História Burning - SKAM - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Skam (Vergonha)
Personagens Chris Berg, Christoffer "Chris", Eskild Tryggvason, Eva Kviig Mohn, Noora Amalie Sætre, Personagens Originais, Sana Bakkoush, Vilde Hellerud Lien, William Magnusson
Visualizações 57
Palavras 642
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia
Avisos: Álcool, Drogas, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey,

Apartir desse capítulo irei postar uma  dica de música  em cada capítulo.

Capítulo 4 - 3



Música : Hey Brother -  Avicii

                           ***

Vou atrás dela passando pela casa onde,chamamos Eva e Sana.Abraço Eva de lado,que estava mais bêbada que minha tia no ano - novo e vamos ao encontro da Chris que estava com  Vilde do outro lado da rua sentada na calçada.Seguro Eva e o seu  cabelo para vomitar.

- Você está bem Vilde?

A garota afirma com a cabeça não parecendo estar muito afim de falar sobre o William.Quando a ruiva termina e a olho sorrindo sem mostrar os dentes.Sento com ela na calçada e apoio o peso do corpo na mão  inclinando para trás afim de olhar o céu.

SABADO - 09:50

Minha cabeça doía um pouco,resmungo me cobrindo mais.Abro os olhos devagar fitando o teto,as lembranças.Chris,nada mal,muito bom na verdade.Rio de mim mesma,não iria ficar com ele de novo para evitar um futuro drama,aprendi a me precavir porquê o destino era bem sacana quando queria.Estico o braço alcançando o celular no criado mudo,deslizo a tela de bloqueio rindo ao ler as mensagens das garotas no grupo.Depois que sentamos na calçada passamos um bom tempo conversando e rindo,rindo muito.Deixo o celular ao meu lado na cama e levanto ao me espreguiçar no quarto escuro,abro as janelas puxando a cortina para que a luz do sol entrasse iluminando todo o lugar.Depois de um demorado banho na água quente visto um moletom descendo para cozinha.Pego dois pães de forma os colocando na torradeira,tiro eles passando geléia e coloco num prato indo para sala,sento ao lado do Dominic.

-Olha só quem acordou

- Bom dia,Dom.Como foi ontem?

- Foi legal,você chegou um pouco antes de mim?

Ele fala pegando metade da minha torrada.Irmãos.

- Sim..- mordo mastigando devagar.- Mais sóbria também.

- Engraçadinha você, Camile.O Marc não curtiu muito o seu horário de chegar, já falou com ele ?

- Não ainda.- suspiro olhando para a TV. - A mãe deve ter enchido o saco dele sobre mim,sabe sobre discursos de coloque limite,horários...

- Como foi na sua amiga?

- Foi bem legal...

Dom ri me olhando e pisca.

- Sabe que está morando com seus irmãos? Não precisa mentir,pelo menos para mim.Chegando em casa viva, eu não  ligo.

O abraço de lado beijando sua bochecha.

- Como pude ficar dois anos sem você?

Levanto o soltando para lavar o prato.Dom sempre foi de boa,ele não ligava para muita,mas Marc era o oposto,ele era o responsável,preocupado e que pegava no pé.
-Bom dia , Cam.
A voz do Marc me tira dos meus pensamentos e olho entar na cozinha pegando uma caneca e se servindo  de café.

- Oi Marc,como está?

Ele coça a nuca bebendo o seu café e deixa a xícara na bancada.

- Bem.Eu preciso falar com você, não quero ser chato mas nossa mãe me passou várias regras e condições para você  ficar aqui,sei que deve imaginar  quais são.

Eu sei quais são. Esse foi outro motivo para me mudar, as vezes acho que ela não faz por mal mas ela controla tudo e qualquer coisa fora do seu controle e motivo para discussão.Eu meio que me sentia presa, não  gostava de ter que mentir porquê queria dançar com minhas amigas ou desistir disso
para não causar uma briga.Eu odeio ter que escolher entre duas coisas que não é o que realmente quero.

- Eu sei.-  respondo o olhando.

- Parece que ela exagera mas não é por mal.Só me avise,sem mentir onde está e tente chegar mais cedo.Não quero causar problemas entre nós.

- Não vai,na próxima eu farei os dois.Vou subir para pegar minha bolsa,eu planejei conhecer o centro hoje.

-Certo.Não posso ir agora mas no almoço ,podemos almoçar juntos?

- Claro, Marc.Manda uma mensagem.

Sorrio antes de subir as escadas para desconectar meu celular do carregador.Entro no twitter passando pela timeline e twittando

@rory_cam : primeiramente que festa sensacional

@rory_cam: segundamente se eu soubesse como tinha cara gostoso aqui tinha vindo antes

@rory_cam :Podia ter durado mais,que beijo  gostoso, mas blz

@rory_cam : amando esse lugar 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...