História BUTTERFLY/ONE-SHOT - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Anne Miller, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga
Visualizações 8
Palavras 2.422
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oláááá

Capítulo 1 - BUTTERFLY


Fanfic / Fanfiction BUTTERFLY/ONE-SHOT - Capítulo 1 - BUTTERFLY

E lá estávamos nós. No mesmo lugar de sempre.Mas isso iria mudar e eu seria a culpada.Não é o que vocês estão pensando,eu não o trai...Eu nunca faria isso com ele e nem com outra pessoa.Eu só preciso contar,ou apenas tomar coragem, coisa que eu não tenho. —Por que está tão quieta,Anne? Eu deveria contar?Eu não sabia se era certo.Eu tenho que contar,mas sei que vou magoá-lo. —Só estou pensando, Kookie. —Posso saber no quê?-ele se aproximou  do meu rosto e deixou um beijo em minha bochecha. Entrelacei nossos dedos e olhei dentro de seus olhos e percebi o quanto eu amava Jeon JungKook.E por irônia do destino éramos um verdadeiro filme americano. Eu era uma intercambista americana  em Seul,na Coréia do Sul e acabei o conhecendo quando ele e mais seis meninos,mais conhecidos como Jimin,Namjoon,Hoseok,Jin,Yoongi e Taehyung esbarraram em mim fazendo com que meu celular e o de Jungkook caíssem e assim pegamos os celulares errados(ele ficou com o meu e vice-versa).E foi assim que acabamos nos conhecendo e hoje namoramos. —Estou pensando em como sou sortuda em ter conhecido o coreano mais gentil,mais amável.Eu tenho sorte de ter você. Ele sorriu e foi nesse instante que minha ficha caiu.Eu iria embora e ele jamais me perdoaria. E esses pensamentos foram despertados quando senti seus dedos acariciando meu rosto. —Anne...Não importa o que acontecer,você fica do meu lado? —Sempre vou estar do seu lado,Kookie. —Você promete?É que você é tão linda que eu tenho medo de te perder. —Por que você está dizendo isso? Ele respirou fundo e desviou seus olhos dos meus. —Porque você é como uma borboleta. E se eu soltar sua mão você vai voar para longe de mim.E eu tenho medo disso,porque sei que...Sei que você terá que voltar para Orlando. Uma lágrima escorreu de seus olhos e eu a enxuguei.Eu já estava o fazendo chorar sem ele saber de toda a verdade,imagine então o que acontecerá quando eu tiver que partir daqui 3 dias?! —Não vamos pensar nisso. O que importa é que estou com você agora,Kookie. Eu queria eternizar o exato momento em que ele me beijou,seria um dos nossos últimos.Urgh!Será que eu não podia pensar em outra coisa por 2 segundos?! —Seu celular está tocando.-peguei meu celular e vi que,Tae me ligava.—Não vai atender?Pode ser importante. -Espero que seja importante,Kim Taehyung. -Você se esqueceu não é?! -Do que você está falando? -Estamos esperando você e Jungkook há 1 hora.Combinamos isso há 2 meses que você o traria até em casa depois de fazerem sei lá o que.Ele está fazendo 19 anos hoje, Anne. -Me desculpe.Eu...Acabei esquecendo a hora,mas já estamos indo. -Iremos esperar. —O que o,"V" queria? —Ele quer que a gente vá embora. —Mas nós nem aproveitamos.-ele fez beiço e deitou a cabeça em meu ombro. —Aproveitamos muito,agora é hora de ir,Kookie.-dei um selinho no mesmo e me levantei,logo em seguida ele levantou e segurou minha mão. —Vamos ver quem chega primeiro.-ele saiu correndo na minha frente e só então fui me dar conta de que se eu não corresse atrás dele o plano  que Jimin nomeou como "infalível" daria totalmente errado. —Jungkook,me espera! Foram exatos 20 minutos correndo atrás de Jungkook no parque.Ele era uma criança no corpo de um cara de 19 anos,mas depois de muita correria chegamos até sua casa e antes de entrar ele beijou minha bochecha como sempre fazia.Entramos em seu apartamento e os meninos saíram detrás do sofá gritando. —SURPRESA! Ele olhou para os meninos e foi ao encontro deles.Eles se abraçaram e como sempre, Jin quis fazer um mini discurso. —Foi um pouco difícil esconder as coisas do Jungkook,mas graças à namorada dele,a incrível Anne nós conseguimos arrumar tudo em tempo recorde.Eu só queria dizer que eu tenho sorte em ter você como amigo. Eles se abraçaram e então, Kookie se soltou dele e veio me abraçar. —Obrigada,por tudo o que você fez.Mesmo com meu jeito infantil você consegue ser essa namorada maravilhosa.-sussurrou Sorri. Eu estava feliz com ele e por um segundo esqueci  que tinha sido aceita na UCLA.Eu só queria eternizar esse momento como todos os outros. Depois que comemos,nos sentamos no sofá e Hoseok colocou um filme que como o mesmo havia falado "É minha vez de escolher o filme", sendo que ele sempre escolhia o filme.Enquanto o filme passava,Kookie colocou sua cabeça apoiada na minha ao mesmo tempo que acariciava minha mão. —Ei,Anne!-Tae me chamou. —Sim? —Já resolveu se você vai alugar um apartamento ou se vai morar na faculdade?Faltam só 3...-ele começou a falar e Jimin tapou a boca do mesmo. —Como assim,Taehyung?-Kookie perguntou e olhou para mim. —Não.É que a Anne,é...Deixe pra lá, Kookie. -Agora que começou termine. Jungkook me olhou esperando uma explicação.Ele tinha esse direito. —É...Eu...Eu fui aceita na UCLA e daqui três dias tenho que estar em Los Angeles. —E quando você pretendia me contar isso Anne?!Quando você estivesse em Los Angeles? Os meninos não se encontravam mais na sala.Tudo estava acontecendo tão rápido, eu não imaginava que seria desse jeito. —Eu iria te contar Kookie,mas eu não queria te magoar. —Você me magoou por não ter contado antes. Jungkook se levantou do sofá e sumiu pelo corredor.Com certeza ele iria se trancar no quarto como sempre fazia e eu teria que ir embora.Calçei minhas sapatilhas e quando estava saindo do apartamento dele,Jimin me chamou. —Anne. —Oi,pequeno. Ele chegou perto de mim e me abraçou. —E-eu sinto muito por ter acontecido tão rápido. —Quando ele sair do quarto me avisa,mande mensagem ou pode me ligar que eu vou atender.Só me mantenha informada. —Pode deixar. Nos despedimos e eu fui até o meu prédio que ficava a duas quadras. Assim que cheguei em casa meu celular tocou e eu o peguei rapidamente pensando que poderia ser,Jimin para avisar que Kookie havia saído do quarto e com esse pensamento senti um calafrio percorrer minha espinha,mas acabou no momento que vi o nome da minha mãe na tela. —Alô? —Anne?Sou eu.Bea. —Oh meu Deus!Bea, por que não me ligou antes?A mamãe sabe que você está me ligando? —Porque eu não tenho celular,Anne.E a mamãe que pediu que eu ligasse. —... —Jack me falou que você conseguiu entrar para a UCLA. —É...Eu consegui,mas poderia não ter conseguido-murmurei. —O que disse? —Eu disse que vou estar em Los Angeles em 3 dias. —Posso ir te visitar quando você chegar? —Ah,claro.Vou adorar...Bea,se você não se importar eu vou desligar,tenho muitas coisas para arrumar aqui. —Está bem.Estou com saudades. Era frustrante ficar sozinha.Eu precisa dele aqui comigo.Eu estava dividida entre as duas coisas que eu mais amava.Entre a UCLA e Kookie.Eu o amava,não...Eu o amo mais que tudo. Já se passava das 7:00 da manhã quando meu celular tocou pela primeira vez naquele dia,eu corri para atendê-lo,e torci mentalmente para que fosse Namjoon, e para minha sorte era ele mesmo. —Anne,o Jungkook saiu de casa há alguns minutos dizendo que precisava resolver um problema. —Você acha que ele vai vir até aqui? —Provavelmente.Tentem esclarecer as coisas um para o outro será ma... —Espere um segundo,te ligo depois. Caminhei até a porta e abri a mesma dando de cara com um Jungkook todo molhado.Quando havia começado a chover?! —Kookie. O encarei por algum tempo até ele quebrar o silêncio que havia se instalado entre nós. —Posso entrar?Está meio frio aqui. Me despertei do meu transe e permiti que ele entrasse.Ele estava encharcado,mas a vontade de abraçá-lo foi maior e assim o fiz. —M-me perdoe,Kookie.Eu deveria ter te contado antes. Jungkook envolveu seus braços ao redor da minha cintura e eu me aconcheguei mais em seus braços. —Esse é seu sonho Anne e quem ama quer ver a outra pessoa feliz independentemente da escolha que ela fizer.E se você almeja tanto isso,eu não vou ter outra escolha senão te apoiar. Olhei em seus olhos e aproximei meus lábios do dele e o que parecia ser um selinho se tornou um beijo calmo.Estávamos aproveitando o momento que ainda nos restava. —Eu te amo Jeon Jungkook. —Eu te amo,Anne Miller. O olhei surpresa e sorri,era a primeira vez que ele dizia "eu te amo" para mim. —Você o quê?! —Eu amo você.Me prometa que não vai me esquecer, que não vai esquecer de nós. —Eu seria incapaz de te esquecer,Kookie. E ele deu o melhor sorriso dele,aquele sorriso que eu amava receber sempre e o sorriso que eu sentiria falta. Jungkook trocou a roupa molhada e pegou outras roupas na lavanderia,éramos só nós dois agora. Nossa manhã se resumiu em ver filmes,comer,cochilar.De tarde nós fomos até à sorveteria e depois fomos até o apartamento dele e dos meninos,onde eu ainda estava. —O que você fez para o jantar Pink Princess?-perguntei ao Jin. —Eu já disse que princesa está num nível muito abaixo.Eu estou em um nível mais acima,no caso rainha. —Mas me diga o que você fez Jin hyung? —Kimchi,e...Desde quando você sabe falar coreano? —Kookie me ensinou hoje de manhã, agora deixa eu comer,Kim Seokijin. Jin olhou para mim e riu,era a primeira vez que eu conseguia falar o nome dele. —Chame os meninos,aí poderemos jantar. Fui até a sala e vi que Yoongi e Jimin estavam dormindo,então chamei Jungkook,Namjoom,Hope e Tae.Chegamos na cozinha e,Jin começou a contar. —Está faltando duas pessoas ainda.-ele coçou o queixo e cruzou os braços. —Onde está, Yoongi e Jimin? —Dormindo,e pelo amor que você tem pelo rosa,não acorde eles principalmente o Yoongi,eu sou novo demais pra morrer.-Hope disse. —Eu tenho amor pela minha vida okay? —Jiiiiin.-prolonguei o "i" de seu nome,coisa que ele não gostava e ainda por cima me chamava de criança mimada.Mimada?Eu?Magina.—Estou com fome. —Juro que se você falar mais uma vez que está com fome eu vou fazer você comer todo o Kimchi. —Ei!Eu também estou com fome,Jin.-Tae olhou para a tigela onde se encontrava o kimchi e foi nessa hora que a Queen Pink perdeu a paciência e pegou a tigela levando a mesma com ele para o quarto. —EI!JIN,NÓS ESTAMOS COM FOME!-Jungkook gritou. —Não grita,o Yoongi vai acordar e nos matar.-sussurrei. —POXA,JIN EU SÓ DISSE QUE ESTAVA COM FOME!-Tae falou. —CONSEGUIRAM O QUE QUERIAM.EU ACORDEI E ESPERO QUE ESTEJAM PRONTOS PARA DORMIR ETERNAMENTE. Olhei para Jungkook e o mesmo olhou para mim,ele segurou minha mão,me puxou até seu quarto e trancou a porta. —Me desculpa,Yoongi não foi nossa intenção te acordar.-escutei, Namjoom falando e deitei na cama de Kookie. Era a primeira vez que eu entrava em seu quarto,e isso me deixou com as bochechas vermelhas.Jungkook se deitou ao meu lado e me encarou.Não era possível que ele queria me deixar constrangida,mas eu fui mais rápida e disse a primeira coisa que me veio à mente. —Que horas são? Ele olhou para o relógio que havia em seu criado mudo e depois de fazer várias expressões para enxergar disse. —São 22:30,já está com sono?-perguntou e eu afirmei.Ele se ajeitou na cama e fez com que eu apoiasse minha cabeça em seu braço.—Pode descansar. Jungkook começou a acariciar meus cabelos fazendo com que eu dormisse mais rápido. POV JUNGKOOK. Acordei ouvindo alguém chorando baixinho,olhei a  hora em meu celular é eram exatamente 3:00 da manhã.Acendi o abajur e olhei para Anne. —Anne? —Oi.-ela tentou esconder sua voz de choro,o que não deu muito certo. —Você estava chorando? —Não. —Por que está com os olhos vermelhos?-eu a encarei fazendo ela também me encarar. —Estava.-ela confessa e começa a chorar novamente. —Quer conversar?-eu a abraçei e ela afirmou. —Eu...Eu N-não quero t-te deixar.Eu sei que entrar para a UCLA é meu sonho,mas você também é meu sonho que se tornou realidade,Kookie.Sempre quis encontrar alguém que me amaria assim como eu o amaria também e você apareceu. —Eu te entendo Anne,eu não me importo se você for porque eu sei que é seu sonho,mas seria muito egoísmo da minha parte pedir para você ficar. Ela me encarou e se aproximou mais,beijou minha bochecha e me abraçou. —Eu desistiria de tudo por você Jungkook.-sussurrou. —Não desista. Ficamos em silêncio olhando um para o outro até ela se sentar na cama e abraçar seus joelhos. —Meu vôo sai às 15:00. Sentei ao lado da mesma e a abraçei. —Não sei se eu conseguirei ir,não sou bom com despedidas. —Mas...Eu preciso de você lá no aeroporto...Comigo. —Vou fazer o possível para estar com você. POV ANNE. AEROPORTO DE SEUL 14:50 HORAS. —Será que ele virá,Tae? —Ele disse que tentaria,afinal,você sabe que o Jungkook não gosta de despedidas. —É,eu sei. Sentei entre Hobi e Yoongi e os dois me abraçaram. —Você vai fazer muita falta, Anne.-Yoongi disse. —Vou sentir saudades daquele doce que você fazia pra mim. O olhei incrédula.Ele iria sentir saudades somente do doce?! —Também adoro ter sua amizade Jung Hoseok. Cruzei os braços e olhei para Namjoon,Jiminnie,Taehyung e Jin,eles me encararam de volta e se ajoelharam em minha frente para ficar do meu tamanho.Ri por isso é abraçei os seis.Eles viraram um pedaço de mim. "Primeira chamada para o vôo 123 com destino à Los Angeles,por favor embarque pelo portão 5". Eu não queria os soltar de maneira alguma e os apertei mais. —A-Anne você está me deixando sem ar.-Jimin disse. Os soltei e senti meus olhos lacrimejarem.Eram meus melhores amigos em minha frente. —Me desculpa,Jiminnie.Eu vou sentir muitas saudades de vocês meninos. —Também sentiremos. Abraçei um por um novamente e por fim olhei para a entrada do aeroporto e como previsto ele não estava lá.Peguei minha mala,minha mochila e antes de ir para o avião olhei uma última vez para trás e acenei para os meus meninos e eles sorriram. Entrei no avião, agora só com minha mochila e procurei pela poltrona 6A,e quando a encontrei tinha uma senhora em  meu lugar e eu preferi deixar assim.Não iria brigar com uma senhora que deveria ter a idade da minha avó. Guardei minha mochila no bagageiro e me sentei ao lado da senhora.Ela olhou para mim e sorriu. —Olá.-ela disse. —Olá. —Você se parece com uma borboletinha.Elas vão,mas sempre voltam. O que ela estava dizendo com isso? POV JUNGKOOK. A primeira chamada já devia ter sido feita e eu ainda estava entrando no aeroporto.Apressei meus passos e perguntei onde era vôo para Los Angeles.Nunca desviei de tantas pessoas igual hoje, até que encontrei os meninos vindo em minha direção e Yoongi estava chorando.Assim que eles me viram,Jimin veio até mim. —Ela já foi?-perguntei. —Infelizmente.E-eu sinto muito,Kookie Ela se foi,e eu não havia me despedido.Aquela garota é meu tudo,a única que me faz sentir frio na barriga. Mas eu sei que ela voltaria,foi errado ter deixado ela voar para longe de mim.  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...