História Buscando o sentido da vida - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Ódio, Suícidio
Exibições 37
Palavras 715
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - Amar as vezes dói


Fanfic / Fanfiction Buscando o sentido da vida - Capítulo 8 - Amar as vezes dói

P.O.V Liz
  Sabe como e desejar morrer, desejar nunca ter existido. As vezes eu só quero poder sumir, parar de sentir essa dor. As pessoas falam que vai melhorar, que isso é questão de momento mas será mesmo?
   Meus pensamentos foram interrompidos por Lara.
    —vamos mãe, o médico ja te liberou mas você vai te que volta daqui três dias. Ela disse
    — vamos sim. Eu disse forçando um sorriso.
    Ian entrou no quarto, querendo conversar comigo.
    — Lara será que pode dar licença para eu poder conversar com sua mãe? Ian falou.
    —mãe você quer conversar com ele? Lara disse.
    —Sim pode ir, eu já estou indo. Falei.
   Eu não sei se queria falar com ele sobre a gravidez agora, não estava pronta, pra falar a verdade eu nem estou acreditando ainda.
    —oi amor. Ian falou
    —oi será que pode ser rápido?
    —me perdoa, eu não sabia que ia te magoar tanto assim. Eu realmente estou muito arrependido.
    —Ian eu estou muito magoada com você, como você pode fazer isso comigo? Você sabe que eu te amo, e eu te amo muito. Você achou que eu fosse uma idiota?
    —claro que não, mas você sabe que nos tínhamos dado um tempo. Eu achei que você não ia ligar. Mas agora você está agindo como criança.
    — Ian você transou comigo, eu pensei que depois disso nos tínhamos voltado. Ou dormir comigo foi só uma diversão? Não significou nada pra você?
    —olha eu não tenho culpa de você achar que só por dormiu comigo e já estava tudo bem entre nós. Porque eu sei como é te aguentar todo dia, esse seu mal humor, ninguém aguenta ficar perto de você nem sua filha!
    —porque está falando assim comigo? Então não significou nada pra você? Nem quando falou que me amava?
    —Liz não chora me desculpa falar assim com você, não foi a intenção te deixar mal. Olha nosso casamento não estava muito bem e você sabe. Eu dormir com você, mas eu pensei que você não queria voltar. E se eu fiquei com aquela mulher foi pra tentar te esquecer pois não estava sendo fácil pra mim. Volta comigo amor, eu quero te ajudar, não aguento te ver morrendo na minha frente sem eu poder fazer nada.
    —eu te amo Ian, e você sabe disso. Mas eu não sei, vamos conversar mais tarde.
    — tudo bem Liz, Eu também te amo. Vamos?
    — vamos.
   Ele me ajudou a levantar, pegamos minhas coisas e fomos. Ian sempre foi um bom esposo para mim, eu entendo o lado dele, e acho que eu fui muito egoísta em pensar que depois de darmos um tempo ele não ficaria com mais ninguém. Eu não queria que Lara ficasse sabendo da nossa separação então nós resolvemos manter em segredo até acharmos um tempo pra conversar melhor, então vou esclarecer tudo pra ela, pois ela esta com muita raiva do pai.
    — mãe podemos ir agora? estou morrendo de fome. Lara disse.
    —podemos sim filha.Ian você está com meu carro ai? Perguntei
    — estou.
    — mãe eu vou com o Tom.
    —está bem então. Vamos, encontro vocês lá em casa.
   Seguimos todo o caminho calados, chegamos em casa mal podia esperar para tomar um banho, então subi e fui direto ao banheiro. Tirei a roupa bem rápido e entrei. Senti a água cair sobre o meu corpo, foi ai que vi um pedaço de espelho quebrado não pude evitar a vontade, então peguei aquilo do chão quando estava aproximando de mim ouvi Lara me chamar.
      — mãe desce logo, eu quero muito ficar perto de você.
      —ta bom, já estou descendo.
   Joguei aquilo fora, vesti uma roupa e desci.
      — mãe senta aqui perto de mim.
      — Lara eu preciso conversar com você, e sobre seu pai.
      —mãe eu ouvi oque ele fez com você, não precisa explicar.
      — não foi bem isso que aconteceu, eu e seu pa..
    Fui interrompida por uma ligação.
      — oi quem é?
      —oi Liz e aqui da clínica onde você trabalha.
      —ata, oi tudo bem? Eu não fui pois eu estava no hospital, mas eu vou justificar a falta e amanhã bem cedo eu estarei ai.
      —é nós já estamos sabendo, é sobre isso que precisamos conversar, e é muito sério te espero aqui amanhã!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...