História Bubline: os opostos se atraem - Capítulo 97


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Brad, Cake, Finn, Fionna, Jake, Lady Íris, Litch, Marceline, Marshall Lee, Mordomo Menta, Personagens Originais, Princesa Caroço, Princesa De Fogo, Princesa Jujuba, Principe Chiclete, Príncipe de Fogo, Rainha Gelada, Rei Gelado
Tags Bubbline
Exibições 21
Palavras 1.554
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Fantasia, Hentai, Magia, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa leitura. Ignorem os erros.

Capítulo 97 - O lobo e o Unicórnio...


Fanfic / Fanfiction Bubline: os opostos se atraem - Capítulo 97 - O lobo e o Unicórnio...

                Pov's Julia on

Suzanne esta morta, Alice esta em lágrimas, chorando por ela, e eu estou fazendo alguns pontos em Lís

-por favor... Eu faço qualquer coisa -ela disse pra mim quando me levantei, pois, tinha acabado de terminar os pontos

-ja disse nao, agora tchau -Lís disse  e a ajudei a levantar e então pulamos o muro da escola pra cabular

                          ***

Estávamos sentada em uma árvore, lendo, eu lia "Jogos vorazes" e ela "A seleção", então resolvi conversar com ela

-Lís...posso te falar algo -eu disse e a mesma fechou o livro e balançou a cabeça positivamente -Lís, não somos assassinas, não matamos, e...suzanne tentou sim nos matar, mas...não podemos deixar assim -eu disse 

-ela quase te matou Júlia! Ela matou a própria mãe! -ela disse meio alterada

-acha que não sei? Acha que eu quero realmente trazer ela de volta a vida? Não! Eu não quero! Mas é o certo -eu disse e a mesma balançou a cabeça negativamente com raiva

-ah claro, o certo é trazer uma psicopata de volta neg -ela disse ja se irritando -saiba que eu acho que todos ficariam bem melhor sem Ela! -Lís disse e saiu D árvore, indo Eembora

-Lís, espere! -eu disse correndo até ela

-Não! Se veio correndo pra me convencer esquece, não vou trazer aquela lá de volta a vida -Lís disse

-Lís! Esta sendo má! -eu disse e a mesma deu risada sarcasticamente

-e você uma tola, se quiser trazer ela de volta a vida, VOCE que traga, pois da minha parte eu quero que ela vá pro inferno -ela disse e foi embora

"Okay então. Vamos fazer isso sozinha"

                      ***

Cheguei em casa era 1 hora da tarde, fui até meu quarto, entrei em minha câmara enquanto Lupin pedia colo

-agora não Lupin

Peguei meu livro e ai me virar pra ir embora lá estava Lis

-vai mesmo salvar ela neg -ela disse e eu assenti

-agora se me def licença -eu disse

-Julia não faz isso! -ela disse me virando pra ela com brutalidade

-faço.sim, com a sua ajuda ou não!

-ELA É UMA ASSASSINA -ela gritou comigo

-NAO GRITA COMIGO! -eu gritei com os olhos marejados

-Estou dizendo a verdade! -ela disse num tom de voz alto

-foda-se, não vou me tornar uma assassina -eu disse e ela me empurrou

-PARA DE SER IDIOTA! -ela gritou

-PARA VOCE LÍS! -eu gritei ainda mais alto

-ACHO QUE VOCE REALMENTE É BURRA. DEVE TER SIDO POR ISSO QUE ELIZABETH FOI EMBORA NEH. PELA SUA BURRICE! -ela disse gritando

-NAO TOCA NO NOME DELA! -eu fui pra cima de Lís e a mesma me empurrou com forca fazendo eu cair no chão

-DE QUEM? DAQUELA FILHA DA PUTA? QUE DISSE QUE IRIA VOLTAR E NUNCA MAIS VOLTOU? QUE AGORA ESTA NAMORANDO COM UM CARA? E TRANSANDO COM ELE, SE ENTREGANDO A ELE? DO MEEESMOOOO JEITO QUE VOCE SE ENTREGOU PRA ELA!!!!!!?? -a última frase ela gritou mais alto ainda

-PARA LÍS, PARA, PARAAAAAAA!! -eu comecei a gritar

-COM O QUE? COM A VERDADE? ELA NUNCA TE AMOU E EU SEMPRE FALEI ISSO PRA VOCE! -ela gritou e eu encolhida naquele chão, com minhas mãos nos ouvidos -NAO SEJA FRACA! -ela gritou e eu levantei e parti pra cima dela

-NAO OUSE FALAR DE LIZE -eu disse empurrando ela, mas ela era mais forte e me prendeu na parede, segurando minhas duas mãos no alto

-PARA! PARA! PARA! -ela gritava perto de.meu rosto e eu só sabia chorar -CHEGA JULIA! PARA DE CHORAR! -ela gritou e dei um chute em seu sexo e a mesma largou, aproveitei e a empurrei pro chão, peguei seus cabelos e a arrastei pra fora do quarto, então bati a porta e a tranquei.

Deitei na cama e comecei a chorar desesperadamente, gritar, e abraçar Lupin, que só sabia me consolar

                           ***

Acordei e estava em meu quarto, levantei e vi que estava escurecendo, peguei meu celular e vi que era 6 horas da tarde

"Acho que acabei dormindo"

Então tomei banho e depois vesti uma calça preta cintura alta, uma blusinha de manga comprida que deixava a barriga um pouco a mostra e uma botinha beje, peguei minha bolsa beje de franjas e coloquei meu livro, celular, frasquinho e fones

Fui até a escola e chegando lá estava tudo escuro e não tinha ninguém, dava um pouquinho de medo até

Pulei o muro e entrei na escola, e vi que seria difícil acha-la então anunciei:

-Quenterralopus -então ao abrir a mão uma bolinha prateada saiu dela e eu pensei

"Suzanne. Preciso acha-la"

Então ela começou a me guiar e eu fui a seguindo, fomos atrás da escola, e ela parou em frente a uma árvore, olhei pra cima e vi um pedaço de pano amarelo, então lembrei do vestido de Suzanne

-cave inimicum -eu disse e pude ver um campo de força ser projetado em minha volta pra ninguém ver ou ouvir coisa alguma do que eu fizer

Peguei então suzanne no colo e fui descendo devagar a árvore e chegando lá embaixo a coloquei no chão com cuidado e então peguei meu livro, coloquei no chão, peguei dois fresquinhos que havia trazido, tirei a rolha dos dois e em um coloquei meu sangue e no outro o de Suzanne, coloquei os dois de volta em minha bolsa, e então peguei meu celular e coloquei na musica "Gravel to tempo" e comecei a dançar ao ritmo dela, em volta de suzanne, e pensando no feitiço

"Lacarnum katoamistaika. Lacarnum katoamistaika. Lá car num katoamistaika..."

A dança em perfeita sincronia a musica, entre passos longos, a passos pequenos, onde se ficava na ponta dos pés, então eu pude ver um Lobo prateado vindo em minha direção, e logo se entrelaçando em mim. Podia ouvir passos, e logo veio um uniconio todo prateado

O.unicornio lutava com ele, e eu era o lobo. Eu precisava lutar naquela dança, ele era minha energia, e o unicornio era a Suzanne

Dancei, me soltei, sem coreografia, apenas com minha alma alí, e então pude ver minha energia ganhando mais luz, e logo o unicornio entrando no.corpo de Suzanne

Continuei a dançar, com os olhos fechados, apenas sentindo. Então abri os olhos e o unicornio ja havia desaparecido, então parei de dançar e logo o lobo foi embora

Fui até Suzanne e peguei seu pulso, ela estava viva, então a peguei no colo e levei a casa dela, seu vestido todo cheio de terra, então resolvi dar um banho nela

Dei um banho, de banheira e logo vesti  nela, um macacão de unicórnio que ela tinha.

Deitei Suzanne na cama e fui embora, deixando ela alí.

                  Pov's Catarina on

-Lís o que esta acontecendo fala pra mim? -eu dizia, estava no quarto dela, era 10 horas da noite, ela estava deitada na cama e seu quarto cheio de coisa quebrada que a mesma jogou no chão

-eu só estou cansada de tudo Catarina! A Julia nunca me ouve, nunca! -ela dizia com raiva 

-você tem que se acalmar Lís -eu disse

-ta bem -ela disse agora colocando as duas mãos na cabeça e se acalmando

-olha eu ja volto -disse e ela assentiu

Fui até a cozinha e peguei panquecas quando a porta de entrada abri e então a ouço passos vindo a cozinha

-ah, oi Julia -eu disse

-oi -ela disse vindo até mim me dando um abraço -que saudades de você Catarina -ela disse

-eu também estava, com muiiiitas saudades de você hahahaha -disse a abraçando na mesma intensidade

Quando saímos do abraço ela sorriu e eu retribui o sorriso

-como foi o dia? -ela perguntou

-foi chato. Você e Lis cabularam -eu disse

-sim...não estávamos muito afins de ir -ela disse e eu compreendi

-ah, tenho uma noticia pra ti -eu disse

-qual? -perguntou

-victoria Cristina quer ficar contigo -eu disse e ela pareceu ficar surpresa

-legal

-só.isso? -eu.perguntou

-sei lá. Meu clima pra ficar com pessoas não ta muito legal -ela respondeu

-okay neh, mas se eu fosse Bi eu ficava com ela -eu disse 

-ue, e você não é? Esta com lis

-deixar eu te explicar uma coisa, com Lís eu não sou hétero, lésbica ou até mesmo bissexual, eu sou dela, eu sou de Lís e só isso -eu disse

-vou te contar uma coisa -ela disse e eu assenti -vocês são muito gays -ela disse baixinho e eu dei um soquinho no braço dela

-palhaça -eu disse

-você também ow, ta falando o que hahahahhaha

Então começamos a rir e quando eu terminei as panquecas subi e fui ficar com Lís, ja juh ficou lá na cozinha.

                  Pov's Alice on

Estava em meu quarto, chorando, eu gostava dela, porque quando amo uma pessoa, essa pessoa me deixar?

Então escuto minha porta bater e abro a mesma, Beatriz Entra

-o que você quer? -perguntei

-quero que me ajude em história -ela disse nem percebendo minhas lágrimas, então as limpei rápido e disse:

- okay traga o caderno aqui.

Ela foi até o quarto dela e depois voltou com o caderno, comecei a estudar com ela, e até que ela hoje não estava tirando tanto minha paciência

                        ***

Acordei e fui pro banheiro, tomei banho e em seguida vesti um vestido Rosinha claro, quase creme, uma sandália de salto alto rosa com pedrinhas brilhantes e algumas pulseiras

Sai de casa e ao passar em frente a sorveteria lágrimas caíram de meus olhos, mas eu fui até lá e comprei um sorvete de Marshmallow com creme, o favorito dela, e então ao pagar fui embora e ao sair me deparei com uma garota de costas, seus cabelos pretos e azuis cacheados

"Não pode ser"

Ela se virou pra mim e eu fiquei paralizada, alí estava Suzanne Snow a minha frente, com sua saia rosa, e uma blusinha, e com aquele salto

-olá Alice -ela disse

-Suzi?

        






Notas Finais


Espero que tenham gostado, comentem o que acharam, beijuuuus babyeees


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...