História Buttontale (Re-upado) - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Coraline, Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Flowey, Frisk, Mettaton, Muffet, Napstablook, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne
Tags Buttontale, Coraline, Undertale
Visualizações 63
Palavras 726
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Fantasia, Magia, Romance e Novela
Avisos: Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hoi fofuchos ou fofuchas aqui está mais um capítulo para vocês espero que gostem.

Finalmente um cap de tamanho considerável

Capítulo 36 - Capítulo 29


Ao descer as escadas Frisk segue o vulto até a sala de visitas, onde agora ele se encontrava perto da pequena porta sentado, esperando por ela.

Frisk: O que você é?

???: HOI!

Foi a resposta do vulto.

Frisk se aproximou do vulto e pode vê-lo melhor agora. Era um tipo cachorro/gato, com dois pares de orelhas e cabelos longos escuros.

Frisk: O que você é exatamente?

???: Hoi!

Frisk: Já vi que não vai ser fácil falar com você.

A criatura começa a arranhar a portinha.

Frisk: Você quer passar por aqui?

A garota aponta para a porta.

???:*acena*

Frisk: Desculpa, mas a porta tá trancada e eu não tenho a cha...

Quando Frisk percebeu o que iria falar e se lembrou da pequena chave peculiar que havia encontrado na casa de Papyrus.

Ela retira a chave do bolso.

Frisk: Por que não tentar?

Frisk coloca a chave na fechadura e a gira, a porta faz um pequeno "clek" e destranca. Ao abrir a porta ela fez um pequeno rangido e a criatura passou pela porta.

Frisk: Não tem passagem por aí... coisinha esquisita.

Ao abrir um pouco mais a porta Frisk dá de cara com um pequeno corredor feito com uma estranha pedra roxa.

Frisk: Ok mundo eu retiro o que eu disse, tá feliz agora?

Frisk entra no corredor e abre a outra portinha que havia no final.

Frisk: Onde é que eu tô? (Será que estou em Alagoinha?)

Frisk estava agora em uma caverna feita de uma pedra roxa esquisita similar ao do corredor, no chão havia algumas flores, mas estavam mortas e murchas. A garota sentiu um pouco triste pelas flores, mas não desanimou.

Ao olhar um pouco a caverna ela encontra uma passagem esculpida na rocha e decide passar por ela e entra em outra caverna similar a anterior, mas agora Frisk tinha companhia.

???: HOY sOy teMMie TeMMiE a TEM!!!

Frisk:....oi?

Frisk não sabia o que dizer estava hipnotizada com os olhos de botão de Temmie.

Temmie: Você novo aqui no Subsolo, não é? Puxa tudo deve parecer tão confuso.

Frisk:...

Temmie: Acho que o bom e velho eu terá que ensinar como as coisas funcionam por aqui.

Frisk: ESPERA O Q...

Temmie: Tudo pronto? Vamos começar.

Quando Temmie fala isso um pequeno coração vermelho aparece na frente de Frisk pulsando de leve.

Temmie: Vê esse coração essa é a sua alma a própria culminação do seu ser. Diferente das almas dos monstros as almas humanas podem assumir uma infinidade de cores dependendo de sua personalidade. Integridade, paciência e justiça são exemplos desses traços.

Frisk: Legal e o que a cor da minha alma sig...

O pequeno coração desaparece

Temmie: NÃO ME INTERROMPE MULHER!!!

Temmie fala com uma voz assustadora que fez Frisk se arrepiar.

Temmie: Mas monstros malvados podem querer pegar sua alma, pois uma alma humana é muito perigosa nas mãos erradas e existem muitos monstros   ruins que podem querer lhe mata-la só para tirá-la de você.

Frisk: E-E onde estão esse monstros agora?

Temmie: Não se preucupe humana, eles estão bem longe daqui.

Frisk: Ufa.

Temmie: Agora que somos amigos, posso saber qual seu nome?

Frisk: *sorrindo*Meu nome é Frisk.

Temmie: Frisk... É um nome bonito.

Frisk: Não é Fruisk é... Você acertou meu nome...

Temmie: E por que eu não acertaria?

Frisk: É que todos que conheço raramente acertam meu nome.

Temmie: Isso não será um problema aqui pequena Frisk.

Frisk: Que bom.

Temmie: Agora antes de irmos eu preciso fazer uma coisa.

Frisk: E o que seria?

Temmie: Sua alma ainda é muito fraca se um monstro lhe atacar você pode morrer com facilidade. E eu não quero que isso aconteça, mas sua alma pode ficar mais forte se eu lhe der... Estes pequenos e coloridos TEMMIE FLAKES.

Em volta de Temmie surje flocos coloridos e o coração vermelho reaparece.

Temmie: Pronta? Se mecha pegue o máximo que puder.

Frisk se prepara para agarrar os flocos, mas na hora que encosta neles ela sente uma dor horrível que a fez cair no chão sem forças. E Temmie olhava para Frisk com um sorriso doentio.

Temmie: VocÊ é MaiS iDIOtA DO que eU PensEI!!! *risadas* NESTE MUNDO É MANIPULAR OU SER MANIPULADO!!! POR QUE ALGUÉM PERDERIA UMA CHANCE DESSAS!?

Mais Temmie FLAKES surgem ao redor de Frisk deixando ela sem saída.

Temmie: MORRA!!!

Temmie ria descontroladamente enquanto flocos se aproximavam, Quando a garota pensou que era seu fim. Os flocos desapareceram antes de encostar na garota e ela magicamente recuperou sua energia.

Temmie:...

*Surje uma bola de fogo do nada*

Temmie: AAAAAAHHHHHHHH!!!

A bola de fogo acerta Temmie fazendo a criaturinha voar para longe.

Frisk se levanta e olha na direção que a bola de fogo veio e...


Notas Finais


É isso pessoal bjks e t+


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...