História Bubbline: Rebel Love - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Cake, Finn, Fionna, Goliad, Gunter, Jake, Lady Íris, Litch, Marceline, Marshall Lee, Mordomo Menta, Personagens Originais, Princesa Jujuba, Principe Chiclete, Príncipe de Fogo
Exibições 108
Palavras 1.039
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 15 - Estragando seus shipps (parte 2)


Fanfic / Fanfiction Bubbline: Rebel Love - Capítulo 15 - Estragando seus shipps (parte 2)

Marshall on


Abri a porta  e vi a pessoa que estragou tudo, Yano


Yano: Oi vampirinho! 


Eu estava com muita vontade de dá uma rasteira nele depois pular em cima dele da um socos e enforcá-lo até sua morte, mas não fiz isso porque sou um ser humaninho bom e porque a autora-san malvada quer estragar seus shipps fazendo o Yano se aproximar de mim :3


 Marshall: Oi- suspirei


Yano: Esta tudo bem? 


Yano on


O Marshall estava com olheiras e olhos inchados e vermelhos,  parece  que ele não dormiu e ficou chorando a noite toda. 


Marshall : Na verdade não... 


Yano: O que houve? 


Marcy: QUER QUE EU TE CONTE O QUE HOUVE?! 


Bonnie : Calma Marcy, vai conversar com a Miku e deixa o Yano comigo e Marshall vai pro seu quarto, mas não se corte ou tente qualquer meio de suicídio.


Marshall: Não poço garantir isso... 


Ele disse e se retirou.  Miku pulou no braços de Marcy e a mesma a pegou no colo


Marcy : Que tal irmos tomar um sorvete? 


Miku: Sim, mãe Marcy! 


Marcy da um sorriso e sai com a minha irmã ainda em seu colo. Bonnie pediu para eu me sentar


Bonnie : Você ja ter percebido que meu irmão está muito mal... 


Yano : Sim.... Aonde está o Gumball? 

Bonnie : Bem... Ele foi embora, por isso o Marshall está mal... 


Pode ser maldade, mas eu queria pular de alegria. Sem aquele chiclete grudento por perto eu posso finalmente fazer o meu vampirinho ficar comigo de novo (N/A: Só eu que tô com muita vontade de matar o Yano?). 


Yano : Entendo... Agora não tem problemas de eu ficar com o Marshall né? 


Bonnie : Claro que tem!  Meu irmão vai voltar e o Marshall ama ele! - ela se altera


Yano: Se ele vai voltar, por que foi embora? 


Bonnie: Por culpa sua!  


Yano: Minha?! 


Bonnie : Ele achou que o Marshall ainda gosta de você e decidiu que era o melhor para ele


Yano: Então quer dizer que o Marshall ainda gosta de mim? 


Bonnie: Não falei isso. Eu usei o termo "achou"


Yano : Se ele achou tem possiveis chances de ser verdade


Bonnie : Yano... Irei te dar um aviso amigável... É melhor não se meter com isso, pois você irá magoar meu irmão e se isso acontecer, terei que te tirar do caminho -ela disse me dando calafrios 


(N/A: BONNIE TOCANDO O TERROR!!!) 


Yano: Não irei desistir do Marshall tão fácil! 


Bonnie : Isso é o que veremos! 


Isso é um jogo e eu vou vencer! 


Finn on


O Gumball voltou, mas a Bonnie não... Chega!  Eu irei atrás dela!  Fui falar com o Jake


Finn: Jake, preciso de um favorzinho.. 


Jake: Fala brother 


Finn: Você pode hackear alguma rede social da Bonnie e descobrir a localização dela? 


Jake: Moleza!  Faço isso em meia horinha!  Quando eu acabar te aviso


Finn: Valeu! 


Fionna on


Ja são 19: 24, vou me arrumar para meu encontro com o Gumball. Tomo um banho ouvindo Falling in Reverse. Saio e enrolo uma toalha no meu corpo sento em frente a minha escrivaninha e me olho no espelho. Decido passar uma sombra azul puxando um pouco para o branco, passo um brilho labial transparente e coloco um pouco de perfume.  Coloquei uma saia de cintura alta que ia até uns 3 centímetros acima do meu joelho azul, um tomara que caia branco, um salto branco. Prendi meu cabelo em um lado com um laço azul e o outro lado ficou solto tapando meu olho. Acabei ja era 19:50, peguei minha bolsa e lá coloquei meu celular, meu brilho labial, um casaquinho branco, meu fone e dinheiro. Vou para a sala e fico esperando o Gumball mechendo no meu celular. Passa um tempo e ele já tinha chegado. Ele estava com uma calça branca rasgada, uma blusa grande que ia até sua coxa rosa, um tênis adidas branco e uma toca branca com sua franja rosa solta e meio bagunçada. Ele estava lindo, perfeito, maravilhoso, bonito, deus grego, coisa top, um GOXTOSAUM. 


Gumball : Oi Fionna... Uau.. Você está.. Wow


Fionna: Tomara que Wow seje um elogio- digo e rio corada


Gumball : Sim é um elogio. Pode garantir que é! 


Rio envergonhada.. Ele me leva até o seu carro e abre a porta para mim, me sento no banco do passageiro 


Fionna: Aonde vamos? 


Gumball: Primeiro vamos jantar e depois ao shopping, por último é uma surpresa 


Fionna:Hahhahhaha,  adoro surpresas! 


Gumball: Você gosta de Panic at the disco? -diz pegando um CD


Fionna: Ta brincando?  Eu amo! 


Gumball : Que bom! -ele fala colocando um CD no rádio 


A viajem toda foi nós cantando igual à uns retardados, até que chegamos à um restaurante de comida japonesa!  Porra eu amo comida japonesa! (N/A: EU GOSTO ADORO AMO!  EU VO CASAR COM UM SUSHI!  Mentira porque sushi é homem e eu gosto de xana.  REVELAÇÕES!!!) 


Fionna : AI GUMBALL NÃO ACREDITO! 


Gumball : Que foi?  Você não gosta de comida japonesa? 


Fionna: Ta brincando?!  Nós estamos no Japão!!  Eu amooooo! 


Gumball :Hahahahaha,  eu também gosto, mas sabe do que eu gosto mais? 


Fionna : O que? 


Gumball: Você -ele sorri


Eu devo estar fazendo cosplay de pimentão agora, eu devo estar mais vermelha que bunda de babuíno!  (N/A: Nossa... Que comparação...) Eu fico envergonhada e tô quase morrendo agora


Fionna : Er... V-vamos entrar? 


Gumball : Aham


Nós entramos e sentamos na mesa que ele reservou, daqui a pouco chega um carinha para anotar nossos pedidos, nós pedimos um daqueles tabuleiros monstrão que vem com um monte de treco. Quando chega eu como igual à um animal


Gumball : Nossa, coelinha, você gosta mesmo de comida japonesa -ele diz e eu coro com o apelido- Posso te chamar assim? 


Fionna : Só se você deixar eu te chamar de Chicletinho! 


Gumball : Fechado! 


Depois que nós acabamos de comer fomos ao shopping 


Fionna: Hey Chicletinho, vamos na sorveteria? 


Gumball :Hahahhha, você acabou de comer! 


Fionna : Mas não comemos a sobremesa! 


Gumball : Ta legal! 


Nós entramos e sentamos em uma mesa e pedimos  um milk shake e dividimos, que kawaii :3 (N/A: Cof cof...malvadamente... Cof cof..)  depois vimos um filme no cinema  e agora era a parte da surpresa \(*o*)/

Mas como a autora-san é malvada ela vai parar o cap aqui mesmo 





Notas Finais


POR FAVOR NÃO ME MATEM POR ESTRAGAR SEUS LINDOS SHIPPS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...