História Butterflies and Dragonflies. - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally Brooke, Camila Cabello, Camren, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Normani Kordei
Exibições 49
Palavras 1.775
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nota das autoras: Manteigas derretidas como eu,recomendo que utilizem lenços. Para escrever esse capítulo,ouvimos algumas músicas já que a Leeh é uma amante da música. Quer quiser ouvir,pode ligar a música quando escrevermos "Play". Boa leitura.
PLAY 1- Mercy-Shawn Mendes
Play 2-We cant stop(versão Boyce avenue feat. Bea Miller)
PLAY 3-A thousend Years-Christina Perri.

Capítulo 9 - Capítulo 9


Fanfic / Fanfiction Butterflies and Dragonflies. - Capítulo 9 - Capítulo 9

New York. 2021.

POV LAUREN

    Tudo o que meus olhos viam eram fios de luz, meu sistema auditivo deveria estar mais aguçado já que as vozes pareciam cada vez mais altas e próximas. O ar condicionado exercia sua função e enviava sopros gelados contra minha pele sensível ,alguém abriu a porta da geladeira já que a mesma apitava generosamente.
    Minha visão estava melhorando mas ainda era frágil ,há vultos,cinco no total, mas quem eram? O que aconteceu e porque estou aqui? Camila, ontem no parque...eu vi a Camila ,ela estava lá me olhando como se aprecia uma obra de arte, era como se eu fosse um quadro e ela quisesse desvendar o que existe atrás dos traços precisos e delicados.
Após forçar a visão mais algumas vezes,consigo reconhecer alguns vultos. Dinah estava aos prantos ao lado da escrivaninha do meu quarto ,Normani estava olhando a vista através da janela mas seu olhar estava perdido,é aquele olhar que você fixa em algo mas não está necessariamente pensando sobre ele, Ally estava segurando minha mão em um pedido silencioso de força, Marie -a governanta da casa- estava sentada ao lado de...Camila! Tenho certeza que nesse momento minha expressão facial entregava meu espanto.
   O que ela estava fazendo ali? E porque estava com os olhos inchados e olheiras horríveis? .Antes mesmo que eu pudesse dizer algo, ela levanta em uma velocidade incrível e bate a porta, o estrondo percorre todo o quarto deixando claro a saída de alguém, tenho certeza que ela se escorou na porta já que seus soluços eram audíveis. Mani saiu de seus devaneios após o baque da porta contra a parede ,Dinah levanta rapidamente e Ally afrouxa o aperto contra minha mão.
[PLAY 1]
-"Lo, que bom que você acordou."- Ally diz com os olhos marejados, -"O que está acontecendo?"- Pergunto assim que consigo formular uma frase coerente, tudo está tão confuso. -"Você desmaiou à três horas atrás bunda branca, Camila te levou até o apartamento dela e ligou pra mim ir te buscar, o médico fez alguns exames rápidos e ,aparentemente ,não é nada com que deve se preocupar."- Dinah explicou de forma simples .

-"Acho que isso aconteceu por conta do seu reencontro com Camila, foi uma grande surpresa para todas nós."- Eu sabia do que Mani falava,ela queria expor sua opinião sobre o assunto,o problema é que eu não queria ouvir nada direcionado à ontem.
-"Não quero falar sobre ontem Normani. Está tudo resolvido."- Levanto da cama com cautela,afinal não sei como está meu sistema ósseo.

-"Tudo resolvido Lauren? O que está resolvido? Vocês não vão conversar?"- Normani grita. O que ela quer que eu faça?

-"ELA ME DEIXOU PORRA"- Grito sentindo meu peito doer pela lembrança indesejada.

-"Ela não queria isso Lauren, Camila esteve um caos desde que se mudou de Miami, ela não teve escolha."- Dinah diz ,tenho impressão que todos estão se segurando para não chorar.

-" Ela tinha escolha sim Dinah, todos temos, eu a amava com todas as minhas forças e isso não foi o suficiente para fazê-la ficar"- Digo sentindo meus olhos marejar mas não deixo uma lágrima cair pois sei que se isso acontecer,todas as outras cairão.
-"Ela se sentia feia Laur,achava que não era o suficiente para você...".

-"E EU ALLY? ELA PAROU UM SEGUNDO PARA PENSAR EM COMO EU ME SENTIA? EU A AMAVA COM A PORRA DO MEU CORAÇÃO, NÃO COM OS OLHOS!" - Deixo as lágrimas antes presas,molharem livremente meu rosto.
-"Ela fez isso por você, não houve um pingo de egoísmo Lauren, ela sabia que iria morrer diariamente e mesmo assim decidiu morrer à ver você sofrendo. Dinah foi visitar ela duas vezes e não teve um segundo sequer em que os olhos dela não brilharam quando contávamos sobre como você estava feliz com a nova vida em New York. Camila se contentava com sua felicidade Laur, ela era feliz quando sabia que você estava feliz mas sempre sofreu mortes diárias. A doença regrediu à três anos atrás, à dois anos ela recebeu a notícia da cura."- Normani diz com os olhos vermelhos pelas lágrimas que caiam compulsivamente.

    Sai do quarto sem olhar pra trás,eu nao podia ficar naquele lugar ouvindo elas jogarem em mim todos os acontecimentos dos últimos anos. Agora eu sou uma mulher,não sou mais uma garota ,não posso me abalar tão facilmente . Porque ela tinha que aparecer? Não é justo droga .
[Play 2]
    Senti as lágrimas grossas banhar meu rosto desde a saída do apartamento até o Ö'Coffe ,sempre venho nesse café quando quero pensar sobre algo,nesse caso sobre alguém. Eu amava tanto aquela garota,amava a forma que ela sorria bobamente quando me via concentrada em algo,amava tudo que fizesse parte dela,cada pequeno pedaço me encantava, era como se minha caixinha de felicidade se encontrasse nela,todos os contos de fadas se tornavam mais encantadores conforme os dias passavam porque eu sentia o que a bela sentia pelo fera,sentia o que a pequena sereia sentia pelo seu príncipe. Ela fazia parte do meu conto de fadas, era a melhor parte dele.
Eu queria ser seu último e único amor da mesma forma que ela era para mim, mas sabia que não era,sabia e a odiava por isso. A odiava por não se importar comigo,eu odiava Camila por te me deixado naquela noite.

     Sinto uma mão macia tocar minha mão em cima de minha coxa, automaticamente procuro a pessoa que tenha feito tal ato, e lá está ela,com os olhos tão vermelhos quanto os meus, fixamos nossos olhares ,faz tanto tempo desde a última vez que fizemos isso, os olhos dela estavam mais escuros por conta da quantidade de lágrimas que caiam dos mesmos, sempre trocamos olhares intensos, tentávamos a todo custo transmitir a intensidade de nossos sentimentos através do olhar, dessa vez tristeza era tudo o que aquela conexão expressava de ambos os lados.
Ela sempre amou a tonalidade azulada que predominava quando meus olhos estavam banhados em lágrimas mas sempre odiava vê-los de tal forma porque significava lágrimas e minha tristeza destruía ela de uma forma assustadora. Uma vez eu chorei porque minha mãe estava muito triste,nunca vi Camila tão perdida como naquele dia, ela tentava ficar o mais firme possível para me passar segurança mas ela chorou desesperadamente quando soltei o primeiro soluço.

     Lá estava ela,na minha frente,chorando e eu não sabia se era por conta das minhas lágrimas ou se era algo pessoal . Tiro minha mão do aperto suave que suas mãos macias faziam contra a minha.
-"Sai de perto de mim agora Camila!"- ordeno e seco as lágrimas com a costa da minha mão.
-"Lauren,me ouve por favor"- A voz dela estava tão trêmula, era quase palpável seu desespero.

-"Não temos nada para conversar, sai da minha mesa, eu quero ficar sozinha".
[Play 3]
-"Por favor Lolo"- Lolo? Porque você precisava me chamar assim Camz? Para por favor. Sinto uma lágrima solitária descer pela minha face. Camila franziu o cenho diante à lágrima, eu sabia o quão dolorido foi para ela presenciar o ato.

-"Seja breve,tenho planos para daqui a pouco."- Planos? Não, eu não tinha nenhum, só iria para o meu apartamento chorar em um canto isolado,mas isso é um plano,não é?

-"Desculpa por tudo, eu te amo e não vou interferir na sua vida..."

"VOCÊ ME AMA ? ISSO É A PORRA DO AMOR CAMILA?SE ISSO É AMOR, EU NÃO QUERO,ELE É PODRE,MACHUCA E EU ESTOU SENTINDO A MERDA DO MEU CORAÇÃO SANGRAR. " - Não deixo ela terminar a frase, jogo minhas dores em sua cara .Agradeço mentalmente por ter me sentado em uma mesa afastada das demais.

-"Eu sei que fui uma pessoa ruim Lauren,eu sei.Me machuquei e doeu infinitamente saber que você também estava sofrendo. Por favor me perdoa. É errado mas eu não me arrependo, só me arrependo da dor que te causei inicialmente mas do resto não tenho um pingo de arrependimento, você não merecia ficar com alguém que estava morrendo, o que você seria quando eu morresse? "- Diz com lágrimas nos seus olhos castanhos .

-"Eu seria então o amor de toda a sua vida Camila , você não morreu e eu estaria com você até agora se você não tivesse me deixado"- Sinto ao mágoa me preencher.

-"Eu não te deixei em momento algum,nosso amor não acabou".

-"VOCÊ ME DEIXOU NAQUELE MALDITO DIA, NO QUINTAL DA SUA CASA,AJOELHADA NAQUELE CHÃO ENQUANTO A CHUVA ME INUNDAVA, VOCÊ FOI EMBORA E NEM OLHOU PARA TRÁS. VOCÊ ME RASGOU COMO SE EU FOSSE A PORRA DE UM PAPEL,VOCÊ ME QUEBROU CAMILA".-

-"Não Lauren,estava te protegendo de mim. Eu estava te protegendo do caos que eu estava me transformando. Aquela Camila estava doente e ninguém sabia o que seria dali pra frente. Eu nunca te deixei,sempre estive com você".

-"Esteve comigo Camila? Você sabia que eu entrei na faculdade dos meus sonhos? Sabia que eu pintei meu cabelo de preto? Você soube que eu tenho duplo diploma porque minhas matérias eram avançadas e tirei 6 apenas em Linguagens financeiras? Sabia o básico? Você me deixou sim Camila,minha Camz morreu e eu não sei lidar com esse luto até hoje. Estou quebrada em incontáveis pedacinhos por que a razão deles estarem no lugar não está mais aqui".

-"Você tirou 6 em LF no primeiro semestre da faculdade , tirou a habilitação apenas em 2020 porque tinha medo de atropelar alguém já que sempre foi desastrada, chora em todos seus aniversários e eles deixaram de ser importantes para você, na sua formatura você dançou com Christopher já que seu irmão pisava menos no seu pé do que seu pai, pintou seu cabelo em um domingo de 2019, seu primeiro caso foi o de uma garotinha camada Carly, cresceu cinco centímetros nos últimos anos e seu médico disse que não crescerá mais. Os melhores chocolates que já comeu foi os que mandei entregar na sua porta no verão de 2020 . A Camz não morreu e ela sabe que a Lolo está bem . Eu só precisava me certificar de uma coisa e já me certifiquei ."- Sai logo depois de terminar sua fala.

-"CAMILA?"- Ela se vira em um pedido silencioso para que eu prossiga. -"Você precisava se certificar do que ?". Ela sorri -"Você ainda é a mesma garota de cinco anos atrás que ficava brava quando eu levava chocolate invés de jujubas e você ainda odeia as verdes "- Ela se virou em direção à porta e se foi.
Olhei para a mesa e tinha jujubas dentro do pires,todas as cores possíveis estavam lá, menos a verde. É claro que ela sabia .
Ela sempre sabe.


Notas Finais


Hey guys,tudo bem com vocês? Espero que sim. Gostaram do capítulo? Adoramos escrevê-lo e foi muito emocionante.
Até mais harmos💜
Beijos de Luz.Vero🌈
Com flores,Leeh🌼💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...