História Buscando o sentido da vida - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Ódio, Suícidio
Exibições 39
Palavras 917
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 9 - Uma Noite maravilhosa


Fanfic / Fanfiction Buscando o sentido da vida - Capítulo 9 - Uma Noite maravilhosa

P.O.V Lara
   Hoje meu dia estava realmente bom, eu estava feliz, mesmo com acontecimentos ruins minha mãe estava comigo agora.
    —Mãe tudo bem, quem era na ligação? Perguntei
    —era do meu trabalho, eles querem que eu vou la amanhã. Ela disse
    — Mãe você tem que ficar de repouso não pode ir amanhã, você sabe.
    —eu vou ir de carro e rapidinho.
    —então ta toma cuidado viu.
   Acho que ela acabo esquecendo do que ela ia falar do meu pai, vou deixar pra lá afinal não estou interessada em saber. Meu pai foi fazer o jantar enquanto eu, Tom e minha mãe ficamos vendo TV.
    —então mãe como vc está agora? Falei em busca de algum assunto.
    —eu vou bem e vc? Ela disse
    —também.
    — e você Tom? Perguntei
    —bem. Ele falou.
   Ficamos o resto do tempo calados olhando pra TV. Eu estava deitada no colo da minha mãe enquanto Tom estava sentado numa poltrona.
     —Está pronto! Meu pai gritou
  Sentamos na mesa. Tenho que confessar que a comida estava ótima. Comemos tudo sem trocar uma palavra, estava um clima estranho, resolvi então chamar todo mundo para ver um filme. Mas já era 23:30 e todo estava cansado, minha mãe subiu para o quarto, meu pai foi tomar um banho então ficamos só eu e Tom na sala.
    —Tom você está cansado? Perguntei
    —um pouco Lara.
    —você quer dormir aqui?
    —eu adoraria, mas será que sua mãe e seu pai vai deixar?
    —eu não sei vou perguntar minha mãe e já volto.
   Subi as escadas torcendo para minha mãe deixar. Abri a porta e entrei no quarto, ela estava deitada lendo um livro.  
    — oi mãe.
    — oi Lara.
    —então, é que eu queria te pedi uma coisa.
    —senta aqui, fale oque você quer?
    — então mãe eu queria que o Tom dormisse aqui, pode?
    —pode sim, se quiser que eu arrume o quarto de hóspedes pra ele.
    —então mãe, eu queria que ele dormisse no meu quarto.
  Ela parou de ler o livro e me olhou.
    —espera, mas vocês não eram amigos?
    —então mãe, eu...
    —não precisa explicar, olha por mim tudo bem.
     —sério, você é a melhor mãe do mundo.
      Quando estava saindo do quarto ela me chama e fala.
      —use camisinha em.
      —deixa de ser chata mãe.
    Ela me olhou e riu.
    Eu realmente estava feliz, então chamei Tom para o quarto, nos ficamos conversando por bastante tempo, sobre vários assuntos de nossas vidas. Desci para pegar um refrigerante para nós, quando cheguei lá e abri o refrigerante estava com gás então derramou na minha blusa, eu a tirei para trocar por outra ja que essa estava toda molhada.
      —nossa Lara parece que fez isso para me provocar ne.
      — eu? Claro que não. Falei dando um sorriso
      Ele veio colocou as mãos em minha cintura enquanto beijava todo meu pescoço de uma forma suave que me despertou calor. Eu me virei e encaixei minha boca na sua, o beijo começou a ficar mais quente, quando coloquei minhas penas por volta da sua cintura, ele foi me guiando até a cama e me deitou. Tirei sua camisa enquanto ele beijava meu corpo todo.
    —Lara, você quer isso. Ele disse
    —sim eu quero muito. Falei retomando o beijo.
    Ele beijou meu pescoço até chegar na minha barriga abriu suavemente minha calça e a tirou, enquanto ele mesmo tratou de tirar a sua. Estava muito nervosa pois eu ainda era virgem, mas fui tomada pelo prazer. Ele colocou a camisinha, depois puxou a minha calcinha com a boca. Ele me penetrou suavemente, mesmo assim me fez gemer de dor no começo, mas depois foi só de prazer. Depois deitamos e ele ficou fazendo carinho em minha cabeça até eu dormir.
     P.O.V Liz
  Eu e Ian não estávamos muito próximos então ele apenas deitou do meu lado e dormiu sem trocar uma palavra comigo. Acordei bem cedo depois de uma noite mal dormida, me arrumei pois tinha que sair. Foi então que lembrei do meu caderno, procurei ele pela casa toda perguntei ao Ian se ele havia pegado mas ele disse que não, então só pode está com a Lara caminhei até o seu quarto abri a porta enquanto falei
       —Lara! Você pegou me.. me..
       —Mãe!!
     Lara estava deitada seminua com Tom minha cara queimou de vergonha.
       — nossa mil perdões, continuem o que estavam fazendo. Pera não continuem não, é melhor eu sair.
     Eu definitivamente tinha esquecido que o Tom tinha dormido aqui, ai que vergonha. Fui até a cozinha preparei o café, subi chamei Ian pra descer. Sentamos na mesa quando vi Lara e Tom descendo.
     —Bom dia gente. Lara falou
   Ela ainda parecia envergonhada.
     —Bom dia. Tom disse
     —Ue Tom, você dormiu aqui? Ian perguntou
     —dormiu sim, eu deixei. Afirmei
    Ele me olhou com uma cara nada contente mas eu nem liguei.
      — Lara você pode pegar fazendo favor meu cigarro lá em cima.
      —Mãe você não pode fumar esqueceu.
      —Ue porque não?
      —Você está grávida, não pode.
     Ian olhou com uma cara de nervoso para mim e disse:   
      —Grávida como assim? Você pode me explicar isso liz?
 
    



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...