História Bunny Boy - Capítulo 56


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Sistar
Personagens Jimin, Jungkook, Soyou, Suga, V
Visualizações 32
Palavras 988
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Pt.1

Capítulo 56 - °•°•


Fanfic / Fanfiction Bunny Boy - Capítulo 56 - °•°•

Alguns meses depois

Coréia do sul,

Seul

Yoonsei School,

Telhado.

09:30 a.m.

- Você acha vão nos pegar aqui?

- Não, eu peguei as chaves.. a porta tá trancada, então nem tem como saberem que estamos aqui..

A garota deu uma tragada em seu cigarro e então fechou os olhos lentamente, JiHyun sabia o mal que estava causando a sua saúde e a seu corpo, mas ela não se importava, desde o dia dá morte de Jeon, a garota já não se importava mais com o certo e o errado, o bom ou o ruim.. ela apenas mantinha TaeHyung vivo e saudável, pobre garoto, sofreu tanto no começo... Não comia, não dormia, nem se quer vontade de ir a escola ele tinha, se não fosse a garota, que havia se tornado uma amiga próxima, ele nem se quer teria conseguido sair dessa apenas com a ajuda de Jimin.

- Me falaram que ele vai vir te buscar de novo.. estão saindo ou algo assim?

- Não, ele insiste que eu tinha algo com aquilo, Yoongi tá obcecado por isso, e eu já não sei o que fazer.

- Não pode dizer a verdade, não importa o que aconteça. Sabe disso!

- Se acalma, eu sei de todas essas coisas, sei mais do que imagina.. mas, e você e o Jimin? Já estão melhor?

- Ele se esforça, mas eu.. eu ainda não consigo, ainda tá muito recente.

- Já se passaram meses, a sua formatura tá chegando e você ainda tá assim.. Jeon não iria querer te ver assim.

- Eu sei, mas tá difícil.

- Sabe que te ajudarei no que for necessário.

O celular de JiHyun começou a vibrar, era uma mensagem de Yoongi falando que não iria poder encontrar com a garota essa tarde, a menor deu um sorriso largo, enfim teria um descanso.

Apartamento do Min,

Escritório.

P.o.v's Yoongi

Eu não podia acreditar naquilo, mesmo após meses eu ainda me recusava a acreditar que meu pequeno menino era o assassino a qual eu tanto procurava, e pra piorar, não podia acreditar em sua morte...

Sentado nessa mesa de escritório, com mais uma garrafa de whisky que a pouco tempo atrás estava cheia e agora não está mais, o que eu me tornei?

Me levantei e joguei a garrafa no lixo, ao me virar para a varanda pude jurar que Jeon estava ali, o garoto se virou e sorriu, ele estava tão bonito, usava uma camisa de manga longa na cor cinza e uma bermuda preta, estava com suas meias brancas e me olhava como se fosse apenas uma criança inocente, e era isso que ele sempre foi e sempre será, uma criança inocente.

- Oi hyung.. estava bebendo outra vez? Isso faz mal sabia?

- Kook...

- Aigoo, para de ser bobo hyung, não é como se não me visse a anos! Venha, eu vou cuidar de você!

Eu não sei se isso é efeito do álcool, mas espero que não seja.. o garoto se aproximou e tocou em meu braço e em seguida beijou minha bochecha, seus toques eram tão reais.. deixo o menor me guiar, ele me leva até o banheiro na andar superior e me manda tomar banho e assim faço, após o longo banho sou levado até o quarto onde tenho a ajuda do menor para me vestir e então sou deitado.

- Chega de bebidas uh? Vai acabar ficando doente! Seul precisa de você, precisa do seu melhor detetive!!

- Kook.. não, eu...

- Eu te amo hyung, obrigado por ter cuidado de mim, mas agora é minha vez, eu irei cuidar de você! Ande, vá dormir!

- Kook....

Meus olhos logo pesaram e se forçaram a se fechar, eu lutava contra mas era impossível, eu precisava dormir, o álcool em meu sangue me forçava a isso, por favor Jungkook não me deixe, não de novo, eu preciso de você!

Residência dos Park,

Quarto do Jungkook

10:30 p.m

E lá estava Jimin, deitado na cama do menor, abraçando um de seus travesseiros enquanto tentava segurar as lágrimas, Jimin tinha um lado muito sensível e sentimental, e ele estava a mostra, ele estava sendo posto na mesa, como uma simples aposta! O maior chorava e tentava entender onde havia errado e porque não havia percebido tudo antes.

- Me desculpa, Jeon me desculpa.. eu te amo tanto...

- Eu também te amo hyung, mas não quero que chore...

O maior se virou bruscamente e teve a imagem do garoto na porta de entrada do quarto, o menor fechou a porta e caminhou até a cama, se sentando ao lado do mais velho e acariciando seu rosto, em seguida, deu lhe um rápido selar e sorriu.

- Eu estou bem hyung, você precisa ficar bem agora.. não quero que sofra.

- Jeon, existem tantas coisas que quero te dizer, existem tantas coisas que queria fazer..

- Está tudo bem hyung, eu te amo e isso é o que importa, nada e nem ninguém mudará isso.. TaeHyung precisa de você, cuide dele..

- Eu preciso de você, nós precisamos...

- Eu sei, mas não sei se posso, não sei se posso mais..

- Me perdoa, eu te amo tanto..

Jeon nada disse, apenas acariciou os cabelos macios do mais velho e então sorriu, existiam coisas que Jimin tinha vontade de dizer, mas jamais teria a oportunidade, e ele se sentia mal por isso, ele amou Jungkook como amou TaeHyung, e pelo fato de nenhum dos dois estarem bem, não existia mais um suporte, JiHyun não podia os carregar nas costas sozinha, não podia os proteger e deixar os mesmos bem, ela não podia trazer Jungkook de volta.

- Está tudo bem hyung, fique bem e descanse.. durma aqui, eu quero que fique bem.

O garoto beijou o topo dá cabeça de Jimin e voltar a acariciar seus cabelos, o mais velho logo pegou no sono, ele apenas queria seu menino de volta, apenas queria acordar e ver que aquilo foi um sonho ruim e que Jeon ainda estava vivo, ele sentia falta dá paz que o menor o trazia, mas agora, nada disso importava.. Jungkook não ia voltar, não tinha como, Jimin tinha esperanças mas estava quase as perdendo...


Notas Finais


Não revisado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...