História Buscarei vingança - Capítulo 28


Escrita por: ~

Exibições 13
Palavras 1.360
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 28 - Luta


Fanfic / Fanfiction Buscarei vingança - Capítulo 28 - Luta

Acordei, levantei, fiz minhas higienizações e tomei café.

Fui para sala assistir.

Gus me ligou.

Gus: Li?

Eu: Oi.

Gus: Tudo bem?

Eu: Sim e com você?

Gus: Sim.

Eu: Vem hoje?

Gus: Não

Eu: Essa missão é o que mesmo?

Gus: Secreto. Só queria se estar bem. Tenho que ir.

Eu: Ta bom.

Gus: E-eu te...

Eu: Continua.

Gus: Xau.

Eu ri.

Eu: Xau.

Desliguei o telefone.

Recebi uma mensagem.

"Nada é o que parece. --O"

Pensei: No que O está se referindo? Olieyver? Como ele sabe? Só Romeu sabe.

Na mesma hora veio o que meu pai me disse em um sonho, "Predadores estão por toda parte".
Romeu não ia fazer isso comigo.

Voltei a assistir.
Fiquei com o pensamento confuso. Então depois da uns minutos fui até a casa do Romeu.

Eu:  Romeu?

E nada.

Eu: Romeu?

E nada.

Decidir e até RSC.
Fui com um agente, por segurança.
Cheguei e falei com a atendente.
Ela disse que ele estava na sala de treinamentos.
Fui com o agente até lá.

Ele estava conversando com umas pessoas.
Eu fiquei um pouco afastada esperando por ele.
Logo mais ele veio até mim.

Romeu: O que faz aqui?

Eu peguei meu celular com a mensagem de O na frente e mostrei para ele.

Eu: Foi você que mandou isso?

Romeu: Não.

Eu: Só você sabe do Livio Olieyver.

Romeu: Eu e vários agentes. Ou você esqueceu que sair perguntando a vários aí.

Eu: Mais isso não faz sentido.

Romeu: Nada é o que parece.

Eu: Citando O agora?

Romeu: Quero que você pense.

Eu: Está dizendo que eu sou burra.

Romeu: Se O sabe que você está a procura dele, sabe que você encontrou esse tal de Olieyver. E se Olieyver for O, provavelmente ele não ia querer que você achasse que é ele e por isso mandaria mensagens erradas para você se confundir.

Eu: Eu realmente estou confusa. Mas como vou saber que você não é O?

Romeu: Se eu quisesse te matar, eu não ia fazer isso agora, até porque tive muitas oportunidades.

Eu: E se você mandou outra pessoa?

Romeu: Certeza que se eu fosse O, eu ia querer te matar cm minhas próprias mãos.

Eu: Será?

Romeu: Pensa comigo. Eu sou O, seu pai fez alguma coisa a mim ou a alguém que eu amo. Eu quero me vingar, você acha que eu mandaria alguém te atropelar, te empurrar da escada do colégio para te matar?

Eu: Talvez?

Romeu: Pensa Ju.

Eu: Se eu estivesse no lugar dele eu ia querer fazer com minhas próprias mãos.

Romeu: Esse é o ponto onde queria que chegasse.

Eu: Ta.

Ele tocou no meu rosto.

Romeu: Ju, eu nunca te mataria. E você mais do ninguém sabe disso.

Eu abracei ele.

Eu: Desculpa.

Romeu: Não precisa se desculpar.

Eu puxei ele.

Eu: Tô afim de treinar.

Romeu: Que tal uma luta?

Eu: Por mim tudo bem.

Romeu: Está preparada?

Eu: Sim.

Romeu: Estou te chamando porque vc disse que o Augustus estava te treinando. Creio que ele então deve ter te mostrado como se faz em uma luta.

Pensei: O Gus na verdade não me ensinou como se luta, apenas me preparou fisicamente. Mas mesmo assim eu queria ter essa experiência.

Eu: Eu vou lutar.

Romeu: Vem.

Romeu me levou ao ringue.
Primeiro me apresentou ao pessoal que estava lá. E eu tive que esperar uma luta que estava rolando. Depois que a luta terminou, eu fui lutar com um garoto.

Agente 53: Ela não vai conseguir. Ele é muito forte pra ela.

Eu subir no ringue.

Agente 47: Tira ela daí Romeu.

Romeu: Ela consegue.

O agente 53 riu.

Começamos a luta.

O cara me deu um golpe frontal com o punho. Depois aconteceu um Knockdown, ou seja ele me deu um soco e eu caí.

Agente 53 riu.

Agente 53: Eu disse que ela é fraca.

Romeu: Cala a boca.

Eu levantei.

Dei um cruzado no homem. Ele veio pra cima para dar um swing e eu dei uma esquiva.

Romeu: Talvez ela não seje tão fraca.

Por fim eu dei uma sequência de socos e ele ficou em posição de guarda. Ele cansado pediu para parar.

Agente 47: Até que não foi mal.

Eu respirava profundamente.

Romeu: Não subestime uma mulher.

Agente 53: Mais uns minutos e ela perdia.

Eu ri.

Eu: Nesse mundo, meninas inteligentes sempre conseguem o que querem.

Romeu: Deveria ter ficado calado.

O agente 53 e e 47 não falaram nada.

Romeu: Vem Ju.

Eu fui com ele e sentei em um banco afastado na mesma sala.

Romeu me olhou e tocou no meu rosto.

Eu: O que foi?

Romeu: Você se machucou.

Eu toquei no meu rosto. Estava sangrando.

Eu: Ta muito feio? Minha mãe vai me matar.

Romeu: Calma, só foi um arranhão.

Eu: Ele é muito pra mim. A sorte foi que ele cansou.

Romeu: Mas você foi bem.

Eu: Se eu te contar que nunca lutei, você acredita em mim?

Romeu: Mas você disse que o Augustus...

Eu: Talvez ele não tinha chegado nessa parte ainda.

Romeu: Juliet.

Eu: Agora tô sentindo a dor.

Romeu: Vou pegar o kit de primeiro socorros.

Eu: Ta.

Ele saiu.

Os agentes vieram até mim e pediram desculpa, eu os perdoei.
Eles viram o Romeu se aproximar e saíram.

Romeu: O que eles queriam?

Eu: Pedido de desculpas.

Romeu começou a fazer um curativo.

Eu: Aí.

Romeu: Fresca.

Eu: Vamos pro ringue.

Romeu: Não te subestimo.

Eu: Haha.

Ele terminou o curativo.

Eu: Obrigada.

Ele ficou me encarando.

Eu: O que foi?

Romeu: Mesmo depois de umas quedas e socos, você ainda continua linda.

Eu: Eu sei.

Dei um beijo na bochecha dele.

Ele riu.

Romeu: Convencida.

Eu: Você não imagina o quanto.

Romeu: Obrigada.

Eu: Pelo o que?

Romeu: Por me fazer bem. Minha mãe ainda tá no hospital, teve umas complicações. Tive que vim trabalhar para comprar os remédios dela. Até então não estava muito bem.

Eu: Porque não me disse?

Romeu: Não quero que se preocupe com ela. Você já tem problemas por demais.

Eu: Você, ela, nunca me encomodarão. E mesmo que vocês estejam felizes, pulando de alegria, eu sempre vou me preocupar com vocês.

Ele ficou emocionado.

Romeu: Eu poderia dizer mil coisas para você nesse momento, te dizer o que eu sinto e o que eu nunca deixei de sentir, poderia te abraçar e te beijar. Mas se fizesse isso, eu estaria me ferindo. Sei que você e o Augustus deve ter alguma coisa e se ele é quem você realmente quer, eu te respeitarei.

Eu: Você poderia fazer isso tudo e mesmo assim eu não consideraria uma falta de respeito. Nós tivemos uma história, alias, ela ainda continua. E você dizer isso, os motivos para você me respeitar e me amar só me faz querer...

Caiu uma lágrima do rosto dele.

Romeu: Você me ama?

Eu enxuguei a lágrima.

Eu: Eu preciso ir.

Pensei: Eu não poderia dizer isso para Romeu. Não sem terminar tudo com o Gus. Eu gostava do Gus, mas o Romeu, eu o amava. Eu nunca deixei de ama-lo.

Eu levantei.

Romeu: Não vá.

Eu: Eu preciso.

Romeu: Pelo menos termine o que você ia dizer.

Eu: Outra hora.

Ele segurou minha mão.

Romeu: Eu te espero.

Eu dei um beijo no rosto dele.

Eu: Sei disso e agradeço.

Eu sair da RSC acompanha de um agente.

Eu sai da RSC disposta a terminar qualquer possibilidade de ficarmos juntos. Eu gostava dele e me sinto péssima por ter dado esperança a ele. Mas eu não poderia deixar o amor da minha vida para trás. Então eu tinha que dizer ao Gus, mesmo que isso doa em mim e nele.

Fui para casa.

Quando cheguei, liguei para o Gus.

"Esse número está fora de área ou desligado".

Desliguei o celular e fui assistir.
Mais tarde tentei novamente e não deu em nada.
 
Passei o resto do meu tempo assistindo.

Tinha uma mensagem no meu celular. Minha mãe tinha viajou a trabalho.
E por isso à casa estava rodeada de agentes me protegendo.

Comi qualquer coisa, fiz minhas higienizações e fui dormir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...