História Bts suga ( AmOr ReBeLdE) - Capítulo 55


Escrita por: ~

Postado
Categorias 009 Sound System
Personagens Personagens Originais
Tags Bangtan, Brigas, Hoseok, Jimin, Jin, Jung Kook, Nanjoon, Novela, Romance, Suga, Taehyung
Visualizações 141
Palavras 1.527
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 55 - °Bónus°Final *


Fanfic / Fanfiction Bts suga ( AmOr ReBeLdE) - Capítulo 55 - °Bónus°Final *

Assim que enfim o carro adentrou a mansão, não esperei nem mais uma palavra apenas sai do mesmo, meus olhos insistiam em derramar lágrimas, mais nem por isso cessei meus passos.

- O que deu em você? Sabia que poderia ter morrido? _ Não ignorei ele, me virei para encarar sua face, sua expressão de preocupação me fez rir irónica.

- O que? Esta preocupado yoongi? A lógico preocupado de mais com aquela vagabunda que estava no seu escritório, e com suas malditas reuniões que não me diz o porque _ Odiei meu timbre falhado, um no estava entalado em minha garganta e só sairia se eu despejasse minhas lágrimas ...

- Acha mesmo que anos juntos eu seria mesmo capaz de te trair? De uma coisa eu sei eu te amo de mais para ser capaz de te trair..E se você não confia em mim, também não confiarei em você _ Decepção era o que tinha em seu rosto.

- Como é? Você se afastou de mim, não fica comigo nem um minuto mais e quer mesmo que eu confie em você _ Dei uma risada - Me poupe de suas quedinhas. VOCE esta errado nessa historia.

- Tem razão eu estou errado _ Falou sereno , apenas o encarei enquanto via ele subir as escadas.

Bufei e subi logo em seguida, havia esquecido que minha amiga estava aqui, quando passei por um quarto a encontrei dormindo profundamente.

Andei ate meu quarto, vendo a porta entreaberta empurrei a calmamente e vi ele sentado na cama beira da cama, seus pés batiam no chão e seus cabelos eram bagunçados por suas mãos.

-  Não vai me dizer o que esta acontecendo? _ Cruzo os braços e paro em sua frente vendo ele negar - Não seja infantil.

- Você não pode saber..Ainda nao .. Nao iria dar certo _ Assentir mesmo nao tendo sua atenção, sai de sua frente o vendo da mesma forma, deitei na cama de um jeito que ficasse bem longe dele, me enrolei no cobertor e virei para o sentido oposto.

A cada segundo sentia as lágrimas rolarem, ele me traiu uma vez, o que impediria de fazer de novo? Quero nao acreditar que isso possa ser real.

            ~ [*°*°*°*°*] ~


- Esta tudo pronto? _ Carregava sua arma com munições, enquanto ajeitava seu colete.

- Sim Jack _ Coloquei minhas armas no suporte.

Em questão de segundos já estávamos prontos, saímos da sala onde nos preparávamos para o ataque, fomos ate a sala do delegado para avisarmos nossa saída.

Encontramos o senhor Lin sentado em sua poltrona obviamente examinando o local.

Alinhamos em sua frente, vendo sua atenção voltada a nos.

- Assim como avisei vocês na noite passada, o local do crime será em um deposito, onde vocês terá que cegar antes dos traficantes, mandaremos viaturas para ajudar a concretizar o plano.

- Senhor e se por acaso algo der errado?

- Nao dará errado..E matar ou morrer _ Suspirou - Vão a hora já esta próxima.

Curvamos em sinal de respeito, eu e Jack éramos responsáveis por realizar os planos que pedia pratica e exigência.

Fomos as pressas em direção ao carro, um simples veiculo que nao chamaria muita a atenção.

Um de nossos ajudantes foi dirigindo, me sentei no banco de trás ao lado de Jack.

- Tomara que peguemos ele de uma só vez, nao aguento mais ir para lugares marcados e ele nunca esta la _ digo encarando a arma em minha mão.

- Também nao suporto mais isso _ Riu

.

.

.

Corremos em direção ao lugar, era enorme parecia ser para transportar mercadorias.

- Lembram do plano agora vão e deem seu melhor _ Jack disse olhando para cada um de nos .

Assentimos, sem mais delongas cada um seguiu seu rumo, eu corri o mais rápido que pude, subi em cima de cada caixa enorme que havia ali.

Assim que me aproximei do telhado coloquei minhas mãos no mesmo sua em cima de uma das estruturas que seguravam o mesmo, agarrei nele e passei a corda de acordo com o que sempre fiz.

Assim que a corda foras amarrada de uma forma que eu pudesse descer, fiquei imóvel esperando assim que eles chegassem.

....

Após alguns segundos, vimos uma pessoa chegar, ele trajava roupas caras um terno de tecidos que só de ver o julgaria um mafioso.

Ele estava rodeado de seguranças, logo mais dois apareceram, eles estavam cobridos por um capuz aparentemente tinham o mesmo tamanho, eles olharam para trás e logo um caminhão chegou, nas mãos do encapuzado foi entregada uma maleta que provavelmente estava cheia de dinheiro.

Eles deram um aperto de mão rápido, o homem ia se retirando junto de seus seguranças, minha hora de agir chegou.

Segurei a corda em mãos e assim que o homem pisou no X marcado pulei de cima do local, meu corpo voou sobre o lugar atraindo a atenção deles, bati meu pé no que trajava um terno fazendo ele voar longe.

Saltei sobre o chão, onde comecei a ouvir uma troca de tiros, obviamente eu estava entre eles com duas armas em mãos acertei os seguranças sem piedade alguma.

Assim que muitos haviam caído no chão sem vida vi os dois suspeitos correrem, nao dei tempo para os mesmos.E corri ate eles assim que eles chegaram perto do carro apontei minhas armas para os dois.

- Parem ai ou terei que mata-los _ Digo fria fazendo eles pararem antes que entrassem no carro. 

Eles manteram-se intactos parados, ainda receosa me aproximei mais deles .

- Revele seus rostos _ Eles nao se moveram - ANDA LOGO .

Eles ainda nao se moveram o que já me tirou a paciência, fui ate eles e puxei um pelo braço fazendo ele virar para mim.

      Meu mundo parou.

- J-Jimin? _Estava incrédula do que via como ele pode fazer isso comigo e com a Kim?

- S-s/n _Abaixou a cabeça.

Minhas mãos começaram a tremer eu suava meu coração já estava acelerado.

- V-vira _Lágrimas desceram pelo meu rosto.

Assim que o outro virou, pude ver seus olhos molhados, o ar fez falta em meus pulmões, coloquei a mão em meu peito tentando de todas as formas evitar aquela dor.

- Q-quer d-dizer que e-eu...e-estive e-esse tempo t-todo atrás d-de meu marido?

- Perdão s/n _Se ajoelhou em minha frente - E-eu e-errei mais e-eu ainda t-te amo.

- P-porque f-fez isso? 

- E-eu nasci pra i-isso 

Neguei com a cabeça, aquilo era decepcionante.

- Ate v-você Jimin?

 Ele permaneceu em silencio, voltei a fitar o homem ajoelhado em minha frente se humilhando.

O amor quebra qualquer fronteira ..Quebra qualquer regra, o amor nao e impossível, ele e apenas indecifrável.

- V-vão a-antes que o r-reforço venha _ Ele se levantou.

- M-me perdoa?_ Olhou mais uma vez para meu ser.

- Vai ._ Vi ele ir em bora o que fez meu coração se partir em pedaços.

Mais eu o amo.E quem ama sabe perdoar.

.

.

.

- Você me odeia? _ Olhei para seu olhar atordoado, triste e trémulo.

- Quem ama perdoa yoongi. 

- Você t-tá me perdoando?

Chorei mais uma vez, puxando ele para um abraço apertado.

- S-sim 

- Eu juro que essa vida que eu tenho nao vai te afetar em  nada  .

Foi ai que lembrei mais uma vez do acontecido .

- Sei m-mais quem foi a pessoa que tento m-me matar?

- um dos compradores que viram voce entrar naquele lugar te julgaram uma ameaça, tentaram te matar mais já dei um jeito neles.

Suspirei aliviada.

- E q-quem era aquela mulher?

- Ninguém importante,era a filha de um dos compradores.

Continuamos no abraço por um tempo, tanta coisa que eu quero perguntar.

- Porque se distanciou? _ Perguntei baixo vendo ele suspira.

- Me.senti sujo, você era uma mulher da lei, uma policial e eu um traficante, você passa dias tentando me prender .

- E-eu te amo muito e prometo abandonar essa vida pra ficar com você.

- Eu também abandonaria essa vida pra ficar com você _ ele se separou rapidamente e me olhou incrédulo.

- V-você faria isso?

- Sim _ Acariciei seu rosto.

- OMMA. _Ouvimos Anna gritar, virei vendo ela vindo em nossa direção de mãos dadas com seu irmão.

- Pra que tá gritando? _Yoongi perguntou rindo.

Era tão admirável os  dos dois serem iguais.

- Nada vocês dois tava muito grudadinhos ai _ Riu fofa.

- Appa. Porque você fica longe de nos? _ O pequeno Min disse fofo fazendo seu pai abaixar a sua altura.

- Partir de hoje eu nao deixarei vocês sozinhos de forma alguma...Serei um pai chiclete _ Agarrou os dois e caiu na grama .

Eu apenas fiquei ali vendo minha família mais uma vez tendo novamente sues momentos unidos.

- O que tá fazendo ai amor? _ Riu, ele rapidamente puxou minha mão me fazendo cair em cima dele.

- Continua o mesmo bobo _ Depositei um beijo em sua boca .

- Eca._  As duas crianças disseram juntas fazendo nos rir.

Eles se olharam com uma cara fofa, pularam em cima de mim caindo em gargalhadas.

.......                   .......

A Kim obviamente perdoou o Jimin pois o amor entre os dois e grande, Jack e os meninos estalar cientes do rumo que yoongi e Jimin tomou e pra piorar estão fazendo parte.

Eu vou continuar na policia e isso me faz uma bandida pois irei impedir de todas as formas que encontrem eles.

Mais no final das contas tudo acabou de uma forma que permanecemos unidos, nada e nem ninguém vai nos fazer parar ..Eu e yoongi nos tornamos apenas um




Notas Finais


Agora obviamente e o final...UII ACABOU.
De vez e difícil lidar com o final..Nem sei se ficou bom.
Mais obrigado a quem acompanhou mais um pedacinho dessa fic.
Bjs gente obrigada msm 💖💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...