História Burn - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Suga
Visualizações 5
Palavras 738
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Go ahead and cry


Fanfic / Fanfiction Burn - Capítulo 2 - Go ahead and cry

Já fazia semanas, não me lembro qual foi a última vez que sai dessa cama e fui ver meus "amigos", as pessoas já não me procuram mais, eles estão muito ocupados vivendo suas vidas felizes, sem ter uma doença que te tira toda a sua vontade de fazer qualquer coisa, ate mesmo de se cuidar um pouco mais, de se olhar no espelho, mas eu não culpo essas pessoas elas devem viver feliz e se orgulhar de sua vida.

Pego o caderno que deixava em baixo da cama e começo a escrever minhas letras isso me acalmava, e eu esquecia de mim mesmo por alguns segundos ou até mesmo horas, começo a criar rimas porém rimas cujo as palavras saíam de meu coração ou se me permite ser mais cliché, palavras que saiam de minha alma. Eu gostava de colocar Min yoongi em cada trecho que escrevia.

Passaram horas e quando tirei meus olhos do meu caderno já não era mais o sol da manhã que eu vi e sim o sol da tarde, o céu estava do jeito que eu mais gostava, era uma mescla de rosa,roxo, laranja e um pouco de azul, o sol estava ao fundo já quase desaparecendo.

Me levanto e fico em dúvida entre comer ou tomar banho,acabo escolhendo a segunda opção,entro na água morna do chuveiro, tomo meu banho aproveitando o toque da água em meu corpo, dou um pequeno sorriso por apreciar tanto essa sensação,fecho meus olhos e fico parado. Depois de alguns minutos sem me mover decido me esfregar e então sair por fim do banheiro.

Me seco e visto uma roupa,hoje como mais um dia comum não sentia vontade de fazer nada, porém eu necessitava me alimentar não me lembro qual foi a última vez que o fiz. Por fim decido pedir uma pizza em algum lugar aleatório, torcendo para que a entrega não tardasse muito.

Fiquei esperando por longos e longos minutos e nada, ou o entregador havia se perdido ou abduzido.

Decido sair em busca de minha pizza,porém quando abro a porta me deparo com um garoto de cabelos escuros segurando o que eu poderia ter certeza ser a minha pizza.

-Uh- O garoto parece ter percebido meu olhar se trocando entre a pizza e ele.-Isso deve ser seu,provavelmente confundiram o apartamento- ele sorri.

-Provavelmente mas mesmo assim você não deveria pegar as coisas assim os moradores dai podem não gostar.- Digo pegando a pizza que ele me entregará.

O garoto me encara meio incrédulo mas logo sorri.

-Eu moro aqui,já fazem tipo um ano!- Ele ri mais um pouco, e dessa vez eu o encaro incrédulo, eu não fazia ideia que o garoto era o meu vizinho da frente.

-Me desculpe eu realmente não sabia!-

Digo meio atordoado.

-Não tem problema! Me chamo Jeon Jungkook a propósito - Ele volta a sorrir, parecia até ser uma mania.

-Me chamo Min Yoongi, foi um prazer!-

Digo calmo e me viro já encontrando minha porta entre aberta.

-Até depois vizinho!- O garoto ponderou antes de entrar em sua devida casa, e eu repeti seus movimentos porém entrando na minha casa.

Comi a minha pizza calmamente, mas isso não durou muito pois pousei meu olhar sobre a casa e vi como estava suja e que eu devia limpar aquilo,porém não sentia forças para fazê-lo, e comecei a pensar em quanto eu era inútil por não conseguir nem mesmo fazer uma simples tarefa doméstica cotidiana, e em questão de segundos fui tomado pela tristeza e as lágrimas desciam sem meu consentimento mesmo eu não querendo chorar, mesmo que eu quisesse mudar eu via que mais uma vez não tinha forças.

Eu estava abraçado em minhas pernas e chorava baixo, nem meu própio choro eu gostava de ouvir, essa e uma dos momentos que você percebe o quanto você odeia a si mesmo, não tinha idéia de quanto tempo eu estava assim, já era manhã e mais uma vez eu não durmi.

Com algum custo me levantei podia ouvir meu celular tocar em algum cômodo da casa porém não sabia ao certo onde, busquei por alguns segundos quando o encontrei, percebi que era meu irmão que me ligava eu sorri verdadeiramente, eu sentia falta do mesmo então o atendi.


Conversamos por longas horas e no final ele disse que estava vindo me ver, o que me fez entrar em um mini estado de pânico ele viria em menos de cinco horas, e para ele eu havia "superado" a depressão, ele não podia ver a casa nesse estado em hipótese alguma.


Notas Finais


Eu escrevo esses capítulos quando não estou completamente mal, então não sei quando vou escrever ou se até mesmo vou terminar isso anyway ngm liga.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...