História Bultaoreune | Imagine SUGA - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Cho Seung Yeon, G-Dragon, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Li Wen Han, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 83
Palavras 1.845
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - JungKook's Party


Fanfic / Fanfiction Bultaoreune | Imagine SUGA - Capítulo 4 - JungKook's Party

xxXxx

-- Sua mãe não confiaria no Taehyung se conhecesse ele direito -- Yunna disse rindo

-- Ah mas ele não tem cara de que apronta

-- Só cara mesmo -- respondeu

Yunna parou pra vê as horas e começou a babar no bloqueio de tela, era a foto daquele tal Luizy, ele devia ser o crush dela, ela não tirava os olhos dele na escola, e sempre ficava meio "lerda" quando ele falava com ela

-- Então, Luizy né? -- encarei a mesma que corou -- Ele é seu crush?

-- Crush? Ele é o amor da vida -- disse colocando a mão no peito dramaticamente -- Amo ele mais que chocolate

-- Hum, até que ele é bonitinho

-- Nem ouse S/N -- Me encarou

-- O que foi?

-- Nada de dizer que é bonitinho, pra você ele tem que ser feio -- respondeu

-- Ok, Calma ai mulher maravilha - disse com as mãos pra cima em sinal de rendição

-- Não me manda ficar calma -- ela me deu uns tapinhas

Yunna era bem legal, e engraçada, certamente uma das melhores pessoas que conheci. Era diferente da reputação de que tinha, na escola ela tinha a reputação de ser esquisita, diziam que ela era estranha, mas ela era normal, podia ter uns parafusos a menos, só não menos que seu irmão Taehyung

-- Falando em Crushs -- disse me chamando a atenção -- Você ficou olhando bastante pro Suga hoje

-- Eu? Tá doida? -- Na verdade eu até que fiquei olhando mesmo pra ele, mas só pra saber se ele ia olhar pra mim

-- S/N, eu não sou idiota, eu vi -- admtiu -- Sei guardar segredo, Você sabe sobre meu crush e eu sobre o seu

-- Ele não é meu crush, Você 'tá viajando Kim Yunna

-- Ah para com isso -- ela me deu um tapa no braço -- Somos amigas!

-- Falamos disso na sua casa? - ela assentiu.

Seguimos mais um pouco e finalmente chegamos na casa de Jungkook, a festa já havia começando há um tempo, pois já tinha uma certa bagunça do lado se fora, Quantos anos esse JungKook tem mesmo?

-- Yunna, Finamente -- Luizy se aproximou da mesma que enfiou as unhas no meu braço "Aaaaaaah desgraça, me solta!" gritei internamente

Yunna corou intensamente, mas me encarou como se perguntasse "Que porra tá acontecendo?"

-- Eu preciso falar uma coisa com você - se aproximou mais dela

-- P-Precisa? - fraziu o cenho, ele assentiu.

- Vem vamos - Luizy segurou a mão de Yunna - Estava te esperando - sorri, e puxou a mesma até um corredor

-- S/N! -- Jooheon - o garoto que se sentava ao meu lado, nas aulas que eu não fazia com Suga. Eramos amigos -  passou o braço pelo meu ombro -- Você demorou.

-- Demorei?

-- Demorou -- sorriu

-- Nossa, Que Alerquina feia hein -- Ouvi a voz daquela tal Chaelin soar, era só o que faltava -- Heon, cadê o Suga?

-- Não sei -- deu de ombros -- mesmo que soubesse não te diria -- proferiu, e continou me puxando

Chegamos na cozinha, e ele olhou a mesma como se procurasse alguém

-- Então Jooheon -- Ele me olhou -- O que tá acontecendo?

-- Você tem namorado? -- ignorou a minha pergunta

-- Não..

-- Ótimo -- murmurou mexendo nuns copos

-- Ótimo? Por que ótimo?

-- O que? -- me olhou -- Por nada, quer beber o que?

-- Tem refrigerante? -- ele riu

-- Já vi que você é engraçada '- ele pós um líquido rosa num copo -- Toma.

-- O que é isso?

-- Você vai gostar -- respondeu

-- Não foi isso que eu perguntei

-- S/N - Ouvi Jimin chamar e me virei -- Nossa -- me olhou de cima a baixo -- Alerquina!

Olhei o mesmo de cima a baixo, não adiantava o que ele fizesse, pra mim não tinha como Jimin ficar intimidador ou assutador, ele era fofo, e ficava bonitinho de vampiro

-- Você não serve pra ser vampiro -- me olhou confuso -- É muito fofo pra isso, devia se fantasiar de bolinho.

-- Você já tá bêbada? Quando chegou?

-- Bêbada? Não tem nem 5 minutos direito que cheguei -- disse bebendo um gole da bebida, que até que era boa

-- Jimin, Você viu o senhor mal humorado? -- Jooheon perguntou olhando em volta

-- Não, ele devia está aqui -- Jimin olhou em volta também

-- Vou atrás dele -- Jooheon murmurou saindo

-- Jimin, preciso de.. -- Um JungKook vestido de coelhinho entrou na cozinha dizendo mas assim que me viu parou -- Oi S/N

-- Oi.

-- Fico feliz que tenha vindo..

-- Jungkook, Você precisa de que? -- Jimin encarou o mesmo

-- Hum, é que acabou o..

-- 'tTá bom, vamos -- Jimin interrompeu o mesmo, e saiu empurrando o mesmo pra fora da cozinha

Esse pessoal fumou o que? Por que né possível que sejam tão estranhos assim

-- Oi? -- Ouvi uma voz rouca, mas feminina soar num murmuro

Me virei pra olhar e quase me engasguei com a bebida, não era possível, eu estava tendo alucinações?, Yoongi estava vestido de garota era isso mesmo? sem chance, ele não tinha tanta coragem pra fazer uma coisa dessas né?. Fiquei boquiaberto com aquilo, parecia mesmo uma garota fantasiada de coelhinha

-- Suga? -- perguntei, ela balançou a cabeça confusa

-- Me chamou de que? -- a voz era totalmente diferente da do Yoongi - Aigoo -- se virou e saiu

xxXxx

Passei por aquele bando de pessoas e sai pra fora, nunca gostei muito de festas, um monte de gente junta, bêbada, aish, andei mais um pouco até o banco, e me sentei no mesmo olhando o balaço de madeira que havia ali

-- Não devia está lá dentro? -- levei um susto ao ouvir uma voz rouca perguntar

Ah, essa voz, Olhei pra saber onde estava o infeliz, e vi Suga escorado numa árvore me encarando, ele parecia está ali há um tempo, mas eu não tinha visto ele

-- Que susto -- ele sorriu, Não faz isso que eu to bêbada menino

-- Por que não tá lá dentro? -- ele veio e se sentou do outro lado do banco, mantendo uma boa distância de mim.

-- Não gosto muito de festas, e você?

-- Hum, não tem nada lá dentro que me chame a atenção -- resmungou bebendo algo, que era obviamente alcoólico

-- E o que que tem aqui fora que te chame a atenção?

-- Você. -- ele me encarou sorrindo -- Gostei da sua fantasia 

-- Também gostei da sua fantasia - murmurei -- é de um anime né?

-- Você tá bêbada? - me olhou de cima a baixo.

-- Acho que sentiu o cheiro, então já sabe a resposta - dei um sorrisinho.

- Quanto você bebeu? - ele começou a se aproximar gradativamente

-- Quanto você acha? -- sorri

Ele cerrilhou os olhos, e me puxou pela braço, me fazendo ficar em pé e cara a cara com ele. Yoongi me olhou com um sorrisinho antes de arriscar me beijar, o beijo começou lento e calmo, fiquei surpresa, mas logo correspondi, uma sensação estranha começou a tomar conta do meu peito, com o tempo o beijo ficou mais intenso, Suga segurou minha cintura apertando a mesma e colando mais nossos corpos, senti minha pernas estremecerem e interrompemos o beijo por falta de ar, mas em pouco tempo ele selou nossos lábios ferozmente, como se precisava daquilo, parecia que tinhamos tomado uma vitamina alcoólica, porque o que ele bebia, deixou um gosto maravilhoso na minha boca, levei minha mão até o cabelo dele, precisava ter certeza de que era real, era tão bom que parecia sonho, perdi até a noção do tempo com aquilo, Yoongi beijava muito bem, e me apertava com tanta força que me fazia arfar.

-- Suga!? -- Ouvimos chamar e na mesma hora ele interrompeu o beijo, o olhei incrédula, sério mesmo que ele iria querer parar agora?

Ele me encarou de cima a baixo ainda ofegante, a pessoa o chamou de novo, e ele saiu, sem dizer nada, apenas saiu. Me repreendi mentalmente, e fiz o caminho de volta até a cozinha, não havia ninguém que eu conhecia lá, nem Jooheon estava ali, aish!.

xxXxx

Fui até o que parecia ser a sala e não encontrei Yunna, queria mesmo era ir embora, mas eu iria dormir na casa dela. Continuei procurando até que vi a mesma do lado de fora

-- Yunna!

-- S/N, Finamente, onde você tava? -- murmurou guardando o celular

-- Tava te procurando, e você?

-- Eu também tava te procurando

-- Sério?, não parecia

-- Se eu saísse de perto dela, ela me matava -- resmungou revirando os olhos

-- Ela quem?

Ela se afastou e pudi vê uma garota vestida de coelhinha vomitando, ai não, será que era aquela garota da cozinha?

-- Nina, Você já vomitou tudo que tinha pra vomitar -- Yunna puxou a mesma, era a mesma menina da cozinha, sim, aquela idêntica ao Suga.

-- Essa é a S/N? -- perguntou limpando o canto do boca, fazendo uma careta logo em seguida.

-- Por que tenho a impressão de que já se conhecem? -- Yunna me encarou

-- Nos conhecemos na cozinha.

-- Ela me chamou de Suga -- Nina proferiu, Yunna riu alto.

-- A culpa não é dela -- Yunna disse entre risos

-- Como é que é? -- a tal Nina encarou ela -- 'Tá querendo ir embora a pé?

-- Calma, desculpa prima -- abraçou a mesma

-- Eu vou.. BATER EM VOCÊ! - Nina disse saindo do abraço -- Não gosto de abraços, Não gosto nem que toquem em mim

-- E você ainda reclama quando te chamam de Suga -- Yunna reclamou vindo até mim

-- Você disse o que?

-- Nada -- comecei a rir com a careta de "lua" que Yunna fez, não se podia negar que era irmã de Taehyung

-- Nina! -- Suga chamou a mesma que foi até ele cambaleando

Eles conversando sobre algo, Suga estava a todo momento de cara feia

!- Yunna!, S/N!, Vamos logo! -- Nina gritou pulando em cima de Suga, que obrigatoriamente levou ela até um carro branco

Estramos no carro, e eu fiquei atrás com Yunna

-- Você tá em condições de dirigir? -- Yunna encarou Suga pelo retrovisor

-- Yunna, Você quer ir a pé? -- Perguntou e Nina riu 

-- Aish -- bufou -- Vocês dois são iguaizinhos

-- Quanto você bebeu? -- Nina jogou um celular no colo dele

-- Bebi o suficiente pra não lembrar de nada amanhã -- olhou pra mesma -- Nem sei como vim parar nessa festa, com essa fantasia

-- 'Tô vendo, Você é personagem de algum Anime não é? -- Nina disse mexendo no cabelo dele, Suga imediatamente bateu na mão dela e fez uma careta, ela bufou.

-- Você tá tão bêbado assim que não lembra que tem que ligar o carro? --ela perguntou

-- Não porra -- Exclamou -- Vou dá carona pro Hosoek e Tae também

-- Atá caralho -- ela resmungou em português

Como assim esses seres iluminados pelo mau humor falam português e ninguém me contou?

-- Não fiquem resmungando nessa língua estranha, não entendo nada que dizem -- Yunna exigiu -- Quero saber como vai ser, não cabe todo mundo aqui

-- Também não sei, mas vamos vê o que seu irmão gênio vai fazer

-- Alguém vai ter que sentar no colo de alguém -- Nina resmungou


Notas Finais


· Jooheon (Monsta X)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...