História Bts: um relato de V - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys, Bts, Kim Taehyung, Romante
Exibições 17
Palavras 763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Festa, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yoooooooy meus amoreeees
(Ngm comentou no cap anterior mas estou aqui ainda u.u ;-;)
Cap saindo do forninho aqui pra vcs *-*

Capítulo 5 - Uma dança peculiar.


Fanfic / Fanfiction Bts: um relato de V - Capítulo 5 - Uma dança peculiar.

Eu: Oi

Diana: Taehyung! Eu estou vendo alguns vídeos de vocês. Não imaginei que fosse tão talentoso u..u

Eu: Ah, obrigado kkkk

Diana: vi um vídeo de dance practice de vcs muito engraçado kkkk

Diana: Mas é estranho eu estar stalkeando vc assim ne?

Eu: claro que não!

Eu: aliás você ainda não me contou que faculdade está fazendo..

Diana: ah... não é nada comparado ao que você faz mas, eu faço dança e.e

Eu: Sério? E você já se apresenta?

Diana: as vezes

Eu: eu queria ver alguma apresentação sua

Diana: Bom...

Diana: amanhã eu vou me apresentar no teatro da faculdade.. Não é grande coisa mas está convidado u.u

Eu: tenha certeza que estarei lá!

Estava ansioso para ver Diana novamente, desde a noite do jantar não parava de pensar nela só um segundo.

Cheguei adiantado, talvez tivesse umas cinco ou seis pessoas sentadas em seus lugares. O teatro era simples, mas tinha seu charme, eu gostava de lugares assim. Estamos sempre viajando e fazendo shows, ensaiando, indo para sessões de fotos, que quase não temos tempo de respirar, quanto mais de admirar um ambiente. Me sentei em um lugar ao fundo tentando chamar o mínimo de atenção. 

Após alguns minutos o lugar estava lotado, a maioria parecia ser pais, vindos para assistir aos filhos. Felizmente ninguém prestou atenção. As luzes focaram o palco anunciando o início da apresentação. Meu coração acelerou enquanto procurava ela entre as 5 outras dançarinas, e eu a achei, estava linda...

A melodia começou baixa e calma e foi almentando o volume com o tempo. Elas mostraram uma mistura de dança contemporânea com balé. Rodopiavam e saltavam em sincronia, transbordando o público de encanto. Mas eu só via Diana...

Era como se só eu e ela estivéssemos la...seus movimentos eram graciosos e precisos, ela dançava com tanta naturalidade que parecia não ter ensaiado, aquela música sempre esteve nela, era fácil como respirar.

Elas encerraram com uma pose no chão. Só nessa hora foi possível ver como fora cansativo por causa da respiração arfante. O público se levantou aplaudindo e gritando saudações até as cortinas esconderem as moças.
Eu esperei todos saírem, esperei ela aparecer. De repente sinto uma mão pousando em meus ombros.

- Taehyung! Você veio!

- Eu disse que viria. Você foi encantadora!

Ela corou com meu elogio. Estava com um sobretudo e por baixo a roupa rendada da apresentação. Seu cabelo ruivo estava preso em um coque cheio de flores, e seu rosto pintado com a maquiagem brilhante de bailarinas. 

- Posso te levar em um restaurante antes de ir para casa? Deve estar com fome. - tentei desfarçar ao máximo o quanto aquele pedido parecia um encontro.

- Claro! - ela aceitou animada encaixando a mão em meu braço.

Fomos para um restaurante perto dali, era pequeno porém bem acolhedor, transmitia um ar antigo e confortável.

Como sempre, ela me contava várias coisas cheia de animação e eu ouvia abobalhado.

Após o jantar caminhamos um pouco pelo parque ali em frente, o céu estava limpo e estrelado, mas nada superava o brilho que ela emanava. Me parou dizendo que queria mostrar algo, colocou uma de nossas músicas para tocar no celular (Fire), e se afastou.

A música seguia e ela dançava os paços de nossa coleografia precisamente, do começo ao fim ela fez os passos perfeitamente, como se fosse uma integrante do BTS.

Quando acabou ela correu para perto de mim, que estava com a boca aberta ao ver a cena.

- O que achou??

- Como você fez isso? - perguntei impressionado.

- Pedi para Jungkook me ensinar, ia te mostrar numa ocasião especial mas não consegui esperar.

- Jungkook? - minha felicidade foi engolida por uma maré de ciúmes ao ouvir o nome do meu amigo. - Quando vocês se encontraram?

- Nós combinamos alguns dias na sala de dança. - sua expressão ficou confusa ao ver minha decepção.

- Por que não me contou?

- Porque era surpresa, dã.

Minha pergunta foi idiota porém eu odiava imaginar Diana a sós com Jungkook. Me virei e fiquei encarando um arbusto, acho que estava furioso.

- Tudo bem? - me perguntou preocupada.

- Está tarde, vou te deixar em casa.

Seguimos a viagem toda em silêncio, ela saiu do carro se despedindo docemente e recebendo um simples "boa noite" de mim. Sentia que estava sendo imaturo, mas só sentia raiva. Fiquei imaginando cenas impossíveis na sala de dança, só para sentir mais e mais raiva. 

No dia seguinte estava decidido a falar com Jungkook, ele não devia ter feito isso comigo.

 


Notas Finais


Ooooh
E agora ein?
Fight! Fire! Treta!
Digam o que acharam pelo amoordi ;--;
Kissus 😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...