História Bubline: os opostos se atraem - Capítulo 94


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Brad, Cake, Finn, Fionna, Jake, Lady Íris, Litch, Marceline, Marshall Lee, Mordomo Menta, Personagens Originais, Princesa Caroço, Princesa De Fogo, Princesa Jujuba, Principe Chiclete, Príncipe de Fogo, Rainha Gelada, Rei Gelado
Tags Bubbline
Visualizações 92
Palavras 1.109
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Fantasia, Hentai, Magia, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ignorem os erros e boa leitura!!

Capítulo 94 - Sexto sentido...


Fanfic / Fanfiction Bubline: os opostos se atraem - Capítulo 94 - Sexto sentido...

       Pov's Julia on

Me escondi debaixo de um mesa, ouvindo Suzanne falar com Alice

-e então, quer biscoitos e leite? -ela perguntou e Alice fez que sim com acabeca

Suzanne veio ate a mesa que eu estava e começou a pegar biscoitos dentro de uma tijela e colocar leite no copo. Aproveitei esse momento e peguei uma faca, que estava encima da mesa, mas antes DD entrar debaixo da mesa eu a peguei. Cortei o tornozelo de Suzanne que deu um grito

-AAAAAAHHHHHHH -ela grtou alto, então sai debaixo da mesa e a empurrei indo em direção a Alice

-tudo bem? -ela assentiu, desamarrei suas cordas e ajudei ela a sair dali

-olha, voce sobe a escada e sai da casa, eu vou distrair ela -eu disse e Alice me olhou

-sinto muito, mas...agora possi provar que realmente sou, do que realmente sou capaz -Alice disse me deixando sem entender 

-JULIAAAAAA -Suzanne agora estava de pé, apoiada na mesa, tentando vir ate eu e Alice

-do que esta falando Alice? -perguntei ignorando Suzanne

Alice então num movimento rápido tirou o furador de gelo de sua perna e enfiou próximo de meus seios, com toda força possivel

Eu fiquei paralisada a inicio, então senti uma dor inexplicavel. 

-A-alice... -eu não conseguia dizer mais nada

-sinto muito -ela disse e eu logo cai no chão, vendo sangue na minha blusa branca, ela me olhava, enquanto estava deitada no seus pés, pedindo ajuda

-Alice...me...me ajude -eu pedi e a mesma balançou negativamente a cabeca

           Pov's Lis on

Estava na casa de Catarina, estávamos lendo juntas

-ah cansei de ler -ela disse levantando da cama

-hahahahaha sua preguiçosa, ta écom ppreguiça -eu disse fazendo ela garagalhar

-talvez hahahah -ela disse sorrindo -que tal uma pausa? Tipo um lanchinho -ela disse e eu gorda do hjeito que sou já pulei de alegria 

-ebaaaaa, vamos nessa -disse me levantando sorridente e saltitando ate a porta

Quando fui abri a mesma senti um dor próxima de meu seio, apertei meu peito com uma mao e a outra segurando na parede enquanto fechava meus olhos pra amenizar a dor

Cai de joelhos no chão e minha cabeca começou a latejar

"Júlia"

A primeira coisa que veio a minha cabeca foi minha irmã

-amor, esta tudo bem? O que houve? -Catarina perguntava desesperada

-sim, eu preciso ir agora -eu disse saindo correndo com certa dificuldade e subindo na minha moto

Subi e dei partida ate a farmácia, comprei alguns comprimidos, pra me dar energia, quando estava saindo trombei com um homem mais velho

-perdão -eu disse e ao me virar, me deparei com saimon 

-Ola Lis, sua irma foi lá em casa mais cedo. Diz a ela que peço desculpas por ter recebido tao mal -ele disse

-ela foi lá? -eu perguntei 

-ah sim, ela ainda não voltou? -ele perguntou e foi ai que me caiu a ficha

-não, eu vou indo senhor Simon -eu disse saindo correndo ate minha moto

Antes de subir engoli a seco um dos comprimidos e fui ate a casa de Simon.

Chegando lá sai correndo e entrando em todo lugar possível daquela casa enorme, então achei o quarto de Suzanne e entrei, vi uma passagem e logo adentrei

Desci as escadas e vi minha irmã jogada no chão, com sangue saindo de seu peito

-Julia!!! Julia! -eu gritava correndo ate ela e chorando

Quando cheguei finalmente ate seu corpo, o peguei no colo e fui subindo aquelas escadas, levei ela ate minha moto

-julia, olha pra mim -ela olhou pra mim, com os olhos quase fechados -escuta, você é forte Júlia, você é filha de Betty e Karla, você não vai fechar os olhos -eu dizia chorando

-eu...nao...vou...fechar...os...olhos - ela falou devagar

-segura na minha cintura e não solte por nada -eu disse e a mesma assentiu

Coloquei ela encima da moto e logo subi, ela segurava forte em mim, então fui ate o hospital mais proximo.

Cheguei no hospital e pedi ajuda, os médicos logo vieram com a maca e levaram ela pra uma sala

                     ****

EEstava ali sentada esperando dizerem onde minha irma esta ou como ela esta, mas ate agora nada

-Senhorita Lis Bartoli -eu fui ate o medico e ele me explicou que minha irma havia levado alguns pontos e disse que eu poderia encontra-la na sala 10 do terceiro andar, porem, ela só sairia amanha

Eu fui ate a sala 10 do terceiro andar e ao entrar vi jminha irmã deitadaali naquela cama, com aquela roupa de hospital, de seus olhos saiam lagrimas, e sangue estavam transportando sangue a ela, através de sua veia

-oi Maninha -eu disse fechando a porta e a mesma virou a cabeca olhando pra mim

-oi Lis -ela disse dando um sorriso

-como você esta? -disse sentando ao seu lado segurando sua mão

-to bem, quer dizer, tirando o fato de que eu tive um sexto sentido e fui ajudar Alice que corria perigo, e como agradecimento ela quase me matou eu to bem -ela disse e eu fiquei com raiva

-eu vou matar aquela desgraçada -eu disse puta da vida

-acredite Lis, não vale a pena

Fiquei ali com ela o resto do dia e acabei dormindo lá também

                ***

Acordei e falei com o medico, ele liberou Juh era 11 horas da manhã, levei ela ate em casa de moto, julia parecia ótima, novinha e folha

Mamães karla e Betty, pensavam que tínhamos dormido na casa de amigos, pois, não queria contar nada.

                Pov's George on

Estava em meu quarto pensando no que Renata me falou

"Eu nunca senti atração por nenhum dos sexos" 

Aquilo não saia de minha cabeca , eu estava triste, amava demais aquela garota

Meu celular tocou me tirando de meus pensamentos, atendi 

               Ligação on

-alo?

-oi, é a Renata

-oi rê 

-eu so queria te dizer, que menti anteontem pra você, eu...gosto sim de alguem. Mas não vou falar quem 

-rê....

PIPIPIPIPIPIPIPI

               Ligação off

Ela havia desligado o celular na minha cara, mas agora pelo menos eu estava feliz, ela então poderia ta gostando de mim. Neh?

            Pov's Victoria A

Estava falando com o José, ele é tao legal, me faz rir rapidamente, quando minha mae pega meu celular

-conversando com quem Victória Andrielle -minha mae perguntou

-com um amigo -eu disse

-sei...escute bem mocinha, se estiver escondendo algo de mim...

-ah quer saber fica com meu celular mae, cansei de desconfiar de mim -eu disse já irritada E saindo da sala, indo pro meu quarto

          Pov's Victoria R On

Estava falando com minha irma Victoria Cristina quando ela pergunta

-você já ficou com a Julia? 

-não, eu vou ficar hahaha - eu disse

-quando? -perguntou surpresa

-hoje a noite, irei sair com ela, pelo menos a gente tinha marcado semana passada de sair -ela disse

-entendi...

Depois daquele assunto ficamos em silencio e ficou meio tenso o clima, então perguntei:

-você gosta dela?

-não -ela disse de imediato

-calama ae Viih, não vou te bater hahaha -disse pelo desespero de responder

-okay hahah -ela disse

Continuamos conversando ate eladecidir ir sdormir, então ficou só eu ali.



Notas Finais


Espero que tenham gostado. Comentem o que acharam (me anima) e...beijuuusss babyeees, boa noite.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...