História Bulletproof -Jikook - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hope, Hoseok, Jeon Jungkook, Jhope, Jikook, Jimin, Jin, Namjin, Rapmon, Suga, Taehyung, Yoongi
Exibições 98
Palavras 413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


🎀 Como eu já havia dito, os capítulos serão maiores apenas tenham paciência.
🎀 Obrigada a todos que já favoritaram a fic s2.
🎀 Boa leitura.

Capítulo 4 - Respostas.


Fanfic / Fanfiction Bulletproof -Jikook - Capítulo 4 - Respostas.

Busan, Coréia do Sul

Terça-Feira 10:00 Am.

Lá estava eu, sentado sobre a mesa de centro balançando as pernas enquanto fitava a janela. Estava uma manhã ensolarada, linda. Não parecia que em algumas horas atrás um homem havia tido o crânio literalmente estourado. Sorri. Era engraçado acreditar naquilo, era surreal.

Desviei minha atenção para a porta. Jimin estava me encarando com uma expressão engraçada, parecia um sorriso.

– O que foi?

– Você parece uma menina, sabia Jeon? – Perguntou sorrindo, enquanto trazia uma sacola em suas mãos.

– Uma menina? Quem você acha que é para me chamar de menina? – Bufei. -  Claro que eu sei que você pode me matar a qualquer momento, mas isso não te dá o direito de me chamar de menina.

– Aish, que mal humor. – Resmungou baixo. – Eu só queria ver se você está bem.

– Estou, obrigado. – Sorri. – O que trouxe?

– Não sei, foi a Isabela quem preparou isso para você comer. – Fitou a janela. – Está com medo?

– Não.

– Isso é engraçado vindo de uma pessoa que só com a minha presença já se estremecesse. – Sorriu irônico. – Não é mesmo, Jeon?

– Não tenho medo de você. – Bufei. – Não ligo para sua presença, assim como não ligo para o que está acontecendo.

– Tem certeza? – Se aproximou – se tiver tudo bem para você, eu posso lhe fazer companhia hoje à noite.

– Você é louco Park? – Saltei da mesa, me aproximando ainda mais. – Disse que hoje de manhã já teria uma resposta para me dar.

– E tenho, mas não vou te dar agora. – Deu mais um passo. – Quantos anos você tem Jungkook?

– Jungkook? Achei que se me chamasse assim, sua autoridade cairia. – Bufei. – Dezessete, e você Jimin?

– Você tem a língua afiada demais, não acha? – Outro passo foi dado. – Não importa a minha idade, apenas saiba que sou seu hyung.

Estávamos próximos, Jimin me encarava avaliativo. Corei e me afastei. Segui em direção a janela, senti o sol forte esquentar a minha pele.

– Obrigada por me trazer comida, hyung. – Respondi fraco. – Quando pretende dar a minha resposta?

– Em breve, Jeon. – Disse saindo da sala, deixando sobre a mesa a sacola. – Pelo amor de Deus Jeon, nunca mais me chame de Jimin.

– E-espere hyung. – Corri ao seu encontro. – Por que não posso te chamar como seus amigos?

– Porque não somos amigos Jeon. – Respondeu frio. – Não confunda dó, com amizade.

“Todos nós temos o poder de matar nas mãos, mas muitos tem medo de usar. Aqueles que não tem medo, controlam sua própria vida.” – Richard Ramirez.


Notas Finais


🎀 Beijão, bye.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...