça lá. Eu simplesmente não posso suportar a visão de ninguém tocá-lo assim, especialmente ele. Não depois de tudo o que ele fez com você "Suga desculpou, escovando uma mecha de cabelo de seu rosto, e beijar sua testa delicadamente.

"Está tudo bem, eu entendo. Obrigado "Você sussurrou, como você o manteve perto.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...